Praxiologia Motriz e as dimensões de conhecimento da BNCC

primeiras aproximações

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/conex.v18i0.8658968

Palavras-chave:

Educação física, BNCC, Praxiologia Motriz, Dimensões de conhecimento, Lógica interna

Resumo

Objetivo: Este artigo tem como objetivo apresentar a Praxiologia Motriz como conhecimento científico capaz de contribuir para estimular o desenvolvimento das dimensões de conhecimento da EF contidas na BNCC. Procedimentos metodológicos: O estudo caracteriza-se como qualitativo e foi realizado a partir de uma pesquisa teórica, considerando conceitos da Praxiologia Motriz como instrumentos para análise. Resultados e discussão: A BNCC aponta oito dimensões de conhecimento que devem ser garantidas aos educandos ao longo do percurso escolar, visando desenvolver uma formação integral do indivíduo. Para tanto, sistematizou-se uma relação entre as dimensões de conhecimento, trazidas na BNCC, com os elementos da Praxiologia Motriz, mais precisamente inerentes à lógica interna. Assim, apresentou-se possibilidades de apreensão dos conhecimentos praxiológicos como forma de embasar a prática pedagógica do professor, de modo que ele tenha maiores ferramentas para alcançar as dimensões de conhecimento que deseja desenvolver. Os conceitos da Praxiologia Motriz possibilitaram que as seguintes dimensões do conhecimento fossem aprofundadas: experimentação, uso e apropriação, fruição, reflexão sobre a ação e análise. Considerações Finais: Conclui-se que os conhecimentos elaborados pela Praxiologia Motriz possibilitam uma concreta organização e sistematização didática para o ensino e aprendizagem das práticas corporais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lidiane Soares Bordinhão, Universidade Federal de Santa Maria

Mestrado em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Maria. Especialização em Educação Física Escolar na Universidade Federal de Santa Maria. Professora de Educação Física no Município de Chapecó (SC).

Bruno Minuzzi Lanes, Universidade Federal de Santa Maria

Mestrado em Educação Física pelo Programa de pós graduação em Educação Física na Universidade Federal de Santa Maria. Pesquisador do Grupo de Estudos Praxiológicos da Universidade Federal de Santa Maria (GEP-Brasil).

Silvester Franchi, Universidade do Oeste de Santa Catarina

Mestrado em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Maria. Docente do Curso de Educação Física Universidade do Oeste de Santa Catarina. Tutor Presencial na Universidade Norte do Paraná, Campus Chapecó. Professor na Rede Municipal de Chapecó.

William Daniel Bitencourt, Universidade Federal de Santa Maria

Mestrado em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Maria. Professor da Rede Municipal de Chapecó.

Referências

BITENCOURT, William Daniel. O ensino do futsal: uma proposta a luz da Praxiologia Motriz e dos Jogos Condicionados. 2019. 90 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2019.

BORDINHÃO, Lidiane Soares. O método pilates sobre a ótica da Praxiologia Motriz. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2018.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, MEC, 2018.

BRASIL. [Constituição (1988)]. Constituição da república federativa do Brasil. Brasília, Senado, 1988.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação. Brasília, DF, 1996.

BRASIL. Plano Nacional de Educação. Brasília, DF, 2014.

DEMO, Pedro. Pesquisa e construção de conhecimento: metodologia científica no caminho de Habermas. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2009.

FAGUNDES, Felipe Menezes. O modelo Teaching Games for Understanding e a Praxiologia Motriz: Sistematização do ensino para a compreensão da lógica interna do Voleibol. 2019. 135 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2019.

FOLLMANN, Natiele. A sistematização da lógica interna do Futsal a partir da Praxiologia Motriz. 2019. 94 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) –Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2019.

FRANCHI, Silvester. Princípios didático-metodológicos para o trabalho pedagógico com Jogos Tradicionais. 2017. 86 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2017.

LAGARDERA, Francisco; LAVEGA, Pere. Introducción a la Praxiología Motriz. Barcelona: Paidotribo, 2003.

LANES, Bruno Minuzzi. Ensino-aprendizagem-treinamento do Voleibol: proposições a partir da Praxiologia Motriz e o Método Situacional. 2018. 169 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2018.

LUDKE, Menga; ANDRÉ, Marli Eda. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. Em Aberto, v. 5, n. 31, 2011.

MARQUES FILHO, Cesar Vieira. A estruturação do Futebol e seus elementos pedagógicos: uma visão a partir da Praxiologia Motriz. 2017. 78 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2017.

MORENO, José Hernández; RODRÍGUEZ RIBAS, Juan Pedro; NÚÑES, Ulises S. Castro. De cómo separar los elementos de la lógica interna y de la lógica externa. Acción Motriz, Las Palmas de Gran Canária, n.1. 2008.

OLIVEIRA, Raquel Valente de. Elementos para a leitura de jogo no levantamento a partir da Praxiologia Motriz: a linguagem corporal dos jogadores de voleibol. 2019. 169 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2019.

PARLEBAS, Pierre. Juegos, deporte y sociedad: léxico de Praxiología Motriz. Barcelona: Paidotribo, 2001.

RIBAS, João Francisco Magno. Contribuições da Praxiologia Motriz para a educação física escolar – Ensino Fundamental. 2002. 226 f. Tese (Doutorado em Educação Física)- Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2002.

RIBAS, João Francisco Magno; LANES, Bruno Minuzzi; FAGUNDES, Felipe Menezes; BORDINHÃO, Lidiane Soares, FOLLMANN, Natiele; OLIVEIRA, Raquel Valente de; BITENCOURT, William Daniel. Aproximações da praxiologia motriz com o conceito de organização interna na Base Nacional Comum Curricular-Educação Física. Pensar a Prática, Goiânia, v. 22, p. 1-12, out. 2019.

RIBAS, João Francisco Magno. Praxiologia Motriz e Voleibol: Elementos para o Trabalho Pedagógico. Ijuí: Unijuí, 2014.

RIBAS, João Francisco Magno. Praxiologia Motriz na América Latina: aportes para a didática na Educação Física. Ijuí: Editora Unijuí, 2017.

RIBAS, João Francisco Magno. Praxiologia Motriz: instrumentalizando a prática pedagógica para o ensino dos esportes coletivos. Motriz, Rio Claro, v. 16 n. 1 p. 240-250, jan./mar. 2010.

RIBAS, João Francisco Magno. Praxiologia Motriz: construção de um novo olhar dos jogos e esportes na escola. Motriz, Rio Claro, v. 11 n. 2 p. 113-120, mai./ago. 2005.

SILVA, Sabrine Damian da. Jogos Tradicionais organizados no estado do Rio Grande do Sul: uma aproximação etnomotriz. 2015. 185 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2015.

SOUZA, Dainan Lanes de. Educação Física na área das linguagens. 2018. 76 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2018.

Downloads

Publicado

2020-09-22

Como Citar

Bordinhão, L. S., Lanes, B. M., Franchi, S. ., & Bitencourt, W. D. . (2020). Praxiologia Motriz e as dimensões de conhecimento da BNCC: primeiras aproximações. Conexões, 18, e020012. https://doi.org/10.20396/conex.v18i0.8658968

Edição

Seção

Dossiê Praxiologia Motriz - contribuições para a Educação Física

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)