Patrimônio cultural potiguar: história, memória e narrativas do presente

Palavras-chave: Cidade. História. Memória. Patrimônio cultural. Vivências.

Resumo

No cenário da Natal contemporânea, o artigo discute os elementos físicos que dão suporte as narrativas do presente sobre sua área patrimonial. As falas de usuários (moradores, trabalhadores e visitantes) dos antigos bairros, Cidade Alta e Ribeira, são analisadas com base no estudo da história e memória local. Entre os resultados, destacou-se a influência dos discursos de modernização de início do século XX ainda presente na forma de interpretar o ambiente urbano. Na imagem apresentada, observa-se dificuldade de os usuários reconhecerem valor de trechos modestos da malha, aqueles fora dos padrões da cidade moderna. Nesse sentido, orientam-se caminhos para ampliar lembranças e apagar imagens negativas associadas ao local.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriela Assunção, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Doutoranda do programa de pós-graduação de Arquitetura e Urbanismo. Professora substituta do departamento de Arquitetura e Urbanismo.

Referências

ANDRADE, Mario de. O Turista Aprendiz. São Paulo: Duas Cidades, 1976.

ASSUNÇÃO, Gabriela Lira. Percepção ambiental do patrimônio cultural: estudo de caso na Cidade Alta e Ribeira em Natal-RN. (Dissertação de Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.

ASSUNÇÃO, Gabriela Lira. História, arquitetura e memória dos cinemas de 1930-1960: o caso do cine nordeste em Natal-RN. In: 5º Docomomo, Seminário norte/nordeste, Fortaleza, 2014.

CASCUDO, Luís da Câmara. Grande Ponto: contos, poesias, ensaios, depoimentos. Natal RN: Editora Universitária, 1981.

ASSUNÇÃO, Gabriela Lira. História da Cidade do Natal. 3.ed. Natal: RN Econômico, 1999.

CHUVA, Márcia. Preservação do patrimônio cultural no Brasil: uma perspectiva histórica, ética e política. In: CHUVA, Márcia e NOGUEIRA, Antônio Gilberto (Orgs.). Patrimônio Cultural: políticas e perspectivas de preservação no Brasil. Rio de Janeiro: Mauad X, FAPERJ, 2012.

DANTAS, George; NASCIMENTO, José Clewton; VIEIRA-DE-ARAUJO, Natália. O cavalo de batalha moderno: [R]existências, debates e possibilidades em torno do caso do Hotel Internacional Reis Magos. Revista CPC, São Paulo, n.22, p.37-69, jul./dez. 2016.

ELALI, Gleice Azambuja. Imagem sócio-ambiental de áreas urbanas: um estudo na Ribeira, Natal-RN-Brasil. Psicologia para a América Latina, México, jul. 2007, nº10.

FABRIS, Annateresa. Arquitetura Eclética no Brasil. Anais do Museu Paulista, Nova Série n. 1, 1993. p.131-143.

FAUSTO, Boris. História do Brasil. 13 ed. São Paulo. Editora da USP, 2008.

FERRAZ, Valéria. Turismo cultural na ZEPH-Ribeira: possibilidades e limitações. 2008. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

FERREIRA, Ângela Lúcia e DANTAS, George. (Orgs.). Surge et ambula: a construção de uma cidade moderna (Natal, 1890-1940). Natal: EDUFRN, 2006.

FERREIRA, Ângela Lúcia; et al. Uma cidade sã e bela: a trajetória do saneamento de Natal – 1850 a 1969. Natal: IAB/RN; CREA/RN, 2008.

FERREIRA, Ângela Lúcia de Araújo; DANTAS, George A. F. ."Em nome da cidade": modernização, história e cultura urbana em Câmara Cascudo nos anos 1920. In: Eduardo Kingman Garcés. (Org.). Historia Social Urbana: espacios y flujos. Quito: Flacso Ecuador, Ministerio de Cultura, 2009, p. 155-172.

IPHAN. Processo de tombamento nº 1158-T-08. Pedido da Sub-Regional do Rio Grande do Norte de tombamento do centro histórico de Natal-RN. Natal, 2008, v. III.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. 2 ed. São Paulo: Centauro, 2006.

LIMA, Pedro de. Cidade sempre nova e outros escritos. Natal: Plena, 2008.

NATAL. Nossa Cidade Natal: crônicas. Natal, Prefeitura Municipal do Natal, 1984.

NORA, Pierre. Entre memória e história: a problemática dos lugares. Projeto história: Revista do Programa de Pós-graduação em História e do Departamento de História da PUC-SP, São Paulo, nº 10, p.7-28, dez. 1993.

OLIVEIRA, Giovana. Conferência de Manoel Dantas. In: FERREIRA, Ângela Lúcia e DANTAS, George. (Org.). Surge et ambula: a construção de uma cidade moderna (Natal, 1890-1940). Natal: EDUFRN, 2006.

OLIVEIRA, Giovana. A cidade e a guerra: a visão das elites sobre as transformações do espaço da cidade do Natal na Segunda Guerra Mundial. Tese (Doutorado), Universidade Federal de Pernambuco. Programa de pós-graduação em Desenvolvimento Urbano, Recife, 2008.

PECHMAN, Robert. Um olhar sobre a cidade: estudo da imagem e do imaginário do Rio na formação da modernidade. Cidade e História – modernização das cidades brasileiras XIX e XX. Salvador, ANPUR, P.33-43, 1990.

PINHEIRO, Eloísa Petti. Europa, França e Bahia: difusão e adaptação de modelos urbanos (Paris, Rio e Salvador). 2 ed. Salvador: UFBA, 2011.

PINTO, Lauro. Natal que eu vi. Natal: Imprensa Universitária, 1971.

SILVA, Heitor de Andrade. Revitalização urbana de centros históricos: uma revisão de contextos e propostas: a Ribeira como estudo de caso. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2002.

SIMONINI, Yuri. Ribeira, técnica versus natureza: transformações em prol de um projeto de modernização (1860-1932). Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.

STARLING, Mônica Barros de Lima. Patrimônio, participação local e democracia: o papel dos conselhos municipais de patrimônio cultural de Minas Gerais. Políticas Culturais em Revista. Salvador: 1 (2), p. 140-156, 2009.

TEIXEIRA, Rubenilson Brazão . Da cidade de Deus à cidade dos homens. A secularização do uso, da forma e da função urbana. 1. ed. Natal: EDUFRN, 2009.

TINOCO, Marcelo B.; SOBRINHA, Maria Dulce; TRIGUEIRO, Edja B. (orgs.). Ribeira: Plano de Reabilitação de Áreas urbanas centrais (PRAC/RIBEIRA). Natal: EDUFRN, 2008.

VELOSO, Maísa; ELALI, Gleice. Qualidade de vida urbana em Natal – mitos e realidades. EDUFRN, Natal, 2006.

VIÑAS, Salvador Muñoz. Contemporary Theory of Conservation. Oxford: Elsevier Butterworth-Heinemann, 2005.

Publicado
2018-07-14
Como Citar
Assunção, G. (2018). Patrimônio cultural potiguar: história, memória e narrativas do presente. URBANA: Revista Eletrônica Do Centro Interdisciplinar De Estudos Sobre a Cidade, 9(3), 499-520. https://doi.org/10.20396/urbana.v9i3.8649547