A imigração italiana na cidade de Sorocaba e a experiência escolar no final do século XIX e início do século XX

Autores

  • Jefferson Carriello do Carmo Universidade de Sorocaba - UNISO
  • Wilson Sandano Universidade de Sorocaba - UNISO

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v9i33.8639557

Palavras-chave:

Sorocaba. Movimento anarquista. Educação escolar. Escola Moderna. Imigração Italiana

Resumo

Este trabalho trata da imigração italiana em Sorocaba, nos últimos anos do século XIX enos anos iniciais do século XX, e sua relação com a educação escolar em Sorocaba. Apesquisa, além da bibliográfica, foi realizada através da consulta de documentos e jornaisda época. No período estudado estava ocorrendo, em Sorocaba, o início daindustrialização, o aumento da imigração e o crescimento da população urbana, sem oaumento dos benefícios sociais. O trabalho procura mostrar a influência da imigraçãoitaliana no desenvolvimento da cidade, bem como a luta pela criação de escolas para acolônia e, também, para brasileiros. Em particular, mostra a criação da escola moderna nacidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jefferson Carriello do Carmo, Universidade de Sorocaba - UNISO

Professor Titular da Universidade de Sorocaba - UNISO.

Wilson Sandano, Universidade de Sorocaba - UNISO

Professor titular da Universidade de Sorocaba e Membro de corpo editorial do Quaestio (UNISO).

Referências

ARAÚJO NETO, Adalberto Coutinho de. Sorocaba operária: ensaio sobre o inicio do movimento operário em Sorocaba 1897-1920. Sorocaba, SP: LINC, 2005.

BADDINI, Cássia Maria. Sorocaba no império: comércio de animais e desenvolvimento urbano. São Paulo: Annablume – Fapesp, 2002.

BAKUNIN, Mikhail. A instrução integral. São Paulo: Imaginário, 2003.

BATALHA, Claudio H. M. A difusão do marxismo e os socialistas brasileiros na virada do século XIX. In: MORAES, João Quartim de. ( Org.) Historia do Marxismo no Brasil. Vol. II. Os influxos teóricos. Campinas, SP: Editora UNICAMP, 1995.

BIONDI, Luigi. Anarquistas italianos em São Paulo. O grupo do jornal anarquista La Battaglia e a sua visão da sociedade brasileira: o embate entre imaginários libertários etnocêntricos. Cadernos AEL, Anarquismo e Anarquistas, n.8/9, 1998.

BONADIO, Geraldo. Sorocaba: a cidade industrial (espaço urbano e vida social sob o impacto da atividade fabril). Sorocaba, SP: Geraldo Bonadio, 2004.

BONADIO, Geraldo. O partido democrata-social e o jornal “A conquista do bem, 1897”. Sorocaba, SP: Academia Sorocabana de Letras, 1992.

BRESS, P.; CEREJA, F. ; GARIGLIO, B. (Orgs.) Politica e instituzioni in Italia dall`unità fascismo. Torino: IL Segnalibre, 1989.

CANABRAVA, Alice P. O algodão em São Paulo: 1861-1875. 2.ed. São Paulo: T. A. Queiroz, 1984

CARMO, Jefferson Carriello do. O jornal `O Operário ́ e as relações de trabalho na gênese da industria têxtil na cidade de Sorocaba. SAECULUM, Revista de História. João Pessoa, PB, n. 16, p. 119-127, jan/jun, 2007.

CARMO, Jefferson Carriello do. A fábrica Têxtil em Sorocaba, imprensa operária e educação nos anos de 1889-1914. Revista do Centro de Educação e Letras Campus de Foz do Iguaçu. UNIOESTE: Campus Foz do Iguaçu. V. 8, n. 9, p. 23-37, 2006.

CARMO, Jefferson Carriello do; RICCI, Jamer. Indústria em Sorocaba no tempo dos visionários. Cadernos de História. Sorocaba/SP: Uniso, v. 1, no 1, p. 49-53, 2005.

CAVALHEIRO, Carlos Carvalho. Salvadora! Sorocaba SP: LINC, 2001.

CENNI, Franco. Italianos no Brasil. São Paulo: Livraria Martins Editora, S/d.

DOLLÉANS, Édouard. Storia del movimento operaio 1830-1871. Vol. 1. Firenze: Nuova Biblioteca, 1977.

DOMMANGET, Maurice. Os grandes socialistas e a educação de Platão a Lenin. Portugal: Europa-Amárica, 1974.

FAUSTO, Boris. Trabalho urbano e conflito social. São Paulo: Difel, 1976.

GALLI, Giorgio. I partiti politici in Itália 1861-1943. Torino: UTT libreria, 1998

GHIRALDELLI, Jr Paulo. Educação e movimento operário. São Paulo: Cortez: Autores Associados, 1987.

GOBETT, Piero. La rivoluzione Liberale: sagio sulla lotta política in Italia. Torino: Einaudi, 1995.

IRMÃO, Aleixo José. A perseverança III e Sorocaba: da fundação à proclamação da república. Sorocaba, SP: Fundação Ubaldino do Amaral, 1999.

JOMINI, Regina Celia Mazoni. Uma educação para a solidariedade: contribuição ao estudo das concepções e realizações educacionais dos anarquistas na Republica Velha. Campinas, SP: Pontes, 1990.

LUIZZETTO, Flávio. Utopias anarquistas. São Paulo: Brasiliense, 1987.

MARTINS, José de Souza. O cativeiro de terra. 2. ed. São Paulo: LECH, 1981

MORIYÓN, F. G.. Educação libertária. Porto Alegre: Artes Médicas, 1989

PINHEIRO, Paulo Sérgio; HALL, Michael M. A classe operária no Brasil, 1989-1930. São Paulo: Alfa-Omega, 1979.

RAYNAUD, J. M..; AMBAUVES, G.. L’education Libertaire. Paris: Spartacus, 1978

RIBEIRO, Maria Rosa Alice. Condições de trabalho na indústria têxtil paulista (1870-1930). São Paulo: Hucitec, Ed. da UNICAMP, 1988.

RODRIGUES, Edgar. Os anarquistas trabalhadores italianos no Brasil. São Paulo: Global, 1984

RODRIGUES, Edgar. Nacionalismo & cultura social 1913-1922. Rio de Janeiro: Laemmert, 1972.

RODRIGUES, Edgar. Trinta horas em Sorocaba. In: Biblioteca Sorocabana: história. Vol. 1. Sorocaba: Crearte, 2005, p. 49-53.

RODRIGUES, Leôncio Martins. Trabalhadores, sindicatos e industrialização. São Paulo: Brasiliense, 1974.

SAES, Flávio Azevedo Marques. As ferrovias de São Paulo. São Paulo: HUCITE, Brasília: INL: 1981.

SILVA, Sergio. Expansão cafeeira e origens da indústria no Brasil. São Paulo: Alfa-Omega, 1976.

TRAGTENBER, Maurício. O conhecimento expropriado e reapropriado pela classe operária Espanha 80. Educação e Sociedade, Campinas, vol. 7, p.53-62, Set. 1980.

TUDO sobre escola moderna. Disponível em http://brasiliavirtual.info/tudo-sobre/escola-moderna/. Acesso em 26.mai.2008.

Fontes primárias – Jornais e Revistas

A Cidade de Sorocaba (1913, 1915, 1916)

O Operário (1909-1913);

Diário de Sorocaba, (1880 - 1930);

O Ypanema (1872-1880)

Revista O fim do século, 1897

Downloads

Como Citar

CARMO, J. C. do; SANDANO, W. A imigração italiana na cidade de Sorocaba e a experiência escolar no final do século XIX e início do século XX. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 9, n. 33, p. 109–121, 2012. DOI: 10.20396/rho.v9i33.8639557. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8639557. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos