Banner Portal
O Programa Residência Pedagógica (2022/2023) sob a percepção de egressos(as) do curso de licenciatura em Educação Física de uma universidade sul-mineira
capa 2023 com foto das primeiras edições da revista impressas
PDF

Palavras-chave

Formação inicial do professor
Programa Residência Pedagógica
Educação física

Como Citar

CARNEIRO, Kleber Tuxen; REIS, Fábio Pinto Gonçalves dos; RIBEIRO, Jean Carlos Batista. O Programa Residência Pedagógica (2022/2023) sob a percepção de egressos(as) do curso de licenciatura em Educação Física de uma universidade sul-mineira: implicações e dilemas formativos. Conexões, Campinas, SP, v. 21, n. 00, p. e023018, 2023. DOI: 10.20396/conex.v21i00.8674659. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8674659. Acesso em: 26 maio. 2024.

Dados de financiamento

Resumo

Objetivo: cotejar a percepção de concluintes do curso (licenciatura) em Educação Física em relação à participação no Programa Residência Pedagógica (edição 2022/2023) em uma universidade federal sul-mineira, de modo a verificar suas implicações para formação inicial e constituição da carreira professoral. Metodologia: Trata-se de uma pesquisa de natureza qualitativa, com enfoque narrativo. Contou com a participação de quatro residentes. Em termos analíticos para perscrutação dos dados, empregou-se a triangulação enquanto método. Resultados e discussão: Como resultado desse caminho heurístico formulou-se três categorias, quais sejam: a primeira (1ª) diz respeito aos dados pessoais e a trajetória formativa dos(as) pesquisados(as), com ênfase na formação inicial; enquanto a segunda (2ª) traduz as experiências formativas oriundas da participação em programas para formação de professores, especificamente o Programa Residência Pedagógica (subprojeto Educação Física); e por último, a terceira (3) averiguou os contributos do aludido programa quanto aos aspectos epistemológicos e didáticos à formação docente em Educação Física. Conclusão: Em linhas gerais, constatamos contribuições significativas em diferentes esferas da formação, com destaque à compleição de uma identidade professoral mais consolidada em decorrência da experiência, em que pese o açodamento temporal da participação salientado pela maioria dos(as) aspirantes à docência, considerando o fato do programa contemplar apenas a segunda metade dos cursos de licenciaturas.

https://doi.org/10.20396/conex.v21i00.8674659
PDF

Referências

APPLE, Michael. Ensino e trabalho feminino: uma análise comparativa da história e ideologia. Tradução de Tina Amado. Cadernos de Pesquisa, São Paulo: FCC, n. 64, p. 14-23, fev.1988. Disponível em: https://publicacoes.fcc.org.br/cp/article/view/1180/1185. Acesso em: 17 jul. 2023.

ARROYO, Miguel Gonzalez. Ofício de mestre: imagens e autoimagens. Petrópolis, RJ: Vozes, 2000.

BENITES, Larissa Cerignoni; NETO, Samuel de Souza; HUNGER, Dagmar Aparecida Cynthia França. O Processo de Constituição Histórica das Diretrizes Curriculares na Formação de Professores de Educação Física. Educação e Pesquisa. Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, v. 34, n. 2, p. 343-360, 2008. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ep/a/mXh465f7ZRRhRT4MG4tM57d/?format=pdf. Acesso em: 17 jul. 2023.

BETTI, Mauro. Educação física escolar: ensino e pesquisa-ação. 2. ed. Ijuí, RS: Unijí. 2013.

BONI, Valdete; QUARESMA, Sílvia Jurema. Aprendendo a entrevistar: como fazer entrevista em Ciências Sociais. Em Tese - Revista Eletrônica dos Pós-Graduandos em Sociologia Política da UFSC. v. 2, n. 3, p. 68-80, jan./jun. 2005. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/emtese/article/view/18027/16976. Acesso em: 17 jul. 2023.

BRACHT, Valter. Educação física no 1º grau: conhecimento e especificidade. Revista Paulista de Educação Física, São Paulo, supl. 2, p. 23-28, 1996. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rpef/article/view/139640/134934. Acesso em: 17 jul. 2023.

CHIZZOTTI, Antonio. A Pesquisa Qualitativa em Ciências Humanas e Sociais: Evolução e Desafios. Revista Portuguesa de Educação, v. 16, n. 2, p. 221-236, 2003. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/374/37416210.pdf. Acesso em: 17 jul. 2023.

CARNEIRO, Kleber Tüxen; ASSIS, Eliasaf Rodrigues; BRONZATTO, Maurício. Da necessidade à negação: a percepção da crise epistemológica na Educação Física a partir da compreensão docente. Rev. Bras. Ci. e Mov., n. 24, v. 4, p. 129-142, 2016. Disponível em: https://cev.org.br/media/biblioteca/4042198.pdf. Acesso em: 17 jul. 2023.

CARNEIRO, Kleber Tüxen; SILVA, Bruno Adriano Rodrigues da; REIS, Fábio Pinto Gonçalves dos. As implicações do Programa de Residência Pedagógica para formação docente: das narrativas à (re)elaboração do trabalho pedagógico no ensino da Educação Física. Educação, v. 46, n. 1, p. e58/ 1–33, 2021. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao/article/view/42561/pdf. Acesso em: 17 jul. 2023.

CARNEIRO, Kleber Tüxen; SILVA, Bruno Adriano Rodrigues da; REIS, Fábio Pinto Gonçalves dos. Experiências formativas advindas do programa residência pedagógica em uma universidade federal mineira. Revista Profissão Docente, v. 22, n. 47, p. 01–25, 2022. Disponível em: https://revistas.uniube.br/index.php/rpd/article/view/1439/1568. Acesso em: 17 jul. 2023.

COSTA, António Firmino. Desigualdades sociais e pandemia. In: CARMO, Renato; TAVARES, Inês; CÂNDIDO, Ana Filipa (Org.). Um olhar sociológico sobre a crise da COVID-19 em livro. Lisboa: Observatório das Desigualdades, 2020, p. 4-16.

CRESWELL, John Ward. Mapping the field of mixed methods research. Journal of Mixed Methods Research, v. 3, n. 2, 95-108, 2009. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/epdf/10.1177/1558689808330883. Acesso em: 17 jul. 2023.

DARIDO, Suraya Cristina. Diferentes concepções sobre o papel da educação física na escola. In: DARIDO, Suraya Cristina (Org.). Cadernos de Formação: conteúdos e didática de Educação Física. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2012, v. 1, p. 34-50. Disponível em: https://acervodigital.unesp.br/bitstream/123456789/41548/1/01d19t02.pdf. Acesso em: 17 jul. 2023.

DEMO, Pedro. Professor do futuro e reconstrução do conhecimento. Petrópolis: Vozes, 2007.

DINIZ-PEREIRA, Júlio Emílio. O ovo ou a galinha: a crise da profissão docente e a aparente falta de perspectiva para a educação brasileira. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, v. 92, n. 230, p. 34-51, jan./abr. 2011. Disponível em: http://educa.fcc.org.br/pdf/rbep/v92n230/v92n230a03.pdf. Acesso em: 17 jul. 2023.

FERREIRA, Maria Angélica Martins; CARNEIRO, Kleber Tüxen. A (im)pertinência da avaliação da aprendizagem no processo de escolarização docente: entre o não mais e o ainda não. Devir Educação, v. 7, n. 1, e–708, 2023. Disponível em: http://devireducacao.ded.ufla.br/index.php/DEVIR/article/view/708/488. Acesso em: 17 jul. 2023.

FLORES, Maria Assunção. Algumas Reflexões em Torno da Formação Inicial de Professores. Educação, v. 33, n. 3, 19 dez. 2010. Disponível em: https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/8074/5715. Acesso em: 17 jul. 2023.

FRANCO, Maria Amélia Santoro. Didática: uma esperança para as dificuldades pedagógicas do Ensino superior? Práxis Educacional, v. 9, n. 15, 2013. Disponível em: https://professor.pucgoias.edu.br/SiteDocente/admin/arquivosUpload/5146/material/Didatica%20M.%20Amelia.pdf. Acesso em: 17 jul. 2023.

FRIGOTTO, Gaudêncio. Tecnologia, relações sociais e educação. Revista Tempo Brasileiro. Rio de Janeiro. Abril. Nº 222. p. 89, maio 1991.

GATTI, Bernardete Angelina et al. Quem são os atuais estudantes de licenciatura? In: GATTI, Bernardete Angelina et al. Professores do Brasil: novos cenários de formação. Brasília: Unesco, p. 141-175, 2019.

GILBERTO GIL. Tempo Rei. (Canção). Raça Humana (LP) Estúdio da Tuff Gong, Kingston, Jamaica; Estúdios Record Plant, Nova Iorque, Estados Unidos e Estúdios Nas nuvens, Rio de Janeiro, Brasil, 1984.

GOMES, Romeu et al., Organização, processamento, análise e interpretação de dados: o desafio da triangulação. In: MINAYO, Maria Cecília de Souza; ASSIS, Simone Gonçalves de; SOUZA, Edinilsa Ramos de (Org.). Avaliação por triangulação de métodos: Abordagem de Programas Sociais. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2010. p. 185-221.

HUBERMAN, Michael. O ciclo de vida profissional dos professores. In: NÓVOA, Antonio (Org). Vidas de professores. 2. ed. Porto: Porto, 2000.

KIMURA, Patrícia Rodrigues de Oliveira et al. Caminhos da formação e profissionalização docente no Brasil: desafios e perspectivas na contemporaneidade. Revista Reflexão e Ação, Santa Cruz do Sul, v. 20, n. 1, p. 9-23, jan./jun. 2012. Disponível em: https://online.unisc.br/seer/index.php/reflex/article/view/2547. Acesso em: 17 jul. 2023.

LAMPERT, Magdalene; BALL, Deborah Loewenberg. Teaching, multimedia, and mathematics. Journal of Mathematics Teacher Education, v. 2, n. 3, p. 311-319, 1999

LORTIE, Dan. School-teacher: A sociological study. Chicago: University of Chicago Press, 1975.

LOUGHRAN, John. Developing pedagogy of teacher education: Understanding teaching and learning about teaching. London: Routledge, 2006.

LÜDKE, Hermengarda Alves Ludke Menga; ANDRÉ, Marli. Pesquisa em Educação: Abordagens Qualitativas. São Paulo: EPU, 1986.

MARCELO, Carlos. Desenvolvimento profissional docente: passado e futuro. Revista de Ciências da Educação, n. 8, p. 7-22, jan./abr. 2009a. Disponível em: https://unitau.br/files/arquivos/category_1/MARCELO___Desenvolvimento_Profissional_Docente_passado_e_futuro_1386180263.pdf. Acesso em: 17 jul. 2023.

MARCELO, Carlos. A identidade docente: constantes e desafios. Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, v. 1, n. 1, p. 109-131, 9 maio 2009b. Disponível em: http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/setembro2013/quimica_artigos/a_ident_docent_constant_desaf.pdf. Acesso em: 17 jul. 2023.

MEIRIEU, Philippe. O cotidiano da escola e da sala de aula. Porto Alegre: Artmed, 2005.

NEIRA, Marcos Garcia; NUNES, Mário Luiz Ferrari. Educação Física, Currículo e Cultura. São Paulo: Phorte, 2009.

NISTA-PICCOLO, Vilma; OLIVEIRA, Alessandra Monteiro; SOBREIRA, Vickele. Formação e a atuação do professor de educação física escolar: um estudo no estado de São Paulo. Quaestio - Revista de Estudos em Educação, Sorocaba, SP, v. 18, n. 1, 2016. Disponível em: https://periodicos.uniso.br/quaestio/article/view/2574/2172. Acesso em: 17 jul. 2023.

NÓVOA, António. Os professores e as histórias de sua vida. In: NOVOA, Antonio (Org.). Vidas de professores. Porto, Portugal: Porto Editora, 2000, p. 11-30.

PIMENTA, Selma Garrido. Professor: formação, identidade e trabalho docente. In: PIMENTA, Selma Garrido (Org.). Saberes pedagógicos e atividade docente. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2000. p. 15-35.

PIMENTA, Selma Garrido. O estágio na formação de professores: unidade teoria e prática? 8. ed. São Paulo: Cortez, 2009.

REZER, Ricardo; NASCIMENTO, Juarez Vieira do; Fensterseifer, Paulo Evaldo. Um diálogo com diferentes “formas-de-ser” da educação física contemporânea – duas teses (não) conclusivas... Pensar a prática, v. 14, n. 2, p. 1-14, maio/ago. 2011. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/9794/9554. Acesso em: 17 jul. 2023.

SAMPIERI, Roberto Hernández; COLLADO, Carlos Fernández, LUCIO, Maria del Pilar Baptista. Metodologia de Pesquisa. Porto Alegre: Penso, 2013.

SOARES, Carmen Lúcia. Educação Física Escolar: conhecimento e especificidade. Revista Paulista de Educação Física. São Paulo, supl.2, p.6-12, 1996. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rpef/article/view/139637/134931. Acesso em: 17 jul. 2023.

SHULMAN, Lee. El saber y entender de la profesión docente. Estudios Públicos, Chile, n. 99, p. 195-224, jun. 2005. Disponível em: https://www.estudiospublicos.cl/index.php/cep/article/view/621/3317. Acesso em: 17 jul. 2023.

TARDIF, Maurice. Saberes profissionais dos professores e conhecimento universitário. Revista Brasileira de Educação, n. 13, 2000.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis, Rio de Janeiro: Editora Vozes, 2002.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Conexões

Downloads

Não há dados estatísticos.