Formação em pedagogia na América Latina

apontamentos sobre Argentina, Brasil, Colômbia e México

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/riesup.v9i00.8670012

Palavras-chave:

Pedagogia, Pedagogo, América Latina, Educação superior

Resumo

Este trabalho relata uma pesquisa cujo objetivo consistiu em analisar a condição disciplinar e a formação em Pedagogia na Argentina, no Brasil, na Colômbia e no México, a partir do exame do processo de institucionalização de estudos pedagógicos em nível superior e das configurações formativas de cursos de Pedagogia (Colômbia, Brasil e México) e Ciências da Educação (Argentina). Tratam-se de cursos com finalidades curriculares equiparáveis por objetivarem a formação de profissionais da educação no marco mais amplo de trabalho pedagógico, sem centrarem-se exclusivamente no magistério. Os dados referentes às configurações formativas consistiram nos planos de estudos de sete cursos de 2 universidades mexicanas, 2 universidades colombianas e 3 universidades argentinas. Em se tratando do contexto brasileiro, problematizou-se o curso de Pedagogia diante das contradições das suas atuais diretrizes curriculares nacionais, homologadas em 2006. Com base nesse panorama de dados, foi possível estabelecer a crítica comparativa-reflexiva de que há um esforço acadêmico mais evidente para situar a Pedagogia como campo disciplinar na Argentina, na Colômbia e no México, especialmente como base para justificar a existência de cursos dirigidos à formação de profissionais da educação para além do magistério, inclusive com componentes curriculares específicos que englobam as bases identitárias da Pedagogia. O contexto brasileiro, por sua vez, é marcado pelo obscurecimento da discussão epistemológica que situa a Pedagogia na esfera da ciência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Leonardo Rolim de Lima Severo, Universidade Federal da Paraíba

Doutor em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal da Paraíba, com estágio de pós-doutorado na Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. Professor Adjunto da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Selma Garrido Pimenta, Universidade de São Paulo

Doutorado em Educação: Filosofia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Professora titular Sênior da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP).

Referências

ABRATE, Liliana. Los caminos de la Pedagogía: trabajando por su reposicionamento. Revista Páginas, n. 8, Escuela de Ciencias de la Educación de la FFyH-UNC, 2017, p. 1-9. Disponível em: https://revistas.unc.edu.ar/index.php/pgn/article/view/18520 Acesso em: 13 de janeiro de 2022.

ADAMSON, Bob; MORRIS, Paul. Comparações entre currículos. In: BRAY, Mark; ADAMSON, Bob; MASON, Mark. Pesquisa em Educação Comparada: abordagens e métodos. Brasília: Liber Livro, 2015, p. 345-368.

AGUILAR, Hugo Aboites. Tratado de libre comercio y educación superior: el caso de México. Perfiles educativos, vol. XXIX, núm. 118, pp. 25-53, 2007. Disponível em: http://www.scielo.org.mx/pdf/peredu/v29n118/v29n118a3.pdf Acesso em: 21 de janeiro de 2022.

ARGENTINA. Ministério de la Educación. Instituto Nacional de Formación Docente. Resolución CFE N° 24/07: Lineamientos Curriculares Nacionales para la Formación Docente Inicial. Buenos Aires, 2007. Disponível em: https://bit.ly/2SCU3Zs. Acesso em: 20/02/2022.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Resolução CNE/CP n. 2, de 20 de dezembro de 2019. Brasília-DF, 2019. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/docman/dezembro-2019-pdf/135951-rcp002-19/file Acesso em: 20 de fevereiro de 2022.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Resolução n. 1 de 15 de maio de 2006. Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de Graduação em Pedagogia. Brasília, DF: 2006. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/rcp01_06.pdf Acesso em: 20 de fevereiro de 2006.

CAZALES, Zaira Navarrete. Construcción de una identidad profesional. Los pedagogos de la Universidad Nacional Autónoma de México y de la Universidad Veracruzana. Revista Mexicana de Investigación Educativa, enero-marzo 2008, vol. 13, núm. 36, pp. 143-171. Disponível em: http://www.scielo.org.mx/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1405-66662008000100007. Acesso em 20 de fevereiro de 2022.

CRUZ, Ofelia Piedad. El quehacer profesional del pedagogo. Una reflexión imprescindible y contemporánea. Revista de Artes y Humanidades, ano 5,volume 9, outubro de 2018-março de 2019, p. 26-37. Disponível em: https://revistas.upaep.mx/index.php/ayh/article/view/88/81 Acesso em: 20 de janeiro de 2022.

DE LA FARE, Monica. La expansión de carreras de posgrado en Educación en Argentina. Archivo de Ciencias de la Educación, ano 2, n. 2, 2008, p. 103-120. Disponível em: https://bit.ly/3IBMrDM. Acesso em: 07 de janeiro de 2022.

FLICK, Uwe. Introdução à pesquisa qualitativa. 3 ed. Porto Alegre: Artmed, 2009.

FURLÁN, A.; PEÑA, J. U. R. O ensino da pedagogia no México. Revista Espaço do Currículo, [S. l.], v. 10, n. 2, p. 213–230, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/rec/article/view/rec.v10i2.35909 Acesso em: 20 de fevereiro de 2022. DOI: https://doi.org/10.15687/rec.v10i2.35909

GIRALDO, Martha Cárdenas; ESLAVA, María Mercedes Boada. El Movimiento Pedagógico 1982-1998. In: IDEP. História de la Educación en Bogotá: Tomo II. Bogotá, Colômbia: IDEP, 1999, p. 195-230. Disponível em: https://bit.ly/3GuPuuX. Acesso em: 20 de fevereiro de 2022.

LIBÂNEO, José Carlos. Ainda as perguntas: o que é pedagogia, quem é o pedagogo, o que deve ser o curso de Pedagogia? In: PIMENTA, Selma Garrido (Org.) Pedagogia e pedagogos: caminhos e perspectivas. São Paulo: Cortez, 2002. p. 20-47.

NASSIF, Ricardo. Revitalización de los estudios pedagógicos en Argentina (por una pedagogía de síntesis). Archivos de Ciencias de la Educación, 3°época, n°2, julio- diciembre 1961, p. 1-4. Disponível em: https://bit.ly/3vQ1QZw. Acesso em: 06 de janeiro de 2022.

OLMOS, Maria de los Ángeles Toledo. Supuestos que influyen en la conformación identitária del pedagogo. In: RINCÓN, Héctor H. Fernandez; PÉREZ, Samuel Ubaldo (comp). X Jornadas Pedagógicas de Otoño: Tomo III. México: Universidad Pedagógica Nacional, 2007, p. 265-276. Disponível em: https://bit.ly/3QrDq2e. Acesso em: 20 de janeiro de 2022.

PEÑA, Andre Klaus Runge; GARCÍA, Alexánder Hincapié; GAVIRIA, Diego Alejandro Muñoz; CRUZ, Carlos Ospina. El campo disciplinar y profesional de la pedagogía en Colombia. Rionegro, Colombia: Fondo Editorial Universidad Católica de Oriente, 2018.

PIMENTA, Selma Garrido; FUSARI, José Cerchi; PEDROSO, Cristina Cinto Araújo; PINTO, Umberto de Andrade. Os cursos de licenciatura em pedagogia: fragilidades na formação inicial do professor polivalente. Educ. Pesqui., São Paulo, v. 43, n. 1, p.15-30, jan./mar. 2017. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ep/a/xXzHWK8BkwCvTQSy9tc6MKb/?format=pdf&lang=pt Acesso em: 15 de fevereiro de 2022. DOI: https://doi.org/10.1590/s1517-9702201701152815

SAVIANI, Dermeval. A pedagogia no Brasil: história e teoria. Campinas, SP: Autores Associados, 2008.

SILVA JUNIOR, Celestino Alves. Prefácio. In: PEDROSO, Cristina Cinto et al. Cursos de Pedagogia: inovações na formação de professores polivalentes. 1. ed. São Paulo: Cortez, 2019. p. 5-15.

SOUTHWELL, Myriam. Cien años de Ciencias de la Educación: entre los fundamentos de la Pedagogía y el sistema educativo. Archivos de Ciencias de la Educación, ano 8, número 8, p. 1-32. Disponível em: https://www.archivosdeciencias.fahce.unlp.edu.ar/ Acesso em: 07 de janeiro de 2022.

SUASNÁBAR, Claudio. La institucionalización de la educación como campo disciplinar. Revista Mexicana de Investigación Educativa, v. 18, n. 59, p. 1281-1304. Disponível em: http://www.scielo.org.mx/pdf/rmie/v18n59/v18n59a12.pdf Acesso em: 16 de janeiro de 2022.

UNIVERSIDAD AUTONOMA DE MÉXICO (UNAM). Facultad de Filosofía y Letras. Colégio de Pedagogía. Plan de estudios de la Licenciatura en Pedagogía (2010). 2022. Disponível em: http://pedagogia.filos.unam.mx/plan-de-estudios/ Acesso em: 20 de fevereiro de 2022.

UNIVERSIDAD DE ANTIOQUIA (UdeA). Pre-grado de Pedagogía. Disponível em: https://bityli.com/C2kbq. Acesso em: 20 de fevereiro de 2022.

UNIVERSIDAD DE BUENOS AIRES. Consejo Superior. Resolución n. 6198 de 14 de diciembre de 2016. Disponível em: https://bit.ly/3k74QOL. Acesso em: 11 de janeiro de 2022.

UNIVERSIDAD NACIONAL DE CÓRDOBA(UNC). Plan de estudios de la Licenciatura en Ciencias de la Educación. 2003. Disponível em: https://bit.ly/3GV3XSv. Acesso em: 20 de fevereiro de 2022.

UNIVERSIDAD NACIONAL DE LA PLATA (UNLP). Departamento de Ciencias de la Educación. Plan de Estudios (2002) – Profesorado y Licenciatura en Ciencias de la Educación. Disponível em: https://bit.ly/3GwIhKK. Acesso em: 13 de janeiro de 2022.

UNIVERSIDAD NACIONAL DE LA PLATA (UNLP). Plan de estudios de la Licenciatura en Ciencias de la Educación. 2002. Disponível em: https://bit.ly/3vRA1jH. Acesso em 20 de fevereiro de 2022.

UNIVERSIDAD VERACRUZANA (UV). Facultad de Pedagogía. Plan de estudios de la Licenciatura en Pedagogía. 2016. Disponível em: https://www.uv.mx/veracruz/pedagogia/plan-de-estudios/. Acesso em: 20 de fevereiro de 2022.

UNIVERSIDIDAD PEDAGÓGICA NACIONAL (UPN). Programa en Pedagogía. Disponível em: https://bit.ly/3IzfJTL. Acesso em: 20 de fevereiro de 2022.

VALENCIA, Luís Alfonso Tamayo. Tendencias de la Pedagogía en Colombia. Revista Latinoamericana de Estudios Educativos (Colombia), vol. 3, núm. 1, enero-junio, 2007, pp. 65-76. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/1341/134112603005.pdf. Acesso em: 20 de fevereiro de 2022.

VICENTE, María Eugenia. Ciencias de la Educación: nuevas definiciones profesionales. Educación, 8 (8), 1-32. En Memoria Académica. Disponible en: http://www.memoria.fahce.unlp.edu.ar/art_revistas/pr.6591/pr.6591.pd Acesso em: 20 de fevereiro de 2022.

Publicado

2022-09-16

Como Citar

SEVERO, J. L. R. de L.; PIMENTA, S. G. Formação em pedagogia na América Latina: apontamentos sobre Argentina, Brasil, Colômbia e México. Revista Internacional de Educação Superior, Campinas, SP, v. 9, n. 00, p. e023033, 2022. DOI: 10.20396/riesup.v9i00.8670012. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/riesup/article/view/8670012. Acesso em: 3 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos