Perspectivas, percepções e o público

Autores

  • Neil Cossons The International Committee for the Conservation of the Industrial Heritage
  • Denise Fernandes Geribello Universidade de São Paulo
  • Patricia Freitas Universidade Estadual de Campinas

Palavras-chave:

Tradução.

Resumo

Texto de autoria de Neil Cossons, traduzido por Denise Geribello e Patrícia Freitas, apresentado na Sessão Plenária do TICCIH Congress 2009 em 31 de Agosto de 2009 na cidade de Freiberg, Alemanha. Sir Neil Cossons foi diretor do Ironbridge Gorge Museum Trust de 1971 a 1983 e instigador do Primeiro Congresso Internacional de Conservação dos Monumentos Industriais em 1973. Foi diretor do Museu de Ciências de Londres por 14 anos e, posteriormente, presidente do English Heritage, principal órgão de aconselhamento do Governo do Reino Unido sobre o ambiente histórico inglês, de 2000 a 2007. É presidente vitalício do The International Committee for the Conservation of the Industrial Heritage (TICCIH).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Neil Cossons, The International Committee for the Conservation of the Industrial Heritage

Foi diretor do Ironbridge Gorge Museum Trust de 1971 a 1983 e instigador do Primeiro Congresso Internacional de Conservação dos Monumentos Industriais em 1973. Foi diretor do Museu de Ciências de Londres por 14 anos e, posteriormente, presidente do English Heritage, principal órgão de aconselhamento do Governo do Reino Unido sobre o ambiente histórico inglês, de 2000 a 2007. É presidente vitalício do The International Committee for the Conservation of the Industrial Heritage (TICCIH).

Denise Fernandes Geribello, Universidade de São Paulo

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (2005), graduação em Programa Especial de Formação Pedagógica pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo (2009) e mestrado em História pela Universidade Estadual de Campinas (2011). Atualmente é estudante doutorado - USP/Faculdade de Arquitetura e Urbanismo. Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Arquitetura e Urbanismo, atuando principalmente nos seguintes temas: patrimônio industrial, vilas operárias e patrimônio histórico.

Patricia Freitas, Universidade Estadual de Campinas

Possui graduação em História pela Universidade Estadual de Campinas (2007) e mestrado em História pela Universidade Estadual de Campinas (2011). Atualmente é doutoranda do programa de pós-graduação em História da Arte, da Universidade Estadual de Campinas. Tem experiência na área de História, atuando principalmente nos seguintes temas: história da arte brasileira, patrimônio industrial, industrialização de São Paulo, paisagens industriais, muralismo e arquitetura.

Downloads

Publicado

2011-03-14

Como Citar

COSSONS, N.; GERIBELLO, D. F.; FREITAS, P. Perspectivas, percepções e o público. URBANA: Revista Eletrônica do Centro Interdisciplinar de Estudos sobre a Cidade, Campinas, SP, v. 3, n. 1, p. 1–7, 2011. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/urbana/article/view/8635120. Acesso em: 8 dez. 2021.