Trabalho didático e escolarização primária: fontes para a história da educação no final do império

Autores

  • Analete Regina Schelbauer Universidade Estadual de Maringá - UEM

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v9i35.8639625

Palavras-chave:

História da Educação. Fontes Documentais. Escolarização Primária. Trabalho Didático

Resumo

O objetivo deste artigo é apresentar algumas considerações iniciais acerca das fontesdocumentais relacionadas ao processo de escolarização primária e a organização dotrabalho didático, tomando a Província de São Paulo e o final dos oitocentos como lócus deanálise. Dentre essas fontes destacamos as Atas do Conselho Superior de Instrução Públicada Província de São Paulo e os Relatórios de Escolas Particulares e de Professores PúblicosPrimários, que fazem parte do Acervo de fontes manuscritas do Arquivo do Estado de SãoPaulo (AESP). Este trabalho contempla parte das reflexões apresentadas durante a Mesa-Redonda “História e trabalho didático”, realizada durante o VIII Seminário Nacional doGrupo de Estudos e Pesquisas “História, Sociedade e Educação no Brasil” – HISTEDBR,no ano de 2009.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Analete Regina Schelbauer, Universidade Estadual de Maringá - UEM

Professora associada do Departamento de Teoria e Prática da Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Maringá.

Referências

ANAIS do VIII Seminário Nacional do Grupo de Estudos e Pesquisas “História, Sociedade e Educação no Brasil” – HISTEDBR, 2009. História, Educação e Transformação: Tendências e Perspectivas. Campinas-SP, 2009.

ANAIS da VII Jornada do Grupo de Estudos e Pesquisas “História, Sociedade e Educação no Brasil” – HISTEDBR. A organização do trabalho didático na história da educação. Campo Grande-MS, 2007.

ALVES, Gilberto Luiz. O trabalho didático na escola moderna. Campinas-SP: Autores Associados, 2005.

BRITO, Silvia; CENTENO, Carla; LOMBARDI, José Claudinei; SAVIANI, Dermeval. A organização do trabalho didático na história da educação. Campinas-SP: Autores Associados, 2010 (Prelo).

HILSDORF, Maria Lucia. A série ofícios diversos do arquivo do estado de São Paulo como fonte para a história da educação brasileira. In: VIDAL, Diana; SOUZA, Maria Cecília. (Orgs.). A memória e a sombra: a escola brasileira entre o Império e a República. Belo Horizonte-MG: Autêntica 1999, p. 13-19.

HILSDORF, Maria Lucia. Francisco Rangel Pestana: jornalista, político, educador. 1986. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1986.

REIS FILHO, Casemiro dos. A educação brasileira e a ilusão liberal. São Paulo: Cortez; Campinas-SP: Autores Associados, 1995.

SAVIANI, Dermeval. Breves considerações sobre fontes para a história da educação. In: LOMBARDI, José Claudinei; NASCIMENTO, Maria Isabel Moura (orgs.). Fontes, história e historiografia da educação. Campinas-SP: Autores Associados, 2004.

SAVIANI, Dermeval. História da Escola Pública no Brasil: questões para pesquisa. In: LOMBARDI, José Claudinei; SAVIANI, Dermeval; NASCIMENTO, Maria Isabel Moura (orgs.). A escola pública no Brasil. História e Historiografia. Campinas-SP: Autores Associados, 2005.

SCHELBAUER, Analete Regina. A constituição do método de ensino intuitivo na província de São Paulo (1870-1889). 2003. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.

TAVARES, Fausto Antonio Ramalho. Na marcha do ensino. Organização Burocrática do Ensino Estadual no São Paulo Republicano. 1892-1910. 2004. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.

VIDAL, Diana; SOUZA, Maria Cecília C. C. (orgs.). A memória e a sombra: a escola brasileira entre o império e a república. Belo Horizonte-MG: Autêntica, 1999.

Downloads

Como Citar

SCHELBAUER, A. R. Trabalho didático e escolarização primária: fontes para a história da educação no final do império. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 9, n. 35, p. 220–229, 2012. DOI: 10.20396/rho.v9i35.8639625. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8639625. Acesso em: 5 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>