Princípios de Le Corbusier no Rio Grande do Sul: o projeto da praia de belas em Porto Alegre

  • Andrea Soler Machado Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: Habitação. Praia de Belas. Le Corbusier. Rio Grande do Sul.

Resumo

O objetivo desse artigo é descrever o Projeto do Bairro residencial da Praia de Belas, realizado na cidade de Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, Brasil, em relação a seus condicionantes: sítio, programa, paradigma adotado e solução elaborada por Edvaldo Pereira Paiva e Carlos Maximiliano Fayet, em 1953. O sítio corresponde a uma área de 300 hectares de aterros na margem sul do rio Guaíba, junto ao centro histórico da cidade; o programa habitacional extenso cria um novo bairro e uma nova frente aquática; o paradigma corresponde ao Plano Ideal de Le Corbusier, o modelo adotado no Plano Diretor de 1959, o primeiro plano em forma de lei da cidade, no qual o Projeto do Bairro residencial da Praia de Belas aparece em forma de projeto especial. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andrea Soler Machado, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Arquiteta e Urbanista UFRGS (1985); Mestre PROPAR-UFRGS (1996); Doutora PPGHIST/UFRGS (2003). Professor Associado nível 2, Departamento de Arquitetura FAUUFRGS, Professor Colaborador, PROPAR-UFRGS, Teoria e História da Arquitetura.

 

andreasolermachado@gmail.com

 

Referências

ARGAN, G. C. Projeto e Destino. São Paulo: Editora Ática, 2001. 334 p.

BACZKO, B. Los Imaginarios Sociales: memorias y esperanzas colectivas. Buenos Aires: Nueva Visión, 1991.199 p.

BOHRER, M. D. O Aterro Praia de Belas e o Aterro do Flamengo. 2001. 220 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura) Programa de Pesquisa e Pós-graduação em Arquitetura, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre. 2001.

BOIA, L. Pour une histoire de l’imaginaire. Paris: Les Belles lettres, 1998. 228 p.

CALDRE E FIÃO, J. A. V. A Divina Pastora. Porto Alegre: Typhografia Brasiliense de S. M. Ferreira, 1847. 264 p. Disponível em: http://pt.scribd.com/doc/133632300/Adivina-pastora. Acesso em: 10 jul. 2013.

CASTRO, L. G. R.; BEM, J. P. de; GIANSANTE, A. E. Recuperação urbana na cidade de São Paulo: uma abordagem projetual para novas áreas residenciais em antigas áreas destinadas a indústrias. XI Seminario de Arquitectura Latinoamericana, 2005.

Disponível em: http://www.rafaellopezrangel.com/Reflexiones%20sobre%20la%20arquitectura%20y%20el%20urbanismo%20latinoamericanos/Design/archivos%20texto/T2C01.pdf. Acesso em: 10 jul. 2013.

CHOAY, Françoise. A regra e o Modelo: sobre a Teoria da Arquitetura e do Urbanismo. São Paulo: Editora Perspectiva, 1985. 333 p.

COMAS, C. E. O espaço da Arbitrariedade: considerações sobre o conjunto habitacional BNH e o Projeto da cidade brasileira. Projeto, São Paulo, n. 91, p. 127-130, 1986.

DA COSTA FRANCO, S. Porto Alegre:Guia Histórico. Porto Alegre: Editora da Universidade, 1988. 441 p.

EATON, R. Architecture et urbanisme:les figures de l'utopie. In: TOWER, L., SCHAER, (Orgs.) Utopie, La quête de la société idéale en Occident, Paris: Bibliotèque Nationale de France/Fayard, 2000. 368 p.

GORELIK, A. O moderno em debate: cidade, modernidade, modernização. In: MIRANDA, W. M. (Org.). Narrativas da Modernidade. Belo Horizonte: Autêntica, 1999. p. 55-80.

HEIDEGGER, M. Essais et conferences. Paris: Gallimard, 1958. 378 p.

LAUANDE, F. O projeto para o Plano-piloto e o pensamento de Lúcio Costa. Arquitextos Vitruvius, ano 8, ago 2007. Disponível em: http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquitextos/08.087/223. Acesso em 10 jul. 2013.

LE CORBUSIER. Por uma Arquitetura. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1973. 205 p.

LE CORBUSIER. Precisões sobre um estado da arquitetura e do urbanismo. São Paulo: Cosac & Naify, 2004. 295 p.

MACHADO, A. S. A borda do rio em Porto Alegre: arquiteturas imaginárias, suporte para a construção de um passado. 2003. 374 f. Tese (Doutorado em História), Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre. 2003.

MARTINS, C. A. F. Uma Leitura Crítica de Precisões. In: Le Corbusier. (Org.). Precisões sobre um estado presente de arquitetura e do urbanismo. São Paulo: Cosac & Naify, 2004, p. 265-290.

MOHR, U. Demetrio Ribeiro, 1916-2003. Arquitextos Vitruvius, ano 4, OUT 2003.Disponível em: http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquitextos/04.041/643. Acesso em: 15 ago. 2014.

PAIVA, E. P. Contribuição ao Estudo do Urbanismo em Porto Alegre. Porto Alegre, 1938.

PAIVA, E. P.; FAYET, C. M. Urbanização da Praia de Belas em Porto Alegre, R. G. S.Revista Habitat, Porto Alegre, v. 32, 1956.

PESAVENTO, S. J. Memória Porto Alegre: espaços e vivências. Porto Alegre: Editora da Universidade/ UFRGS, 1991. 135 p.

PORTO ALEGRE, A. História Popular de Porto Alegre. Porto Alegre: UE/Porto Alegre, 1994. 207 p.

VILLELA, G. S. Porto Alegre: planejar para viver melhor. Porto Alegre: Prefeitura Municipal de Porto Alegre, 1983. 20p.

Porto Alegre, Plano Diretor 1954-1964. Porto Alegre: Prefeitura Municipal de Porto Alegre, Secretaria do Planejamento, 1964. 128 p.

ROWE, C.; KOETTER, F. Ciudad Collage. Barcelona: Editorial Gustavo Gili, 1978. 182 p.

SILVA, J. L.; PAIVA, E. P., Um Plano de Urbanização. Porto Alegre: Editora Globo, 1943.

Publicado
2014-10-02
Como Citar
Machado, A. S. (2014). Princípios de Le Corbusier no Rio Grande do Sul: o projeto da praia de belas em Porto Alegre. URBANA: Revista Eletrônica Do Centro Interdisciplinar De Estudos Sobre a Cidade, 6(1), 799-830. https://doi.org/10.20396/urbana.v6i1.8635326