A arte urbana no centro histórico das cidades médias

o grafite em Araraquara/SP

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/urbana.v11i3.8656271

Palavras-chave:

Arte urbana, Centro histórico, Cidades médias, Araraquara, Grafite

Resumo

A presente pesquisa tem como orientação principal a arte urbana no centro histórico das cidades médias, especificamente, analisando o grafite e as nuances de suas manifestações no corpo urbano da cidade de Araraquara. Este artigo apresentará o trabalho desenvolvido pelos pesquisadores durante um ano de pesquisa acadêmica. A arte urbana é, notavelmente, matéria de inúmeros estudos no campo das Ciências Humanas de forma geral, entretanto, há certa hesitação, por parte dos pesquisadores brasileiros, em analisar as dinâmicas sociais impostas às cidades médias, que representam boa parcela dos municípios brasileiros, neste rol, estão incluídos também os estudos sobre arte urbana no espaço dessas cidades. Deste modo, tivemos como fio condutor e instigador a necessidade de compreender algumas das dinâmicas impostas a estes espaços, que, sobretudo, são espaços em disputa, disputa pelos mercados locais, pela população, mercado imobiliário, setor público, e a própria arte. Nesta dinâmica é fundamental analisar como a arte urbana sobrevive, como é capaz de alterar significados e imprimir marcas nos indivíduos num urbano em disputa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lucas Barbosa de Santana, Universidade Estadual Paulista

Graduado em Ciências Sociais (Licenciatura) pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - UNESP.  Membro pesquisador do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Desenvolvimento Urbano e Ambiental - NEPDUA, credenciado no CNPQ na Faculdade de Ciências e Letras da UNESP. 

Rafael Alves Orsi, Universidade Estadual Paulista

Doutor em Geografia pela Universidade Estadual Paulista (Rio Claro).  Professor Associado na Universidade Estadual Paulista (Araraquara), no Departamento de Ciências Sociais. Filosofia.

 

 

Referências

BARBOSA, C. Centro de Araraquara vive esvaziamento. Jornal folha de São Paulo. Ribeirão Preto – SP. 1998.

CANEVACCI, M. A cidade polifônica: Ensaio sobre a antropologia da comunicação urbana. Tradução Cecília Prada, 2ª ed. São Paulo, Studio Nobel, 1997.

CASTELLS, M. The rise of the network society. Cambridge: Blackwell Publishers, 1996.

CARLOS, A. F. A. O lugar no/do mundo. São Paulo: FFLCH, 2007, 85p.

CLEMENTINO, M. L. M. e DANTAS, J. R. Q. O papel das cidades (inter) médias para o desenvolvimento regional: um estudo a partir dos centros sub-regionais (Pau dos Ferros-RN, Cajazeiras-PB e Sousa-PB). Geo UERJ - Ano 15, nº. 24, v. 1, 1º semestre de 2013 p. 228-255

GITAHY, C. O que é graffiti. São Paulo: Brasiliense, 1999.

HARVEY, D. Cidades rebeldes: do direito à cidade à revolução urbana. São Paulo: Martins Fontes. 2014.

LEFEBVRE, H. O direito à cidade. 5. ed. São Paulo: Centauro. 2011.

MANNHEIM, K. Ideologia e Utopia. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1972.

MOREIRA, J. O. Produção do espaço urbano, reprodução social da moradia e desigualdades socioespaciais em cidades pequenas paulistas: Os casos de capão bonito e buri. Anais XVI ENG. Porto Alegre, 2010.

OLIVEIRA. W. Arte na via cresce e leva cor e cultura para embaixo do terminal. Jornal Acidade. Araraquara. 2017.

PALLAMIN, V. M. Arte Urbana. São Paulo. Fapesp. 2000.

SANFELICI, D. M. A produção do espaço como mercadoria: novos eixos da valorização imobiliária em Porto Alegre/RS. 2009 Dissertação (Mestrado em Geografia Humana) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Universidade de São Paulo – USP. São Paulo. 2009.

SANTOS, M. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. São Paulo: Edusp. 2008.

SIMMEL, G. A metrópole e a vida mental. In: VELHO, O. G. (org.). O fenômeno urbano. Rio de Janeiro: Zahar. 1973.

TIJOUX, M. E. FECUSE, M. e URRUTIA, M. El Hip Hop: ¿Arte popular de lo cotidiano o resistencia táctica a la marginación?. Polis. Universidad de Chile. Santiago. nº33. 2012. Publicado 23/03/2013.

Downloads

Publicado

2020-05-07

Como Citar

SANTANA, L. B. de .; ORSI, R. A. A arte urbana no centro histórico das cidades médias: o grafite em Araraquara/SP. URBANA: Revista Eletrônica do Centro Interdisciplinar de Estudos sobre a Cidade, Campinas, SP, v. 11, n. 3, p. 168–190, 2020. DOI: 10.20396/urbana.v11i3.8656271. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/urbana/article/view/8656271. Acesso em: 5 dez. 2022.