Banner Portal
Entre a técnica e ação pedagógica em GPT
PDF

Palavras-chave

GPT
Universidade
Formação
Inclusão

Como Citar

OLIVEIRA, Michelle Ferreira de; GOMES, Lohany Cristina do Nascimento; DE SOUZA, Lidia Acyole; VIANEY, Nayara Lima; IWAMOTO, Thiago Camargo. Entre a técnica e ação pedagógica em GPT: elementos para reflexão acerca da construção de uma proposta de GPT a partir da experiência de um grupo universitário em Goiás. Conexões, Campinas, SP, v. 15, n. 4, p. 465–485, 2017. DOI: 10.20396/conex.v15i4.8652119. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8652119. Acesso em: 18 maio. 2024.

Resumo

O presente texto tem como objetivo apresentar as experiências e os desdobramentos de um grupo universitário de Ginástica para Todos existentes desde o ano de 2010 na Universidade Estadual de Goiás, denominado Cignus. Tal grupo tem delineado sua construção e ação pedagógica através da prática de Ginástica Para Todos e a partir da práxis propomos a reflexão entre o processo de formação, a técnica e a ação pedagógica em GPT. A temática se tornou relevante na medida em que inquietações foram se tornando ponto de pauta para debate: seria a técnica a questão mais importante na formação para a GPT? Estariam os processos excludentes afastando a possibilidade de uma ginástica prazerosa e praticável em espaços escolares? Essas duas questões se interligaram e propiciaram dois momentos reflexivos, a saber: a primeira, uma pesquisa de campo com professores da rede Estadual para compreender a ausência da Ginástica nas escolas no atual contexto e a segunda, a sistematização das reflexões acerca das ações realizadas via projeto de extensão e a compreensão de uma proposta que não prioriza apenas a técnica, embora utilize-a como uma base metodológica. Como procedimentos metodológicos foram realizadas: organização documental, revisão bibliográfica e pesquisa de campo. Como resultado, compreendemos a GPT como conteúdo potencial para a Educação Física Escolar, para o processo de formação docente, para a reinserção e resignificação da Ginástica no Estado de Goiás.

https://doi.org/10.20396/conex.v15i4.8652119
PDF

Referências

AMBROSIO, Margareth P.; AMBROSIO, Marcus Vinicius B. Ginástica para Todos uma manifestação sociocultural. 2011. Disponível em: https://unigym.files.wordpress.com/2011/05/ginc3a1stica-para-todos2.pdf. Acesso em: 20 nov. 2015.

AYOUB, Eliana. A ginástica geral na sociedade contemporânea: perspectivas para a educação física escolar. 1998. Tese (Doutorado em Educação Física) - Faculdade de Educação Física) - Universidade Estadual de Campinas, 1998.

_____. Ginástica geral e educação física escolar. 2. ed. – Campinas: Ed. da Unicamp, 2007.

BERTOLINI, Claudia Maria. Ginástica Geral na escola: uma proposta pedagógica desenvolvida na rede estadual de ensino. 2005. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2005. Disponível em: http:// www.efdeportes.com/efd116/a-ginastica-geral-na-educacao-fisica-escolar.htm. Acesso em: 15 maio 2008.

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Educação Física. Brasília, 1997.

DUARTE, Leonardo de Carvalho; LUNA, Christiane Freitas. Ensino de Ginástica em escolas da Rede pública de ensino do município de Jequié. Campinas: Unicamp, 2010.

GALLAHUE, David L.; OZMUN, John C.; GOODWAY, Jackie D. Compreendendo o desenvolvimento motor: bebês, crianças, adolescentes e adultos. 7. ed. Porto Alegre: AMGH, 2013.

GHIRALDELLI JUNIOR, Paulo. Educação física progressista: a pedagogia crítico-social dos conteúdos e a educação física brasileira. São Paulo: Loyola, 1991.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 1999.

HERMIDA, J. F. (Org.). Educação física: conhecimento e saber escolar. João Pessoa: Ed. da UFPB, 2009.

KUNZ, Elenor (Org.). Educação física crítico-emancipatória: com uma perspectiva da pedagogia alemã do esporte. Ijuí: Ed. da Unijuí, 2006.

MAUSS, Marcel. Sociologia e antropologia. São Paulo: Cozac & Naify, 2004.

MENEZES, Luciana. Ginástica para Todos: história. Disponível em: http://www.ginasticario.com.br/modalidades/ginastica-para-todos/historia.php. Acesso em: 22 nov. 2015.

NASCIMENTO, B. B.; GARCES, S. B. B. Educação Física ou rola bola? A percepção da comunidade escolar sobre as aulas de Educação Física. EFDeportes.com: revista digital, Buenos Aires, año 17, n. 178, mar. 2013. Disponível em: http://www.efdeportes.com/efd178/educacao-fisica-ou-rola-bola.htm. Acesso em: 26 nov. 2015.

PAOLIELLO, Elizabeth (Org.). Ginástica geral: experiências e reflexões. São Paulo: Phorte, 2008.

_____. O universo da ginástica. Campinas: FEF/UNICAMP, 2011.

PEREZ GALLARDO, Jorge Sergio. A Educação Física Escolar e a Ginástica Geral com sentido pedagógico. In: PAOLIELLO, Elizabeth (Org.). Ginástica geral: experiências e reflexões. São Paulo: Phorte, 2008.

______.; SOUZA, Elisabeth Paoliello M. Ginástica geral: duas visões de um fenômeno. In: AYOUB, Eliana. (Org.). Coletânea: textos e sínteses do I e II Encontro de Ginástica Geral. Campinas: UNICAMP, 1997. p. 33-38.

PIRES, Marília F. C. Educação e materialismo histórico dialético. Interface, Comunicação, Saúde, Educação, v. 1, n. 1, 1997.

SANTOS, J. C. E et al. Ginástica. In: DACOSTA, Lamartine (Org.). Atlas do Esporte no Brasil. Rio de Janeiro: CONFEF, 2006.

SOARES, Carmen Lúcia. Imagens da educação no corpo. Campinas: Autores Associados, 1998.

______. et al. Metodologia do ensino de educação física. São Paulo: Cortez, 1992.

TOLEDO, Eliana de; AYOUB, Eliana, PAOLIELLO (Org.). In: FÓRUM INTERNACIONAL DE GINÁSTICA GERAL, 5. Campinas, 2010. Anais ... Campinas: FEF/UNICAMP, 2010.

TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo Silva. Introdução à pesquisa em ciências sociais. São Paulo, Atlas, 1987. p. 175.

O periódico Conexões: Educação Física, Esporte e Saúde utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.