As fotografias do arquivo do Grupo Escolar Dr. Joaquim Assumpção: imagens de práticas escolares no grupo escolar modelo do governo de Augusto Simões Lopes (1924-1928), Pelotas, Rio Grande do Sul

Autores

  • Maria Augusta Martiarena de Oliveira Universidade Federal de Pelotas - UFPel
  • Elomar Tambara Universidade Federal de Pelotas - UFPel
  • Giana Lange do Amaral Universidade Federal de Pelotas - UFPel

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v9i34.8639577

Palavras-chave:

Primeira República. Fotografia. Grupo escolar

Resumo

Este artigo objetiva realizar a análise de fotografias do Grupo Escolar Dr. JoaquimAssumpção. Essa escola foi fundada durante o governo de Augusto Simões Lopes, que foiintendente da cidade de Pelotas, pelo Partido Republicano Rio-Grandense, de 1924 a 1928.Esse grupo escolar municipal foi construído para ser uma escola modelo para a cidade econcorrer com os dois Colégios Elementares Estaduais do mesmo nível, o Cassiano doNascimento e o Félix da Cunha, existentes em Pelotas. Durante a pesquisa sobre o governoSimões Lopes, foi encontrado, na própria escola, um conjunto de fotografias originaisdatadas da época de sua inauguração e de seus primeiros meses de funcionamento. Taisimagens representam algumas práticas escolares existentes na década de 1920, além deenfatizar características da organização espacial e temporal das escolas, bem como daarquitetura escolar. Essas imagens permitem a compreensão do motivo pelo qual o referidogrupo escolar encontrava-se no patamar mais elevado preconizado pelo “Regulamento daInstrucção”, do governo Simões Lopes. Embora não sejam fotografias oficiais, taisimagens estão impregnadas do ideário governista republicano da época, especificamente,do referido governo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Augusta Martiarena de Oliveira, Universidade Federal de Pelotas - UFPel

Professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul.

Elomar Tambara, Universidade Federal de Pelotas - UFPel

Docente da Universidade Federal de Pelotas - UFPel

Giana Lange do Amaral, Universidade Federal de Pelotas - UFPel

Professora associada da Universidade Federal de Pelotas.

Referências

ALMEIDA, Jane Soares de. Mulheres na Educação: missão, vocação e destino? In: SAVIANI, Demerval. O Legado Educacional do século XX no Brasil. Campinas, SP: Autores Associados, 2004, p. 59 a 108.

ALVES, Nilda. O Espaço Escolar e suas Marcas: o espaço como dimensão material do currículo. Rio de Janeiro: DP&A, 1998.

BONATO, Nailda Marinho da Costa. A Educação Feminina no espaço escolar oficial do Rio de Janeiro do final do Império à Primeira República – a Escola Normal: uma escola para mulheres? In: Anais do I Congresso Brasileiro de História da Educação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2000.

BORGES, Maria Eliza Linhares. História & Fotografia. Belo Horizonte: Autêntica, 2003.

CORSETTI, Berenice. O poder em migalhas – a escola no Rio Grande do Sul na Primeira República. Tese de Doutorado. Santa Maria, Universidade Federal de Santa Maria, 1997.

JORNAL DIÁRIO Popular. 1927.

DUBOIS, Philippe. O ato fotográfico e outros ensaios. Campinas, SP: Papirus, 1993.

FABRIS, Annateresa (org.). Fotografia usos e funções no século XIX. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1991.

FARIA FILHO, Luciano Mendes de. Dos Pardieiros aos Palácios: forma e cultura escolares em Belo Horizonte. São Paulo: USP, 1996.

HILSDORF, Maria Lucia Spedo. História da Educação Brasileira: Leituras. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2005.

LE GOFF, Jacques. História e Memória. Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 1992.

LEITE, Mirian Moreira. Retratos de Família. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1993.

JORNAL O LIBERTADOR, 1927.

PERES, Eliane Teresinha. Aprendendo formas de pensar, de sentir e de agir a Escola como oficina da vida: discursos pedagógicos e práticas escolares da Escola Pública Primária Gaúcha (1909-1959). Tese de doutorado. Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2000.

PERROT, Michelle. Os Excluídos da História: operários, mulheres e prisioneiros. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988.

RELATÓRIO Intendencial de 1927.

SOUZA, Rosa Fátima. Templos de Civilização: Um Estudo sobre a Implantação dos Grupos Escolares no Estado de São Paulo. Tese de doutorado. São Paulo: USP, 1996.

SOUZA, Rosa Fátima. A militarização da infância: Expressões do nacionalismo na cultura brasileira. In: Cadernos Cedes, ano XX, no 52, novembro/2000.

SOUZA, Rosa Fátima. Fotografias escolares: a leitura de imagens na história da escola primária. In: Educar, Curitiba, n.18, p.75-101. 2001. Editora da UFPR.

Downloads

Como Citar

OLIVEIRA, M. A. M. de; TAMBARA, E.; AMARAL, G. L. do. As fotografias do arquivo do Grupo Escolar Dr. Joaquim Assumpção: imagens de práticas escolares no grupo escolar modelo do governo de Augusto Simões Lopes (1924-1928), Pelotas, Rio Grande do Sul. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 9, n. 34, p. 19–36, 2012. DOI: 10.20396/rho.v9i34.8639577. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8639577. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos