Intervenção urbana não urbanística: o teatro de rua e demais personagens que tematizam o urbano na praça Santos Andrade localizada em Curitiba

  • Soraya Sugayama Universidade Federal do Paraná
Palavras-chave: Artes. Teatro de rua.

Resumo

Através deste artigo pretendemos lançar um olhar sobre as personagens que, assim como arquitetos e engenheiros, também abordam a cidade como tema e atuam na mesma, com a diferença de que não constroem planejadamente infraestruturas urbanas, mas sim, compõem a paisagem urbana como um acontecimento atrativo e inesperado, através de sua arquitetura efêmera e imaginativa. Por meio do teatro de rua o presente artigo reflete sobre a relação entre os aparentemente não-eruditos e a cidade, pensando no conceito de lugar e espaço ligado à urbanidade, mais precisamente ao entorno do prédio histórico da Universidade Federal do Paraná, no centro da cidade de Curitiba e aborda brevemente os subconceitos derivados da cultura: cultura popular e cultura erudita.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Soraya Sugayama, Universidade Federal do Paraná
Professora Assistente na Universidade Federal do Paraná (UFPR), em regime de dedicação exclusiva, leciona no Curso de Tecnologia em Produção Cênica do Setor de Educação Profissional e Tecnológica (SEPT). Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Tecnologia (PPGTE) na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), linha de pesquisa TECNOLOGIA E TRABALHO, com a orientação do Prof. Dr. Gilson Leandro Queluz. Mestre em Tecnologia pelo mesmo Programa (2012), linha de pesquisa MEDIAÇÕES E CULTURAS, orientadora Profa. Dra. Marilda Lopes Pinheiro Queluz. Arquiteta e Cenógrafa. Na UFPR, ministra as disciplinas de Tecnologia e Sociedade, Arquitetura da Cena, Caracterização e Visualidades e Maquiagem. Participa do Plano de Desenvolvimento da Escola (PDE-UFPR). Participa da Comissão responsável pelos Projetos de Expansão do SEPT, junto à Prefeitura da Cidade Universitára (PCU). Foi professora da antiga Escola Técnica da UFPR, no Curso Técnico em Artes Cênicas (2007 à 2009). Possui especialização em Cultura, Arte e Saberes Contemporâneos pela Universidade Positivo (UNICENP, 2007) e é graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR, 2004). 

Referências

BACHELARD, Gaston (2005). A Poética do Espaço. 7a edição. São Paulo: Martins Fontes.

BENATTON, Pedro Diniz. Deslocamento e Invasão: Estratégias para a construção de situações de intervenção urbana. 2009. 158 f. Dissertação (Mestrado em Teatro) – Programa de Pós-graduação em Teatro, Universidade do Estado de Santa Catarina, Florianópolis, 2009.

BRAIT, Beth (2010). Bakhtin: conceitos-chave. 4a edição. São Paulo: Contexto.

BURKE, Peter (2009). O Que É História Cultural? 2a edição. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

CALVINO, Ítalo (2002). As Cidades Invisíveis. 18a reimpressão. São Paulo: Companhia das Letras.

CERTEAU, Michel de (2009). A Invenção do Cotidiano: 1. Artes de fazer. 16a edição. Petrópolis: Vozes.

FIORIN, José Luiz (2008). Introdução ao pensamento de Bakhtin. São Paulo: Ática.

FUÃO, Fernando Freitas (1999). Arquiteturas Fantásticas. 1a edição. Porto Alegre: Ed. Universidade/UFRGS.

FUÃO, Fernando Freitas (2001). Cidades Fantasmas. Revista ARQTEXTO do Programa de pós-graduação e pesquisa em arquitetura – PROPAR da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS, no1. Disponível em: http://www.ufrgs.br/propar/publicacoes/ARQtextos/PDFs_revista_1/1_Fuão.pdf Acesso em: 24 de janeiro de 2011.

JACOBS, Jane (2009). Morte e Vida de Grandes Cidades. 2a edição. São Paulo: Martins Fontes.

LINSINGEN, Irlan Von (2007). Perspectiva educacional CTS: aspectos de um campo em consolidação na América Latina. In: Ciência & Ensino, número especial. não paginado, Vol.1. Disponível em: http://www.ige.unicamp.br/ojs/index.php/cienciaeensino/article/view/150/108. Acesso em: 23 setembro de 2010.

NÓBREGA, Ariana Perazzo da (2007). A música no Movimento Armorial. In: XVII CONGRESSO DA ANPPOM, São Paulo, 2007. Anais eletrônicos - Musicologia. Disponível em: http://www.anppom.com.br/anais/anaiscongresso_anppom_2007/musicol.html . Acesso em: 03 de agosto de 2011.

OBA, Leonardo Tossiaki (1998). Os marcos urbanos e a construção da cidade: a identidade de Curitiba. São Paulo: FAUUSP, tese de doutorado.

POMBO, Olga (2004). Interdisciplinaridade: ambições e limites. Lisboa: Relógio d'Água.

Publicado
2012-12-14
Como Citar
Sugayama, S. (2012). Intervenção urbana não urbanística: o teatro de rua e demais personagens que tematizam o urbano na praça Santos Andrade localizada em Curitiba. URBANA: Revista Eletrônica Do Centro Interdisciplinar De Estudos Sobre a Cidade, 4(1), 84-104. https://doi.org/10.20396/urbana.v4i1.8635152