Vestindo a pele do cordeiro: requalificação versus gentrificação no Recife

  • Claudia Loureiro Universidade Federal de Pernambuco
  • Luiz Amorim Universidade Federal de Pernambuco
Palavras-chave: Urbanismo.

Resumo

Nas últimas décadas, os centros históricos das grandes cidades latino-americanas vêm sofrendo um lento, mas destrutivo processo de redução de investimentos. O cenário de abandono e substituição de funções qualificadas por serviços de baixa especialização é evidente, bem como os seus efeitos na imagem das cidades. O poder público vem investindo em projetos e políticas de requalificação destas áreas centrais como uma estratégia de manutenção de sua identidade física, mas também como forma de participar do mercado turístico internacional, opção adequada para motivar o retorno de investimentos privados. No entanto, a grande expectativa está no envolvimento do capital privado imobiliário para investir nas áreas centrais e no conseqüente reaquecimento da economia local. Este artigo analisa recente empreendimento imobiliário na cidade do Recife que pretende, através da oferta de novas moradias para população de classe média alta, promover uma requalificação do centro histórico da cidade. A área foi elevada pela municipalidade à condição de sítio histórico urbano em finais da década de 1970, por conter um grande número de edificações religiosas do século XVIII e manter uma ambiência urbana setecentista. O empreendimento é composto por duas torres com 40 pavimentos, cujas características arquitetônicas comprometem a integridade da área tombada, particularmente no que se refere aos aspectos de escala e relação entre espaços público e privado. Pretende-se discutir os impactos do empreendimento sobre o sítio histórico, demonstrar que seus efeitos na requalificação da área serão mínimos e sugerir empreendimentos mais adequados para promover uma requalificação do centro histórico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Claudia Loureiro, Universidade Federal de Pernambuco
Graduação em Arquitetura pela Universidade Federal de Pernambuco (1974), mestrado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (1990) e doutorado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (2000). Atualmente é professor visitante 2, aposentado, da Universidade Federal de Pernambuco. Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Teoria da Arquitetura, atuando principalmente nos seguintes temas: sintaxe espacial, espaço doméstico, desempenho espacial, habitação e projeto de arquitetura.
Luiz Amorim, Universidade Federal de Pernambuco
Luiz Manuel do Eirado Amorim é arquiteto e urbanista, formado pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) em 1982, tendo concluído o PhD em Advanced Architectural Studies na Bartlett School of Graduate Studies - University College London, em 1999. É Professor Titular do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da UFPE, atuando no Curso de Graduação em Arquitetura e Urbanismo e no Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Urbano (MDU), onde coordena o Laboratório de Estudos Avançados em Arquitetura (lA2) e o Grupo de Pesquisa de Morfologia da Arquitetura e do Urbanismo. Atuou, em 2004, como professor visitante no Taubman College of Architecture and Urban Planning ? University of Michigan e é professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo (PPGAU) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). É pesquisador 1B do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), onde foi membro titular do Comitê de Assessoramento de Arquitetura, Demografia, Geografia, Turismo e Planejamento Urbano e Regional (CA-SA) entre 2010 e 2013. É editor da Revista Thésis, membro do Space Syntax International Steering Committee e dos comitês editoriais das revistas Arquitextos, Ambiente Construído (on line), The Journal of Space Syntax (JOSS), Revista de Morfologia Urbana e da Editora FRBH.

Referências

AMORIM, L.; LOUREIRO, C. Alice's mirror: marketing strategies and the creation of the ideal home . In: FOURTH INTERNATIONAL SPACE SYNTAX SYMPOSIUM, 2003, Londres. Proceedings .... Londres: Space Syntax, 2003, v. 1. p. 22.1-22.16.

BORBA, C.; LOUREIRO, C.; AMORIM, L. Um tesouro para toda a vida ... logo ali!: de como o sonho de morar é construído. In: NUTAU 2002: sustentabilidade, arquitetura e desenho urbano, 2002, São Paulo. Anais ... São Paulo : NUTAU, 2002. p. 313-320.

CHOAY, F., Alegoria do patrimônio. São Paulo: Editora UNESP, 2001.

CRUZ, J. Das torres de São José à torre Eiffel. Diário de Pernambuco. Recife, 30 mar. 2005, Coluna Opinião, Caderno A, p. A3.

FERRAZ, M. A. P. O Recife sob ameaça do atraso. Diário de Pernambuco. Recife, 23 mar. 2005, Coluna Opinião, Caderno A, p. A3.

IPHAN. Plano de preservação sítio histórico urbano: termo geral de referência. Brasília: IPHAN, 2003. Disponível em http://www.iphan.gov.br.Acesso em: 10 de novembro de 2004.

LAPROVITERA, E. A preservação ameaça a Democracia?. Diário de Pernambuco. Recife, 27 mar. 2005, Coluna Opinião, Caderno A, p. A3.

LOUREIRO, C. ; AMORIM, L. A moradia dos sonhos: onde e como morar. In: XI ENCONTRO NACIONAL DE TECNOLOGIA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO, ENTAC 2002, 2002, Foz do Iguaçú. Anais... Foz do Iguaçu: ANTAC, 2002. p. 819-827.

LOUREIRO, C.; AMORIM, L. Dize-me teu nome, tua altura e onde moras e te direi quem és: estratégias de marketing e a criação da casa ideal - parte 1. Arquitexto - Revista Eletrônica, São Paulo. Disponível em: http://www.vitruvius.com.br/arquitextos/arq000/esp281.asp. Acesso em: 28 de fev. 2005.

LOUREIRO, C.; AMORIM, Luiz. Dize-me teu nome, tua altura e onde moras e te direi quem és: estratégias de marketing e a criação da casa ideal - parte 2. Arquitexto - Revista Eletrônica, São Paulo. Disponível em: http://www.vitruvius.com.br/arquitextos/arq000/esp286.asp. Acesso em: 20 de mar. 2005.

MAIOR, M. S.; SILVA, L. D. (org.) O Recife: quatro séculos de sua paisagem. Recife: FUNDAJ, Editora Massangana, 1992.

MERCADO imobiliário atrai estrangeiros. Jornal do Commercio. Recife, 27 de jan. 2005. disponível em: http://jc.uol.com.br/jornal/2005/01/27/not_124155.php. Acesso em: 28 jan. 2005, 2005b.

MP vai à Justiça contra prédios já licenciados. Jornal do Commercio. Recife, 11 de mar. 2005. Disponível em: http://jc.uol.com.br/jornal/2005/03/11/not_129240.php. Acesso em: 11 mar. 2005, 2005a.

NASCIMENTO, C. et al. De todos os tipos, preços, tamanhos e ao gosto do freguês: sobre a implantação da habitação econômica privada no recife. In: CLACS'04 – CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL - I CONFERÊNCIA LATINO-AMERICANA DE CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL, 2004, São Paulo, 2004.

SMITH, N. The new urban frontier: gentrification and the revanchist city. London: Routledge, 1996.

SOUZA, L., AMORIM, e LOUREIRO, C. Morar no moderno: preservando a moradia no centro. In: CLACS'04 - CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL - I CONFERÊNCIA LATINO-AMERICANA DE CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL, 2004, São Paulo, 2004.

TRF libera construção de torres. Diário de Pernambuco, Recife, 19 de mai. 2005, Últimas, Caderno A, p. A11.

VASCONCELOS, C. São José atrai novos moradores. Jornal do Commercio. Recife, 31 de jul. 2005. disponível em: http://jc.uol.com.br/jornal/2005/07/31/not_147159.php. Acesso em: 01 ago. 2005.

Publicado
2013-04-03
Como Citar
Loureiro, C., & Amorim, L. (2013). Vestindo a pele do cordeiro: requalificação versus gentrificação no Recife. URBANA: Revista Eletrônica Do Centro Interdisciplinar De Estudos Sobre a Cidade, 1(1), 1-14. https://doi.org/10.20396/urbana.v1i1.8635114