Representações e identidade na cidade na primeira metade do século XX- os subúrbios cariocas

  • Elizabeth Dezouzart Cardoso Universidade Federal do Rio de Janeiro
Palavras-chave: História da cidade. Representações. Identidades. Subúrbios. Rio de Janeiro.

Resumo

Em trabalho anterior sobre segregação sócio-espacial e a “invenção da Zona Sul” carioca foi demonstrado por Cardoso (2009) como foram criadas representações positivas sobre a chamada Zona Sul carioca, tanto na imprensa de bairro como na grande imprensa e que as representações positivas e a identidade da Zona Sul se faziam pela diferença do chamado Subúrbio. Isso levou a empreender uma pesquisa sobre as representações sobre o Subúrbio, na imprensa de bairro desta área. Como pudemos verificar, as publicações do Subúrbio criaram e veicularam representações tanto positivas quanto negativas sobre a área em foco, cada uma “anulando” a outra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elizabeth Dezouzart Cardoso, Universidade Federal do Rio de Janeiro
Geógrafa com mestrado e doutorado em Geografia pela UFRJ e pela UFF; Pós-doutorado no Prourb/UFRJ

Referências

CARDOSO, Elizabeth D. (2009). Segregação sócio-espacial e a invenção da Zona Sul carioca. 1920-1960. Tese de Doutorado. Niterói: Programa de Pós-Graduação em Geografia da UFF.

CHARTIER, Roger (1981). História cultural: entre práticas e representações. RJ: Bertran.

FERNANDES, Nelson da N. (2011). O rapto ideológico da categoria subúrbio. Rio de Janeiro. 1858-1945. Rio de Janeiro: Apicuri.

FERNANDEZ, Anelise C. F. (1996). “Assim é o meu subúrbio”: o projeto de dignificação dos subúrbios entre as camadas médias suburbanas de 1948 a 1957. Dissertação de mestrado. Programa de Pó-Graduação em Sociologia/ UFRJ.

LAMARÃO, Sergio T. de N. (2012). As revistas como fonte para a história da cidade do Rio de Janeiro. Revista do Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro, N. 6.

LEFEBVRE, Henri (1983). La presencia y la ausência. Contribucion a la teoria de lãs representaciones. . México: Fonde de Cultura Econômica.

LOBO, Dácio (2000). Representações sociais da escola pública. Tese de Doutorado. Fac. Educ./UFRJ.

MOSCOVICI, Serge (2012). Representações Sociais. Investigações em psicologia social. Petrópolis: Vozes.

OLIVEIRA, Marcio P. e FERNANDES, Nelson da N.(orgs.) (2010). 150 anos de subúrbio carioca. Rio de Janeiro: Lamparina: Faperj: EdUFF.

PEREIRA, Margareth da S. (2010). Subúrbio. In: Topalov, Christian et alli (org) Les ventures des mots de la ville a travers les temps, les languages et les sociétés. Paris: Ed. Robert Lafont, col Bouquins p. 1201-1206.

RESENDE, Beatriz e VALENÇA, Rachel (orgs.) (2004). Tôda Crônica- Lima Barreto. Rio de Janeiro,: AGIR.

SILVA, Tomaz Tadeu (org) (2000). Identidade e Diferença. A perspectiva dos Estudos Culturais. Petrópolis: Vozes.

SOARES, Maria Therezinha S. (1958-1959-1960) Divisões principais e limites externos do Grande Rio de Janeiro. In: Anais da Associação dos Geógrafos Brasileiros, vol. XII. São Paulo: A.G.B.

Publicado
2016-01-15
Como Citar
Cardoso, E. D. (2016). Representações e identidade na cidade na primeira metade do século XX- os subúrbios cariocas. URBANA: Revista Eletrônica Do Centro Interdisciplinar De Estudos Sobre a Cidade, 6(2), 261-280. https://doi.org/10.20396/urbana.v6i2.8635071