Banner Portal
O discurso nas fronteiras do social
PDF

Palavras-chave

Materialidades significantes
Resistência simbólica

Como Citar

LAGAZZI, Suzy; ADORNO, Guilherme; MODESTO , Rogério; FERRAÇA, Mirielly; ANJOS, Liliane Souza dos; BENAYON, Flavio da Rocha; OSTHUES , Romulo Santana. O discurso nas fronteiras do social: diferentes materialidades significantes e tecnologias de linguagem. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, SP, v. 65, n. 00, p. e023008, 2023. DOI: 10.20396/cel.v65i00.8673340. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cel/article/view/8673340. Acesso em: 24 maio. 2024.

Resumo

Este artigo apresenta o percurso do grupo de pesquisa O discurso nas fronteiras do social: diferentes materialidades significantes e tecnologias de linguagem. Num trajeto de quase 20 anos, o grupo tem como fio condutor a discussão do social em suas diferenças constitutivas, trabalhando a resistência do sujeito em objetos simbólicos diversos. Sob a perspectiva da Análise do Discurso Materialista, damos especial relevo, aqui, a análises que dão visibilidade a sentidos em confronto em nossa sociedade, em práticas coercitivas muitas vezes normalizadas como necessárias, marcadas por relações de força que nem sempre se mostram em sua violência simbólica.

https://doi.org/10.20396/cel.v65i00.8673340
PDF

Referências

ADORNO DE OLIVEIRA, Guilherme. Discursos sobre o eu na composição autoral dos vlogs. Tese (Doutorado em Linguística) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2015. 170 p.

ADORNO, Guilherme. Visualizar, ler e compreender o dicionário Priberam: divisões políticas da língua no limiar do linguístico e do visual. Línguas e Instrumentos Linguísticos, Campinas, v. 42, n. 42, p. 98-138, 2018. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/lil/article/view/8661572. Acesso em: 02 mai. 2023.

ADORNO, Guilherme. Algoritmizar a língua?: automatização, informatização, materialismo discursiva. Línguas e Instrumentos Linguísticos, Campinas, n. 44, p. 174–197, 2019. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/lil/article/view/8657798. Acesso em: 02 mai. 2023.

ADORNO, Guilherme; NOGUEIRA, Luciana. O sujeito discursivizado como empresa no YouTube: trabalho e condições (digitais) de produção. Leitura, Maceió, n 76, p. 316-329, 2023. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/revistaleitura/article/view/14284. Acesso em 10 ago. 2023.

ALTHUSSER, Louis. Ideologia e aparelhos ideológicos de Estado. 3 ed. Lisboa: Editorial Presença/Martins Fontes, 1980.

ANJOS, Liliane S.; O funcionamento discursivo da promessa de pacificação. Tese (Doutorado em Linguística) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2021. 181 p.

ANJOS, Liliane S.; BENAYON, Flavio. Cinismo e necropolítica: práticas discursivas do Estado no caso da menina Ágatha. In: FLORES, Giovana B.; GALLO, Solange M. L.; NECKEL, Nádia. R.; DALTOÉ, Andreia. S.; SILVEIRA, Juliana.; MITTMAN, Solange; LAGAZZI, Suzy; PFEIFFER, Cláudia.; ZOPPI-FONTANA, Mónica (org.). Discurso, Cultura e Mídia: pesquisas em rede. Campinas: Editora Pontes, 2021. v. 4. p. 711-727.

BENAYON, Flavio. Objetos paradoxais desiguais. Letras, Santa Maria, v. 28, n. 56, p. 185-208, jan./jun., 2018. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/letras/article/view/31077. Acesso em: 02 mai. 2023.

BENAYON, Flavio. Movimentos insolentes interditados: uma análise discursiva de sentenças judiciais. Tese (Doutorado em Linguística) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2021. 147 p.

BENAYON, Flavio. A insolência nos movimentos do social: sentidos interditados na favela do Jacarezinho. Leitura, Maceió, v.76, n. 1, p. 250-266, mai./jul., 2023. Disponível em: https://www.seer.ufal.br/index.php/revistaleitura/article/view/14195

BENAYON, Flavio da R.; OSTHUES, Romulo S. Máscaras em corpos de manifestantes em junho de 2013. In: FLORES, Giovanna G. B. et al. (org.). Discurso, cultura e mídia: pesquisas em rede. v. 3. Santiago: Ed. Oliveira Books, 2019. p. 148-168. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/349316234_Mascaras_em_corpos_de_manifestantes_em_junho_de_2013. Acesso em: 16 mar. 2023.

BENAYON, Flavio da R.; OSTHUES, Romulo S.; LAGAZZI, Suzy. Paródia e deslocamento de sentidos: a Tropa de Nhoque entra em cena. Fragmentum, Santa Maria, v. 54, p. 49-70, 2019. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/fragmentum/article/view/38830. Acesso em: 16 mar. 2023.

BRASIL. Ministério da Defesa. Diretriz Ministerial nº 15, de 04 de dezembro de 2010. Disponível em: https://www.gov.br/defesa/pt-br/centrais-de-conteudo/noticias/ultimasnoticias/04122010-defesa-diretriz-ministerial-no-152010. Acesso em: 12 set. 2021.

CARNEIRO, Henrique Soares. Rebeliões e ocupações de 2011. In: HARVEY, David et al. Occupy: movimentos de protesto que tomaram as ruas. São Paulo: Boitempo/Carta Maior, 2012. p. 07-14.

CORRÊA, Kellen Cristina. Identidades fal(h)(t)antes: testemunho e equivocidade no documentário autobiográfico. Dissertação (Mestrado em Linguística) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2020. 126 p.

FERRAÇA, Mirielly. (R)esistir no Jardim Itatinga: laços entre sujeitos e espaço urbano. Tese (Doutorado em Linguística) – Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem, Campinas, 2019. 287 p.

LAGAZZI, Suzy. O desafio de dizer não. Campinas: Pontes Editores, 1988.

LAGAZZI, Suzy. A discussão do sujeito no movimento do discurso. Tese (Doutorado em Linguística) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1998. 120 p.

LAGAZZI, Suzy. O recorte significante na memória. O Discurso na Contemporaneidade: materialidades e fronteiras. In: INDURSKY, Freda; FERREIRA, Maria Cristina L.; MITTMANN, Solange (org.). São Carlos: Claraluz, 2009. p. 67-78.

LAGAZZI, Suzy. Análise de Discurso: a materialidade significante na história. Linguagem, História e Memória – discursos em movimento. DI RENZO, Ana Maria; DA MOTTA, Ana Luiza A. R.; OLIVEIRA, Tânia P. de (org.). Campinas: Pontes Editores, 2011. p. 275-290.

LAGAZZI, Suzy. Paráfrases da imagem e cenas prototípicas: em torno da memória e do equívoco. In: FLORES, Giovana; GALLO, Solange; LAGAZZI, Suzy; NECKEL, Nádia; PFEIFFER, Cláudia.; ZOPPI-FONTANA, Mónica (org.). Análise de Discurso em Rede: Cultura e Mídia. Campinas: Pontes, 2015. v. 1. p. 177-189.

LAGAZZI, Suzy. Resistência Simbólica. In: MARIANI, Bethania (coord.). Enciclopédia Virtual de Análise do Discurso e áreas afins (Encidis). Niterói: UFF, 2019. Disponível em: https://youtu.be/I8xWY2wjiD0. Acesso em: 10 abr. 2023.

LAGAZZI, Suzy. A imagem em sua potência de captura simbólica. Fórum Linguístico, Florianópolis, v. 18, n. Esp., p. 5890-5902, jun. 2021. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/forum/article/view/79657/46890. Acesso em: 28 fev. 2022.

LAGAZZI, Suzy; BENAYON, Flavio. Marielle Franco: nome que resiste num corpo que fala. No prelo.

MODESTO, Rogério. Movimentos (d)e resistência no espaço urbano. Dissertação (Mestrado em Linguística) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2014. 170 p.

MODESTO, Rogério. Você matou meu filho e outros gritos: um estudo das formas da denúncia. Tese (Doutorado em Linguística) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2018. 244 p.

MODESTO, Rogério; ANJOS, Liliane; BENAYON, Flavio. Por uma escuta da dor. In: SALLES, Atílio C.; LUNKES, Fernanda. L.; BRANCO, Luiza C. (org.). Afeto(s) e(m) discurso: movimentos dos sujeitos e dos sentidos na história. São Carlos: Pedro & João, 2022. v. 1. p. 237-262.

MUÑOZ, César. Polícia civil do Rio de Janeiro derruba memorial sobre violência policial. Human Rights Watch, 2022. Disponível em: https://www.hrw.org/pt/news/2022/05/13/rio-police-tear-down-memorial-about-police-violence. Acesso em: 26 mar. 2022.

NECKEL, Nádia R. M. Tessitura e Tecedura: movimentos de compreensão do discurso artístico no audiovisual. Tese (Doutorado em Linguística) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2010. 239 p.

NUNES, José H. Dicionários no Brasil: análise e história do século XVI ao XIX. Campinas: Pontes, 2006.

NUNES, Silvia R. A geometrização do dizer no discurso do infográfico. Tese (Doutorado em Linguística) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2010. 239 p.

OSTHUES, Romulo S. O panelaço é uma palhaçada? Cenas prototípicas de um sujeito em protesto carnavalizando o político. In: IV CONFERÊNCIA INTERNACIONAL GREVES E CONFLITOS SOCIAIS. Trabalho completo. São Paulo, SP, Universidade de São Paulo. p. 1-16, 2018.

OSTHUES, Romulo S. Um decalque da cena prototípica: corpo, panela, nariz de palhaço (re)traçados na memória. In: ADORNO, Guilherme; MODESTO, Rogerio; FERRAÇA, Mirielly; BENAYON, Flavio da R.; ANJOS, Liliane; OSTHUES, Romulo S. (org.). O discurso nas fronteiras do social – uma homenagem à Suzy Lagazzi. Campinas: Pontes, 2019. v. 1. p. 159-184.

OSTHUES, Romulo S. (Não) sou palhaço: o disputado nariz vermelho nas manifestações de rua no Brasil. Tese (Doutorado em Linguística) – Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2023. 216 p.

PÊCHEUX, Michel. Delimitações, inversões, deslocamentos. Tradução: José Horta Nunes. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, IEL/Unicamp, n. 19, p. 7-24, jul./dez. 1990.

PÊCHEUX, Michel. Só há causa daquilo que falha ou o inverno político francês: início de uma retificação. In: PÊCHEUX, Michel. Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. 4. ed. Campinas: Editora da Unicamp, 2009.

PÊCHEUX, Michel. Ideologia – aprisionamento ou campo paradoxal? In: PÊCHEUX, Michel. Análise de Discurso: Michel Pêcheux – textos escolhidos por Eni Puccinelli Orlandi. 4 ed. Campinas: Pontes, 2015 [1983].

PÊCHEUX, Michel. Leitura e Memória: Projeto de Pesquisa. In: PÊCHEUX, Michel. Análise de Discurso: Michel Pêcheux – textos escolhidos por Eni Puccinelli Orlandi. 4 ed. Campinas: Pontes, 2015 [1980].

RELATÓRIO da Anistia Internacional do Brasil. A violência não faz parte desse jogo: risco de violações de direitos humanos nas Olimpíadas Rio 206. Rio de Janeiro: Anistia Internacional, 2016.

RIO DE JANEIRO. Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. (Comarca da Capital). Processo 0229018-26.2013.8.19.0001. Ação Penal. Autor: Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro. Acusado: Elisa Q. P. Sanzi [et al]. Relator: Juiz Flávio I. O. Nicolau. Rio de Janeiro, 17 de julho de 2018. Disponível em: https://apublica.org/wp-content/uploads/2018/07/rad0DF0D.tmp_.pdf. Acesso em: 26 mar. 2023.

SAUSSURE, Ferdinand. Curso de Linguística Geral. 9. ed. São Paulo: Editora Cultrix, 1972 [1916].

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Cadernos de Estudos Linguísticos

Downloads

Não há dados estatísticos.