Goiânia, a cidade genérica: estudo dos shopping centers

Autores

  • Elane Ribeiro Peixoto Universidade de Brasília
  • Isabela Paiva Gomes Ferrante Universidade Católica de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.20396/urbana.v1i1.8635118

Palavras-chave:

Urbanismo.

Resumo

Pesquisas realizadas na Universidade de Harvard, intituladas Project on the city 2 (KOOLHAAS et al., 2001), têm por objeto o comércio em grande escala, tratado de uma forma geral, com destaque para os shopping centers. Um histórico do comércio compreendido entre a Basílica Romana (110 a.C.) e o mais moderno shopping center (2004) é parte da referida obra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elane Ribeiro Peixoto, Universidade de Brasília

Mestre (1996) e doutora (2003) em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo. Bolsista no Laboratoire d'Antropologie et des Institutons Humaine, sob a orientação de Henri-Pierre Jeudy. Foi professora na Faculdade de Arquitetura da Universidade Católica de Goiás, atuando na graduação e pós-graduação, nos mestrados do curso de Economia, Planejamento e Desenvolvimento Territorial, e do curoso de História, História Cultural. É Professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de Brasília, docente da graduação e pós-graduação. Tem experiência na área de Teoria, História e Crítica da Arquitetura e do Urbanismo, com ênfase nos temas: história da arquitetura , história da cidade e do urbanismo, arquitetura brasileira, cidade contemporânea, arquitetura contemporânea, patrimônio e memória. É tradutora do Culto moderno dos monumentos: sua essência e sua gênese, de Aloïs Riegl, e de Percorrer a cidade, de Henri-Pierre Jeudy. Co-editora da Revista Paranoá e Chefe do departamento de Teoria e História da Arquitetura e Urbanismo da FAU-UnB. 

Isabela Paiva Gomes Ferrante, Universidade Católica de Goiás

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (2007) e Mestrado em em Arquitetura e Urbasnismo pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo - FAU-USP.

Referências

BENJAMIN, Walter. Paris, capitale du XIXe siecle. Tradução do alemão: Jean Lacoste. 3a edição. Paris: Lês Éditions du cerf, 2000.

CASTRO, Silvio. A Carta de Pedro Vaz de Caminha: o descobrimento do Brasil. Porto Alegre: L&PM, 2003.

CHA, Talwook et al. Shopping (Harvard Project on the city). In: KOOLHAAS, Rem et al. Mutations. Bordeaux: Arc em Revê Centre d ́Architecture, 2001.

CRAWFORD, Margaret. El mundo en un centro commercial. In: SORKIN, Michel (Org.). Variaciones sobre un parque temático: la nueva ciudad americana y el fin del espacio público. Barcelona: Gili Mixta, 2004.

FLAMBOYANT Shopping Center: empreendimento que representa a maturidade técnica e econômica. Folha de Goiáz, 8 maio 1980. p.11.

SILVA, Geraldo Gomes da. Arquitetura do ferro no Brasil. 2a ed. São Paulo: Nobel, 1987.

HERMAN, Daniel. Mall: requiem for a type. In: KOOLHAAS, Rem et al. Project on the city 2: the Harvard design school Guide to Shopping. Los Angeles: Taschen, 2001.

KOOLHAAS, Rem. Delirio de Nueva York. Tradução para o espanhol de Jorge Sainz. Barcelona: Gili, 2004.

KOOLHAAS, Rem et al. Mutations. Bordeaux: Arc em Revê Centre d ́Architecture, 2001a.

KOOLHAAS, Rem et al. Project on the city 2: the Harvard design school Guide to Shopping. Los Angeles: Tas-chen, 2001b.

KÜHL, Beatriz Mugayar. Arquitetura do ferro e arquitetura ferroviária em São Paulo: reflexões sobre a sua preservação. São Paulo: Ateliê Editorial: Fapesp: Secretaria da Cultura, 1998.

LANÇADA maquete do Flamboyant Center. O Popular, 10 maio 1980.

LEITE, Marley Costa. Goiânia 48 anos, 800.000 habitantes, entra na era do shopping. O Popular, 11 out. 1981, Caderno 2. p.36.

MELLO, Márcia Metran. Goiânia: cidade de pedras e de palavras. 2004. Tese (Doutorado em Sociologia) – Universidade de Brasília, Brasília, DF.

PEIXOTO, Elane Ribeiro. Arquitetura na revista Projeto (1980-1995): identidade, memória e não-lugares, 2003. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) – Universidade de São Paulo, São Paulo.

SCHWARCZ, Lilia Moritz. As barbas do imperador: D. Pedro II, um monarca nos trópicos. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

VENTURI, Robert; BROWN, Denise Scott; IZENOUR, Steven. Aprendendo com Las Vegas: o simbolismo (esquecido) da forma arquitetônica. Tradução de Pedro Maia Soares. São Paulo: Cosac & Naify, 2003.

WEISS, Srdjan Jovanovic, LEONG, Sze Tsung. Escalator: mechanism of smootheness. In: KOOLHAAS, Rem et al. Project on the city 2: the Harvard design school Guide to Shopping. Los Angeles: Taschen, 2001.

Downloads

Publicado

2013-04-03

Como Citar

PEIXOTO, E. R.; FERRANTE, I. P. G. Goiânia, a cidade genérica: estudo dos shopping centers. URBANA: Revista Eletrônica do Centro Interdisciplinar de Estudos sobre a Cidade, Campinas, SP, v. 1, n. 1, p. 1–15, 2013. DOI: 10.20396/urbana.v1i1.8635118. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/urbana/article/view/8635118. Acesso em: 26 jan. 2022.