Uma proposta de descrição do sistema de MENSAGEM na organização funcional discurso

Palavras-chave: estrutura do discurso, fluxo discursivo, metafunção textual, sistema de MENSAGEM

Resumo

Este artigo investiga as funções linguísticas responsáveis pela organização textual do discurso. Mais especificamente, descreve o sistema semântico-discursivo de mensagem, o qual responde pelo gerenciamento da produção e acúmulo de significado no texto. Para tanto, explora a estrutura do discurso tendo como ponto de partida a relação entre esse e a gramática oracional que o realiza. Em seguida, descreve cada opção do sistema, bem como a forma como opera ao longo do fluxo textual, e assim assumindo valor nas relações que estabelece frente a outras opções. Para promover a descrição, utilizou-se o português brasileiro como língua de investigação. Um corpus com 100 mil tokens foi compilado com base na tipologia da língua no contexto de cultura. Os textos foram analisados segundo a manifestação estrutural, relações funcionais entre opções sistêmicas, e o significado gerado pela organização discursiva das mensagens. Ao final, o artigo mostra como as diferentes opções de mensagempré-selecionam funções na gramática, fazendo com que cada mensagem seja contextualizada, incorporando-se ao texto de forma a dar algum direcionamento à fase a qual pertence. O artigo mostra ainda o potencial sistêmico pelo qual diferentes tipos de texto determinam opções distintas na gramática e semântica textuais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Giacomo Figueredo, Universidade Federal de Ouro Preto
Laboratório Experimental de Estudos da Linguagem. Departamento de Letras. Universidade Federal de Ouro Preto

Referências

BARBARA, L.; GOUVEIA, C. It is not there, but [it] is cohesive: the case of pronominal ellipsis of subject in Portuguese. Direct Papers, São Paulo, n. 46, jul. 2001.

CAFFAREL, A. A systemic functional approach to grammar of French: from grammar to discourse. London & New York: Continuum, 2006.

DANEŠ, F. Prague school functionalism as a precursor of text linguistics. Cahiers de l’ILSL, Lausanne, n. 5, p. 117-126, 1994.

van DIJK, T. Connectives in text grammar and text logic. In: van DIJK, T; PETOFI, J. (Eds.). Grammars and Descriptions. Berlin: De Gruyter, 1977.

FIRBAS, J. On defining the theme in english, german and czech. Brno Studies in English , Brno, n. 1, p. 39-63, 1964.

FÁVERO, L. Coesão e coerência textuais. São Paulo: Ática, 1991.

FIGUEREDO, G. Introdução ao perfil metafuncional do português brasileiro: contribuições para os estudos multilíngues. 2011. 385 f. Tese (Doutorado em Linguística Aplicada) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2011.

FRIES, P. On the status of theme in english: arguments from discourse. Forum Linguisticum, Lake Bluff, v. 1., n. 6, p. 1-38. 1981.

GLEASON, H. Introduction to descriptive linguistics. New York: Holt, 1965.

GLEASON, H. Contrastive analysis in discourse structure. monograph series on languages and linguistics, Washington, n. 21, 1968.

GREGORY, M. Towards communication linguistics: a framework. In: BENSON, J.; GREAVES, W. (Eds). Systemic Perspectives on Discourse vol. 1. Norwood: Ablex, 1985.

HAIMAN, J.; THOMPSON, S. Clause combining in grammar and discourse. Amsterdam: John Benjamins Publishing, 1988.

HALLIDAY, M. A. K. Categories of the theory of grammar. Word, v. 17, n. 3, p. 241-292, 1961.

HALLIDAY, M. A. K. Language structure and language function. In: LYONS, J. (Ed.). New horizons in linguistics. Harmondsworth: Penguin Books, 1970.

HALLIDAY , M. A. K. Some lexicogrammatical features of the “Zero Population Growth Text”. In: MANN, W.; THOMPSON, S. Discourse description: diverse linguistic analyses of a fund-raising text. Amsterdam & Philadelphia: John Benjamins, 1992.

HALLIDAY, M. A. K. On Grammar and grammatics. In: HASAN, R.; CLORAN, C.; BUTT, D. (Eds.). Functional descriptions: theory in practice. Amsterdam & Philadelphia: John Benjamins, 1996.

HALLIDAY, M. A. K.; HASAN, R. Cohesion in english. London & New York: Longman, 1976.

HALLIDAY, M. A. K.; MATTHIESSEN, C. Construing experience as meaning: a language based approach to cognition. London: Cassell, 1999.

HALLIDAY, M. A. K.; MATTHIESSEN, C. An introduction to functional grammar. 4a ed. London: Edward Arnold, 2014.

HALLIDAY, M. A. K.; McDONALD, E. Metafuncional profile of the grammar of chinese. In: CAFFAREL, A.; MARTIN, J.; MATTHIESSEN, C. (Eds.) Language typology: a functional perspective. Amsterdam & Philadelphia: John Benjamins Publishing Company, 2004.

HASAN, R. On the notion of text. In: PETOFI, J. (Ed.). Text vs. sentence: basic questions of text linguistics. Hamburg: Helmut Buske, 1979.

KOCH, I. Tematização e rematização. In: JUBRAN, C. C. A. S.; KOCH, I. G. V. (Org.). Gramática do português culto falado no Brasil. Campinas: Unicamp, 2006.

KOCH, I. Ler e escrever: estratégias de produção textual. São Paulo: Contexto, 2011.

KOCH, I.; ELIAS, V. Ler e compreender os sentidos do texto. São Paulo: Contexto. 2006.

KOCH, I.; MARCUSCHI, L. Processos de referenciação na produção discursiva. DELTA, São Paulo, vol. 14, número especial, 1998.

LEMKE, J. Semiotics and education. Toronto semiotic circle monographs: working papers and Prepublications, 1984.

LEMKE, J. Discourse and organizational dynamics: website communication and institutional change. Discourse and Society, v. 1, n. 10, p. 21-48, 1999.

MARCUSCHI, L. Linguística de texto: o que é e como se faz. Recife: Editora da UFPE, 1983.

MARTIN, J. English text: system and structure. Philadelphia and Amsterdam: John Benjamins Publishing Company, 1992.

MARTIN, J. Systemic functional grammar: a next step into the theory – axial relations. Beijing: Higher Education Press, 2013.

MARTIN, J.; ROSE, D. Working with discourse: meaning beyond the clause. 2a ed. London: Continuum, 2007.

MATHESIUS, V. Functional linguistics. In: VACHEK, J.; DUŠKOVÁ, L. Praguiana: some basic and less known aspects of the prague linguistic school. John Benjamins, 1983.

MATTHIESSEN, C. Interpreting the textual metafunction. In: DAVIES, M.; RAVELLI, L. (Eds.). Advances in systemic linguistics. London: Pinter, 1992.

MATTHIESSEN, C. Lexicogrammatical cartography: english systems. Tokyo: International Language Science Publishers, 1995.

NEIS, I. Por uma gramática textual. Letras de Hoje, n. 44, p. 35-52, 1981.

O’DONNELL, M. The UAM CorpusTool: software for corpus annotation and exploration. In: BRETONES CALLEJAS, C. et al. (Eds.). Applied linguistics now: understanding language and mind. Almería: Universidad de Almería, 2008.

PIKE, K. Linguistic Concepts: an introduction to tagmemics. Lincoln: University of Nebraska Press, 1982.

PONTES, E. O tópico no português do Brasil. Campinas: Pontes, 1987.

SAUSSURE, F. Curso de linguística geral. São Paulo: Cultrix, 2006.

VILELA, M.; KOCH, I. Gramática da língua portuguesa: gramática da palavra, gramática da frase, gramática do texto/discurso. Coimbra: Almeidina, 2001.

Publicado
2019-02-15
Como Citar
Figueredo, G. (2019). Uma proposta de descrição do sistema de MENSAGEM na organização funcional discurso. Cadernos De Estudos Lingüísticos, 61, 1-23. https://doi.org/10.20396/cel.v61i1.8653021