Educação física escolar: as representações sociais.

  • Felipe da Silva Triani Laboratório de Estudos e Pesquisas em Representações Sociais na/para Formação de Professores
  • Willian Costa de Freitas Universidade do Grande Rio
  • Cristina Novikoff Universidade Federal de Campina Grande
Palavras-chave: Educação Física Escolar. Representações Sociais. Educação Física

Resumo

A resenha do livro “Educação Física Escolar: as representações sociais”, publicado em 2001, discute a Educação Física Escolar, com ênfase no Ensino Médio, escrito pelo autor Claudio Luís de Alvarenga Barbosa, também autor do livro “Educação Física: da alienação à libertação”. O autor traça os aspectos históricos da Educação Física Escolar, destacando sua relação com a Educação grega. A apropriação da Teoria das Representações Sociais na obra é alvo de crítica pelos resenhistas, uma vez que nas referências obtidas por eles há variação de representações sociais diante do contexto em que se vive e na obra apresenta-se uma representação social da Educação Física de modo geral, como se houvesse somente uma para todo o universo da Educação Física. A resenha apresenta ainda a interpretação de discursos de professores e alunos do Ensino Médio sobre a Educação Física.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Felipe da Silva Triani, Laboratório de Estudos e Pesquisas em Representações Sociais na/para Formação de Professores
Mestrado em Letras e Ciencias Humanas pela Universidade do Grande Rio, Brasil(2015)
Professor de Educação Física do Colégio Batista Memorial , Brasil
Willian Costa de Freitas, Universidade do Grande Rio
Ensino Médio (2o grau) pelo COLEGIO ESTADUAL RUI BARBOSA, Brasil(2008)
Trabalha na Universidade do Grande Rio , Brasil
Cristina Novikoff, Universidade Federal de Campina Grande
Doutora em Educação - PUCSP

Referências

MOSCOVICI, S. A representação social sobre a psicanálise. Rio de Janeiro: Zahar, 1978.

BARBOSA, C. L. A. Educação física escolar: as representações sociais. Rio de Janeiro: Shape, 2001.

MOSCOVICI, S. A psicanálise, sua imagem e seu público. Petrópolis: Vozes, 2012.

SILVA, M. S. S.; BRACHT, V. Na pista de práticas e professores inovadores na educação física escolar. Kinesis, v. 30, n. 1, jan./jun. 2012.

GHIRALDELLI, P. Educação física progressista: a pedagogia crítico-social dos conteúdos e a educação física brasileira. São Paulo: Loyola, 1991.

MOSCOVICI, S. Notes towards a description of social representations. European Journal of Social Psychology, v. 18, p. 211-250, 1988.

MARINHO, I. P. Sistemas e métodos de educação física. 4. ed. São Paulo: Cia Brasil, 1958.

RAMOS, J. J. Os exercícios físicos na história e na arte: do homem primitivo aos nossos dias. São Paulo: IBRASA, 1982.

DARIDO, S. C.; SANCHES NETO, L. O contexto da educação física na escola. In: DARIDO, S. C.; RANGEL, I. C. A. (Org.). Educação física na escola: implicações para a prática pedagógica. 2. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2011.

CASTORIADIS, C. A instituição imaginária da sociedade. São Paulo: Paz e Terra, 2000.

Publicado
2016-03-31
Como Citar
Triani, F. da S., Freitas, W. C. de, & Novikoff, C. (2016). Educação física escolar: as representações sociais. Conexões: Educação Física, Esporte E Saúde, 14(1), 130-137. https://doi.org/10.20396/conex.v14i1.8644770
Seção
Resenha