Potências inscritas no corpo: do flâneur ao cruiser

  • Flávia Nacif da Costa Universidade Federal de São João del-Rei
  • Thiago Vinícius Ferreira Universidade Federal de São João del-Rei
Palavras-chave: Corpo. Experiência espacial. Sexualidade.

Resumo

A partir da constatação da atual condição do corpo no que tange à experiência espacial – uma relação apática, efêmera e descontraída, tendo por objetivo a sensibilização para a experiência do corpo, especialmente nas escalas íntimas – em uma micropercepção –, este trabalho se apoia nas figuras do flâneur e do cruiser para tecer sua discussão principal: pensar as lacunas encontradas na apropriação do espaço a partir das potências do corpo na condição contemporânea. Para isso, elege-se o movimento do cruising como ponto de partida para a revisão da relação corpo-espaço no desenvolvimento da experiência estética na cidade, identificando novas potencialidades junto ao objeto arquitetônico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flávia Nacif da Costa, Universidade Federal de São João del-Rei
Professora Doutora do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de São João del-Rei
Thiago Vinícius Ferreira, Universidade Federal de São João del-Rei
Mestrando em Artes Visuais e aluno do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGAV-UFRJ)

Referências

BENJAMIN, Walter. Charles Baudelaire: Um lírico no auge do capitalismo. São Paulo: Brasiliense, 1984.

BARTHES, Roland. O prazer do texto. São Paulo: Perspectiva, 1987.

BAUDELAIRE, Charles. As flores do mal. Porto Alegre: Editora Sulina, 2003.

COSTA, Flávia Nacif da. A identidade de um novo corpo e o corpo mutante da arquitetura: as próteses como mediação sensório-espacial na experiência contemporânea. Tese de doutorado em Arquitetura. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2007. Tese de Doutorado.

CRICKENBERGER, Marcelle. The Structure of Awakening": Walter Benjamin and Progressive Scholarship in New Media. Tese de doutorado em Teoria Literária. Columbia: University of South Carolina, 2007. Tese de Doutorado.

DE SÁ, Daniele Nunes Caetano. Bernard Tschumi: Concepção e experiência do espaço. Cadernos de Arquitetura e Urbanismo da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG). 2010, vol.7, n.20, pp. 145-157.

FERREIRA, Thiago. Design, corpo e espaço: novas fronteiras para a Arquitetura Contemporânea. Trabalho apresentado no XI Congresso de Produção Científica da UFSJ, 2014, São João Del-Rei.

FURLAN, Reinaldo ; ROZESTRATEN, Annie Simões. Arte em Merleau-Ponty. Revista Natureza humana. 2005, vol.7, n.1, pp. 59-93.

GUATTARI, Felix; ROLNIK, Suely. Cartografias do desejo. Petrópolis: Vozes, 1986/2000.

MIGAYROU, Frédéric (org.). Bernard Tchumi – Architecture: concept & notation. Paris: Centre Pompidou, 2014.

NIETZSCHE. A origem da tragédia. Lisboa: Guimarães Editores, 1994.

NOVAES, Adauto (org.). O desejo. São Paulo: Cia das Letras, 1991.

RIO BRANCO, Miguel (org.). Alair Gomes - A new sentimental journey. Paris: Maison Européenne de la Photographie, 2009.

ROLNIK, Suely. Cartografia sentimental – transformações contemporâneas do desejo. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2007.

SANTOS, Alexandre. A fotografia como escrita pessoal: Alair Gomes e a melancolia do corpo-outro. 2006. Doutorado (Tese em Artes Visuais) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2006.

SONTAG, Susan. Contra a interpretação. São Paulo: L&PM Editores, 1987.

TSCHUMI, Bernard. Architecture and disjunction. EUA: MIT Press, 1998.

TSCHUMI, Bernard. Arquitetura e limites I. In: NESBITT, Kate (org.). Uma nova agenda para a arquitetura: antologia teórica 1965-1995. São Paulo: Cosac & Naify, 2006a.

TSCHUMI, Bernard. Introdução: notas para uma teoria da disjunção arquitetônica. In: NESBITT, Kate (org.). Uma nova agenda para a arquitetura: antologia teórica 1965-1995. São Paulo: Cosac & Naify, 2006b.

TSCHUMI, Bernard. O prazer da arquitetura. In: NESBITT, Kate (org.). Uma nova agenda para a arquitetura: antologia teórica 1965-1995. São Paulo: Cosac & Naify, 2006c.

TURNER, Mark. Backward Glances: Cruising Queer Streets in London and New York. Chicago: University of Chicago Press, 2003.

Publicado
2016-12-05
Como Citar
Costa, F. N. da, & Ferreira, T. V. (2016). Potências inscritas no corpo: do flâneur ao cruiser. URBANA: Revista Eletrônica Do Centro Interdisciplinar De Estudos Sobre a Cidade, 8(1), 28-45. https://doi.org/10.20396/urbana.v8i1.8642603