Industrialização, urbanização e eletrificação de São Paulo:

Indicadores de um mesmo processo (1880-1930)

Autores

  • Raiana Schirmer Soares Instituto de Energia e Ambiente

DOI:

https://doi.org/10.20396/urbana.v12i0.8664317

Palavras-chave:

Eletrificação, Urbanização, Industrialização, São Paulo

Resumo

A industrialização e a urbanização da cidade de São Paulo são processos síncronos à expansão da cafeicultura e do desenvolvimento do capitalismo no Estado de São Paulo. O papel da eletricidade neste contexto, no entanto, carece de maior compreensão. O presente artigo teve como objetivo analisar por meio da revisão bibliográfica, o processo de eletrificação da cidade de São Paulo de forma a analisar de que forma ela foi impulsionada pela industrialização e urbanização do município, bem como analisar em que medida a mesma impulsionou estes processos. O artigo demonstra que, para além de ser um desdobramento dos melhoramentos na cidade, a eletricidade teve um papel fundamental na consolidação do seu processo de industrialização de São Paulo, bem como na construção de um novo uso da cidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Annuario estatistico de São Paulo (Brazil) 1901, São Paulo: Typographia do Diario Official, 1904 1904. 815 p.

Annuario estatistico de São Paulo (Brazil) 1909, São Paulo: Casa Vanorden, 1911 v. 2, t. 2, 1911. 299 p.

Annuario estatistico de São Paulo (Brazil) 1919, São Paulo: Typographia do Diario Official, 1921 v. 2, t. 2, 1921. 367 p.

Annuario Estatistico de São Paulo (Brasil), 1929. São Paulo: Repartição de Estatistica e Archivo do Estado, 1935. 245 p.

BOAS, Henrique Strazzer Vilas; GONZALES, Mariana Sarubby; dos SANTOS, Rafael Galvani; PINTO, Tila Corazza Teixeira. A percepção pública da energia: uma história cultural de São Paulo. 2009. Disponível em: <http://www.museudaenergia.org.br/media/63132/04.pdf> Acesso em: ago.2020.

BRANDÃO, Helena Camara Lacé; SOARES, Vanessa Mendonça; ARANHA, Letícia da Silva Fontes; ROCHA, Paula do Sacramento; BRESSANE, Fernanda Ferreira. A história da iluminação elétrica nas residências cariocas no início do século XX registrada na moradia de Rui Barbosa. Revista Escritos, n.7, p.2013-288,2013.

BRASIL. Diretoria Geral de Estatística. Recenseamento do Brasil, realizado em primeiro de setembro de 1920. Rio de Janeiro: Tipografia da estatística, 1922. v. 1. Introdução: aspecto físico do Brasil: geologia, flora e fauna, evolução do povo brasileiro, histórico dos inquéritos demográficos.

BRASIL. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Recenseamento geral de 1940. Rio de Janeiro: IBGE, 1950. v. 2: censo demográfico: população e habitação.

BRASIL. Ministério dos Negócios do Império. Relatório da Diretoria Geral de Estatística, dirigido ao Ministro dos Negócios do Império, Dr. João Alfredo Corrêa de Oliveira, por Jose Maria do Couto, diretor geral interino, em abril de 1873 [sobre 1872]. Rio de Janeiro: Tipografia Nacional, 1873

BRASIL. Recenseamento geral da República dos Estados Unidos do Brasil, em 31 de dezembro de 1890: Distrito Federal. Rio de Janeiro.

CARDOSO, Fernando Henrique. O café e a industrialização da cidade de São Paulo. Revista de História, v.20, n.42, 1960. Disponível em: <http://www.revistas.usp.br/revhistoria/article/view/119977> Acesso em: ago.2020.

GONÇALVES, Glauco Roberto. O marketing da Brazilian Traction. In: Simpósio Internacional Globalización, inovación y construcción de redes técnicas urbanas en América y Europa, 1890-1930. 2012. Disponível em: <http://www.ub.edu/geocrit/Simposio/cGoncalves_Omarketing.pdf> Acesso em: ago.2020.

IANNONE, Roberto Antônio. Evolução do setor elétrico paulista. São Paulo: USP, 2006. 227f. Tese (Doutorado em História Econômica) – Programa de Pós-Graduação em História Econômica, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, 2006.

JOURDAN, Marcelo Mollica. A light, investimento estrangeiro no brasil: Uma luz sobre o ciclo privado-público-privado em 80 anos pela análise de taxa de retorno. Rio de Janeiro: FGV, 2006. 223f. Dissertação (Mestrado em Finanças e Economia Empresarial) – Escola de Pós-Graduação em Economia, Fundação Getúlio Vargas, 2006.

LORENZO, Helena Carvalho de. Eletrificação, urbanização e crescimento industrial no estado de são paulo, 1880-1940. Rio Claro: UNESP, 1993. 186f. Tese (Doutorado em Geografia) – Programa de Pós-Graduação em Geografia, Faculdade de Geografia, Universidade Estadual Paulista, 1993.

MARSON, Michel Deliberati. A industrialização brasileira antes de 1930: uma contribuição sobre a evolução da indústria de máquinas e equipamentos no estado de São Paulo, 1900-1920. Estudos Econômicos, v.45, n.4, 2015. Disponível em: <http://www.revistas.usp.br/ee/article/view/58320> Acesso em: ago.2020.

MOLINARI, Marcelo; ROBAZZINI, Alexandre. OS PRIMEIROS ANOS DA LIGHT NO BRASIL. Museu da Energia, 2017. Disponível em: < http://www.museudaenergia.org.br/media/62936/11.pdf> Acesso em: ago.2020.

NOGUEIRA, Débora Marques de Almeida; FERRÃO, André Munhoz de Argollo. Hidrelétricas no desenvolvimento urbano e territorial de São Paulo. Labor e Engenho, v. 9, n.1, 2015.

PALLAMIN, Vera. Espaços urbanos no despontar da metrópole paulistana: cisões, transformações, usos e contrastes. 2015. Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/280559115_Espacos_urbanos_no_despontar_da_metropole_paulistana> Acesso em: ago.2020.

PEREIRA, Margareth da Silva. The time of the Capitals, Rio de Janeiro and São Paulo: Words, Actors and Plans. In: ALMANDOZ, Arturo (ed.). Planning Latin America’s Capital Cities 1850-1950. Psychology Press, 2002.

SAES, Alexandre Macchione. Luz, leis e livre-concorrência: conflitos em torno das concessões de energia elétrica na cidade de São Paulo no início do século XX. História, v.28, n.2, 2009. Disponível em: < https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-90742009000200008> Acesso em: ago.2020.

SANTOS FILHO, Gilgo Magalhães. Da usina à população na velocidade da luz: fios elétricos e desenvolvimento. Labor & Engenho,v.9, n.1, 2015.

SEABRA, Odette Carvalho de Lima. Energia elétrica e modernização social: Implicações do sistema hidrelétrico de São Paulo na bacia do Alto tietê. In: Simpósio Internacional Globalización, inovación y construcción de redes técnicas urbanas en América y Europa, 1890-1930. 2012. Disponível em: http://www.ub.edu/geocrit/Simposio/cSeabra_Energia.pdf> Acesso em: ago.2020.

Da SILVA, João Luiz Máximo. Cozinhamodelo: o impacto do gás e da eletricidade na casa paulistana (1870-1930). Edusp, 2008.

Propagandas Hstóricas (Website) <https://www.propagandashistoricas.com.br/2014/11/light-olhos-sedentos-1939.html> Acesso em: ago.2020.

Downloads

Publicado

2021-09-28

Como Citar

SCHIRMER SOARES, R. Industrialização, urbanização e eletrificação de São Paulo:: Indicadores de um mesmo processo (1880-1930). URBANA: Revista Eletrônica do Centro Interdisciplinar de Estudos sobre a Cidade, Campinas, SP, v. 12, 2021. DOI: 10.20396/urbana.v12i0.8664317. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/urbana/article/view/8664317. Acesso em: 5 out. 2022.