Educação física adaptada como perspectiva de inclusão

a percepção de escolares na educação física escolar

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/conex.v15i4.8649675

Palavras-chave:

Educação física adaptada, Inclusão educacional, Educação física escolar, Estágio curricular supervisionado

Resumo

O objetivo do estudo foi investigar a percepção de escolares do Ensino Médio sobre a inclusão nas aulas de Educação Física a partir do conteúdo Educação Física Adaptada (EFA) durante a disciplina de estágio. Fizeram parte 23 escolares do 1º ano do Ensino Médio de uma escola pública estadual do oeste de Santa Catarina. Para a recolha das informações utilizou-se questionário semiestruturado e um diário de campo. Os dados foram analisados a partir da técnica da análise de conteúdo. Quanto aos resultados consideraram-se cinco categorias, 1) o desconhecimento e vaga vivência da EFA; 2) o contraste entre a desordem no espaço escolar e as condições de trabalho oferecidas (ex ante) e; 1) a reformulação da visão ante a EFA; 2) o predomínio de determinado receio à inclusão; 3) a aceitação, inserção e continuidade da EFA na escola (ex post). Concluiu-se que, os escolares não apresentavam uma concepção ampliada sobre a inclusão e a EFA. A reformulação desta visão ficou condicionada ao entendimento da própria EFA e que a mesma possibilita a inclusão nas aulas de Educação Física, bem como na escola como um todo, desde que tenha continuidade no ambiente escolar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabrício João Milan, Universidade Federal de Santa Catarina

Licenciado em Educação Física pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó. Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Educação Física da Universidade Federal de Santa Catarina (Bolsista CNPq) e pesquisador no Laboratório de Pedagogia do Esporte (Nuppe/LAPE/UFSC).

William das Neves Salles, Universidade Federal de Santa Catarina

Licenciado e Bacharel em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mestre em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Catarina. Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Educação Física na Universidade Federal de Santa Catarina (Bolsista CAPES) e pesquisador no Laboratório de Pedagogia do Esporte (Nuppe/LAPE/UFSC).

Lilian Beatriz Schwinn Rodrigues, Universidade Comunitária da Região de Chapecó

Licenciada em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Mestre em Educação – Ensino e Formação de Professores pela UNICS. Graduação em Educação Física pela UFSM. Professora Titular na Universidade Comunitária da Região de Chapecó – UNOCHAPECÓ.

Referências

ALVES, Maria Luiza Tanure; DUARTE, Edison. A percepção dos alunos com deficiência sobre a sua inclusão nas aulas de Educação Física escolar: um estudo de caso. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 28, n. 2, p. 329-338, 2014. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/rbefe/article/view/84074/86907. Acesso em: 04 maio 2017.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BLOCK, Martin E. A teacher’s guide to including students with disabilities in general physical education. 3rd ed. Baltimore: Paul H. Brookes; 2007.

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional - LDB 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Diário Oficial da União, Brasília, 1996. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/arquivos/pdf/ldb.pdf. Acesso em: 05 maio 2017.

______. Decreto n. 186, de 09 de julho de 2008. Aprova o texto da convenção sobre os direitos das pessoas com deficiência e de seu protocolo facultativo. Diário Oficial da União, Brasília, 2008. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/congresso/DLG/DLG-186-2008.htm. Acesso em: 05 maio 2017.

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Resolução nº 2. Diário Oficial da União, Brasília, 2 de julho de 2015.

DENARI, Fátima. Um (novo) olhar sobre a formação do professor de educação especial: da segregação à inclusão. In: RODRIGUES, David (Org.). Inclusão e educação: doze olhares sobre a educação inclusiva. São Paulo: Summus, 2006. p. 35-36.

DE PAUW, Karen; DOLL-TEPPER, Gudrun. Toward progressive inclusion and acceptance: myth or reality? The inclusion debate and bandwagon discourse. Adapted Physical Activity Quarterly, v. 17, n. 2, p. 135-143, 2000. Disponível em: http://journals.humankinetics.com/doi/abs/10.1123/apaq.17.2.135. Acesso em: 01 maio 2017.

FACIOLA, Rosana Acef; PONTES, Fernando Augusto Ramos; SILVA, Simone Souza da Costa. Um estudo bioecológico das relações de amizade em sala de aula inclusiva.

Estudos e Pesquisas em Psicologia, Rio de Janeiro, n. 12, v. 1, p.76- 92, 2012. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/epp/v12n1/v12n1a05.pdf. Acesso em: 26 jul. 2017.

FALKENBACH, Atoz Prins; CHAVES, Fernando Edi; NUNES, Dileni Penna; NASCIMENTO, Vanessa Flores. A inclusão de crianças com necessidades especiais nas aulas de educação física na educação infantil. Movimento, Porto Alegre, v.13, n. 2, 2007. Disponível em: http://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/3544. Acesso em: 28 abr. 2017.

FERREIRA, Raquel Maria Lucas. Relatório de estágio pedagógico. 2014. 100 f. (Dissertação de Mestrado) - Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra, Coimbra, Coimbra, 2014.

FIORINI, Maria Luiza Salzani; BRACCIALLI, Lígia Maria Presumido; MANZINI, Eduardo José. Análise de dissertações e teses em educação e educação física sobre estratégias de ensino e recursos pedagógicos para inclusão do aluno com deficiência. Conexões, Campinas, v. 13, n. 2, p. 98-116, jun. 2015. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8640657/8202. Acesso em: 21 jul. 2017.

FREDERICKSON, Norah. Bullying or befriending? children´s responses to classmates

with special needs. British Journal of Special Education, London, v. 37, n. 1, p. 4-12,

GOODWIN, Donna L; WATKINSON, E. Jane. Inclusive physical education from the perspective of students with physical disabilities. Adapted Physical Activity Quarterly. v. 17, p. 144-163, 2000.

HUTZLER, Yeshayahu et al. Perspectives of children with disabilities on inclusion and empowerment: supporting and limiting factors. Adapted Physical Activity Quarterly, v. 19, n. 3, p. 300-317, 2002. Disponível em: http://journals.humankinetics.com/doi/abs/10.1123/apaq.19.3.300?journalCode=apaq. Acesso em: 01 maio 2017.

IMBERNÓN, Francisco. Formação docente e profissional: formar-se para a mudança e a incerteza. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2005.

KASSAR, Mônica de Carvalho Magalhães. Matrículas de crianças com necessidades educacionais especiais na rede de ensino regular: do que e de quem se fala? In: GÓES, Maria Cecília Rafael de; LAPLANE, Adriana Lia Friszman de. Políticas e práticas de educação inclusiva. Campinas: Autores Associados, 2005. p. 49-68.

LEONARDO, Nilza Sanches Tessaro. Inclusão escolar: um estudo acerca da implantação da proposta em escolas públicas. Revista Semestral da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE), v. 12, n. 2, p. 431-440. 2008. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/pee/v12n2/v12n2a14.pdf. Acesso em: 26 jul. 2017.

MANTOAN, Maria Teresa Égler. Inclusão escolar: o que é? por quê? como fazer? São Paulo: Moderna, 2003.

MARQUES, Urbano Moreno; CASTRO, José Alberto Moura; SILVA, Maria Adília. Actividade física adaptada: uma visão crítica. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto, v. 1, n. 1, p. 73-79, 2001. Disponível em: http://www.fade.up.pt/rpcd/_arquivo/artigos_soltos/vol.1_nr.1/10.pdf. Acesso em: 02 mai. 2017.

MELO, Ana Claudia Raposo de; MARTINEZ, Abertina Mitjans; LUNARDI, Claudia Cruz. Inclusão nas aulas de educação física: Opinião dos familiares. Conexões, Campinas, v. 11, n. 4, p. 125-146, dez. 2013. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8637595/5286. Acesso em: 21 jul. 2017.

MINAYO, Maria Cecília Souza. (Org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis: Vozes, 2001.

MOREIRA, Maria de Fátima Lopes da Silva. Aceitação de alunos com NEE pela turma. 2014. 116 f. Dissertação (Mestrado) - Instituto Superior de Educação e Ciências, Lisboa, 2014.

MUNSTER, Mey de Abreu van. Inclusão de estudantes com deficiência em programas de educação física: adaptações curriculares e metodológicas. Revista da Sobama, Marília, v. 14, n. 2, p. 27-34, 2013. Disponível em: http://www2.marilia.unesp.br/revistas/index.php/sobama/article/view/3612. Acesso em: 03 maio 2017.

OLIVEIRA, Ana Flávia Teodoro Mendonça; ARAUJO, Clarissa Martins. A formação de professores para a educação inclusiva: um olhar sobre os saberes docentes do professor-formador. In: REUNIÃO ANUAL DA ANPEd, 35., Porto de Galinhas, 2012. Educação, cultura, pesquisa e projetos de desenvolvimento: o Brasil do século XXI. Porto de Galinhas, 2012. v. 1. Disponível em: http://35reuniao.anped.org.br/images/stories/trabalhos/GT08%20Trabalhos/GT08-2263_int.pdf. Acesso em: 05 maio 2017.

PIMENTA, Selma Garrido; LIMA, Maria Socorro Lucena. Estágio e docência. São Paulo: Cortez, 2004.

RIBEIRO, Sônia Maria. O esporte adaptado e a inclusão de alunos com deficiências nas aulas de educação física. 2009. 169 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Metodista de Piracicaba, Piracicaba, 2009.

RODRIGUES, David. A Educação Física perante a educação inclusiva: reflexões conceptuais e metodológicas. Revista da Educação Física/UEM, Maringá, v. 14, n. 1, p. 67-73, 1. sem. 2003. Dísponível em: http://eduem.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/3649/2515. Acesso: 02 maio 2017.

SALLES, William das Neves; ARAUJO, Dorival; FERNANDES, Luciano Lazzaris. Inclusão de alunos com deficiência na escola: percepção de professores de educação física. Conexões, Campinas, v. 13, n. 4, p. 1-21, dez. 2015. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8643430/10934. Acesso em: 21 jul. 2017.

SILVA, Flávia Natália Ramos da; VOLPINI, Maria Neli. Inclusão escolar de alunos com deficiência física: conquistas e desafios. Cadernos de Educação: ensino e sociedade, Bebedouro, v. 1, n. 1, p. 8-29, 2014. Disponível em: http://www.unifafibe.com.br/revistasonline/arquivos/cadernodeeducacao/sumario/31/04042014073755.pdf. Acesso em: 29 abr. 2017.

SPENCER-CAVALIERE, Nancy; WATKINSON, E. Jane. Inclusion understood from the perspectives of children with disability. Adapted Physical Activity Quarterly, v. 27, v. 4, p. 275-293, 2010. Disponível em: http://www.fitnessforlife.org/AcuCustom/Sitename/Documents/DocumentItem/01_Spencer%20APAQ_2010_0020_275-293.pdf. Acesso em: 01 maio 2017.

SOUZA, Calixto Souza Junior de. Entre o adaptar e o incluir: uma abordagem interdisciplinar da disciplina de educação física adaptada. Revista da Sobama, Marília, v. 15, n. 1, p. 31-34, 2014. Disponível em: http://www2.marilia.unesp.br/revistas/index.php/sobama/article/view/3800/2840. Acesso em: 29 abr. 2017.

STAINBACK, William; STAINBACK, Susan. Colaboração, rede de apoio e construção de comunidade. In: ______. (Org.). Inclusão: um guia para educadores. Porto Alegre: Artes Médicas; 1999.

VITALIANO, Célia Regina; MANZINI, Eduardo José. A formação inicial de professores para inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais. In: VITALIANO, Célia Regina. (Org.). Formação de professores para a inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais. Londrina: Eduel, 2010. p. 50-112.

TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo Silva. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.

UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ. Projeto político curricular do curso de educação física. Chapecó, 2009.

Downloads

Publicado

2018-03-30

Como Citar

MILAN, F. J.; SALLES, W. das N.; RODRIGUES, L. B. S. Educação física adaptada como perspectiva de inclusão: a percepção de escolares na educação física escolar. Conexões, Campinas, SP, v. 15, n. 4, p. 432–451, 2018. DOI: 10.20396/conex.v15i4.8649675. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8649675. Acesso em: 5 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigo Original

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)