O ethos como instância constitutiva da construção da ‘imagem de autor’

Palavras-chave: Ethos discursivo, Imagem de autor, Mário de Andrade.

Resumo

Neste artigo, pretendemos verificar em que medida o ethos discursivo (MAINGUENEAU, 2005, 2008a) afeta a construção da ‘imagem de autor’ (MAINGUENEAU, 2010a, 2010b). Mais especificamente, pretendemos verificar, a partir da análise de trechos de duas matérias publicadas na mídia online brasileira a respeito da homenagem que a FLIP 2015 faz a Mário de Andrade, em que medida o ethos do enunciador (no caso, jornalistas) afeta a ‘imagem de autor’ que é construída de Mário de Andrade nesses/por meio desses dois textos. A metodologia empregada para análise dos textos alinha-se à proposta de Pêcheux ([1983]1990), segundo a qual a abordagem do corpus deverá se dar por meio de um batimento, de uma alternância entre momentos de descrição e de interpretação. Palavras-chave: ethos discursivo; imagem de autor; Mário de Andrade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda Mussalim, Universidade Federal de Uberlândia

Professora associada 4 da Universidade Federal de Uberlândia. Professora colaboradora em Linguística da Universidade Estadual de Campinas.

Breno Rafael M. P. R. Rezende, Universidade Federal de Uberlândia

Doutorando em Estudos Linguísticos pela Universidade Federal de Uberlândia.

Referências

MAINGUENEAU, Dominique. Análise de textos de comunicação. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2002.

MAINGUENEAU, Dominique. Autor: a noção de autor em Análise do discurso. In: MAINGUENEAU, Dominique. Doze conceitos em Análise do Discurso. Organização Maria Cecília Perez de Souza-e-Silva e Sírio Possenti. São Paulo: Parábola Editorial, 2010a. p. 25-47.

MAINGUENEAU, Dominique. O contexto da obra literária. Campinas, Martins Fontes, 1995.

MAINGUENEAU, Dominique. Discurso literário. São Paulo: Contexto, 2006.

MAINGUENEAU, Dominique. El ethos y la voz de lo escrito. Version. Estúdios de Comunicación y Política. n. 6. México: Universidad Autónoma Metropolitana-Xochimilco, 1996, p. 79-86.

MAINGUENEAU, Dominique. Ethos, cenografia, incorporação. In: AMOSSY, R. (Org.) Imagens de si no discurso: a construção do ethos. São Paulo: Contexto, 2005. p. 69-92.

MAINGUENEAU, Dominique. Gênese dos discursos. São Paulo: Parábola, 2008b.

MAINGUENEAU, Dominique. Imagem de autor: não há autor sem imagem. In: MAINGUENEAU, Dominique. Doze conceitos em análise do discurso. Organização Maria Cecília Perez de Souza-e-Silva e Sírio Possenti. São Paulo: Parábola Editorial, 2010b. p. 139-156.

MAINGUENEAU, Dominique. Novas tendências em Análise do discurso. Campinas: Martins Fontes, 1989.

MAINGUENEAU, Dominique. Problemas de ethos. In: MAINGUENEAU, Dominique. Cenas da enunciação. Tradução de Sírio Possenti e Maria Cecília Perez de Souza-e-Silva. São Paulo: Parábola Editorial, 2008a. p. 55-73.

MUSSALIM, Fernanda. Processos editoriais e institucionais de gestão da obra e da ‘imagem de autor’ de Mário de Andrade. In: FREITAS, E. C.; BURLAMAQUE; F. V., RETTENMAIER, M.. (Org.). Leitura, Literatura e Linguagens: novas topografias textuais. São Paulo: Cultura Acadêmica Digital, 2018. p. 46-64.

PÊCHEUX, M. O discurso: estrutura e acontecimento. Campinas: Pontes, 1990. (Data do original: 1983).

Publicado
2019-08-27
Como Citar
Mussalim, F., & Rezende, B. R. M. P. R. (2019). O ethos como instância constitutiva da construção da ‘imagem de autor’. Cadernos De Estudos Lingüísticos, 61, 1-10. https://doi.org/10.20396/cel.v61i0.8655214
Seção
Dossiê Ethos discursivo em diversas dimensões