Banner Portal
A universidade de elite ou para todos?
PDF

Palavras-chave

Expansão da educação superior. Reforma Universitária. Conselho Federal de Educação

Como Citar

ROTHEN, José Carlos. A universidade de elite ou para todos?. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 10, n. 37, p. 109–122, 2012. DOI: 10.20396/rho.v10i37.8639668. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8639668. Acesso em: 15 abr. 2024.

Resumo

O artigo parte da hipótese de que o Conselho Federal de Educação (CFE) – órgãocolegiado vinculado ao Ministério da Educação e com poderes normativos – participouefetivamente da elaboração da legislação da Reforma Universitária de 1968. Durante adécada de 1960, buscou, via jurisprudência estabelecida por seus pareceres, elaborar umaReforma. Tem-se por objetivo resgatar os pressupostos e os argumentos nos quais osConselheiros fundamentavam a posição da constituição de uma universidade de elite. Partesignificativa dos debates no interior do CFE foi publicada na Revista Brasileira de EstudosPedagógicos, editada pelo Instituto Nacional de Estudos Pedagógicos, órgão vinculado aoMinistério da Educação. As matérias divulgadas pelos Conselheiros nessa revista, entre osanos de 1962 (ano de instalação do Conselho) e 1968 (ano da reforma), constituem a fonteprimária utilizada. Conclui-se que os conselheiros consideravam a expansão da educaçãosuperior como um falso problema; segundo eles, a resposta a essa questão acarretaria emum crescimento desordenado do sistema e na reprodução de um modelo de universidadeque já não atenderia às necessidades do país. A verdadeira questão seria exatamente decomo controlar a expansão.
https://doi.org/10.20396/rho.v10i37.8639668
PDF

Referências

CHAGAS, Valnir. A admissão à universidade e a lei de diretrizes e bases. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Rio de Janeiro, v. 37, n. 85, p. 8-19, jan/mar, 1962a.

CHAGAS, Valnir. A Luta pela universidade no Brasil. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Rio de Janeiro, v. 48, n. 107, p. 44-59, jul./set. 1967a.

CHAGAS, Valnir. Faculdade de educação e a renovação do ensino superior. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Rio de Janeiro, v. 47, n. 105, p. 104-115, jan/mar. 1967b.

CHAGAS, Valnir. Reestruturação das Universidades Federais. Parecer/Indicação 442/66. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Rio de Janeiro, v. 46, n. 103, p. 204-210, jul/set, 1966.

FÁVERO, Maria de Lourdes de Albuquerque. A universidade Brasileira: em busca de sua identidade. Petrópolis, RJ: Vozes, 1977.

GERMANO, José Willington. Estado Militar e educação no Brasil: 1964-1965. 2 ed. São Paulo: Cortez, 1994.

HENRIQUE, Wilnês. O capitalismo selvagem: um estudo sobre desigualdade no Brasil. 1999, 248 f. Tese (Doutorado em Economia) - Instituto de Economia, Universidade Estadual de Campinas/SP, 1999.

HORTA, José Silvério Baia. O Conselho Federal de Educação e o planejamento educacional no Brasil: uma contribuição à história da educação brasileira. 1975. 236 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, 1976.

KERR, Clark. Os usos da universidade. Trad. Débora Cândida Dias Soares. Fortaleza: EFC; 1982.

MARINI, Ruy Mauro. Dialética da dependência: uma antologia de Ruy Mauro Marini. Organização e apresentação de Emir Sader. Petrópolis, RJ: Vozes: Buenos Aires: CLACSO, 2000.

NICOLATO, Maria Auxiliadora. A caminho da lei 5.540/68: a participação de diferentes atores na definição da reforma Universitária. 1986. 519 f. Dissertação (Mestrado em Educação) Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte, 1986

OLIVEN, Arabela Campos. A paroquialização do ensino superior: a classe média e sistema educacional no Brasil. Petrópolis, RJ: Vozes, 1990.

ORTEGA Y GASSET, José. Misión de la universidad (1930). In: Obras completas. 2 ed. Madrid: Alianza Editorial; Revistya de Occidente, 1994. Tomo IV, p. 313-353.

SAVIANI, Demerval. Política e Educação no Brasil: o papel do Congresso Nacional na legislação do ensino. 2 ed. São Paulo: Cortez: Autores Associados, 1988.

SILVA, Maurício Rocha e. Repercussões da lei de diretrizes e bases na organização do ensino superior. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Rio de Janeiro, v. 45, n. 101, p. 124-134 jan/mar, 1966.

SINGER, Paul. Interpretação do Brasil: uma experiência histórica de desenvolvimento. In: FAUSTO, Boris (Dir). História geral da civilização brasileira: o Brasil Republicano. 4. Economia e Cultura (1930-1964). 2 ed. São Paulo: Difel, 1986. p. 211-45.

SUCUPIRA, Newton. A reestruturação das Universidades Federais. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Rio de Janeiro, v. 50, n. 111, p. 83-95, jul/set, 1968.

SUCUPIRA, Newton. Definição dos cursos de pós-graduação. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Rio de Janeiro, v.44, n. 100, p. 415-433, out/dez, 1965.

TEIXEIRA, Anísio. Aspectos da reconstrução da universidade latino-americana. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Rio de Janeiro, v.42, n. 105, p. 55-67, jan/mar, 1967.

TEIXEIRA, Anísio. Uma perspectiva de Educação Superior no Brasil. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Rio de Janeiro, v. 50, n. 111, p. 21-82, jul/set, 1968.

TRIGUEIRO, Durmeval. Expansão do ensino superior. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Rio de Janeiro, v. 48, n. 108, p. 209-234, out/dez. 1967b

TRIGUEIRO, Durmeval. Governo da universidade. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Rio de Janeiro, v. 42, n. 105, p. 68-90, jan/mar, 1967a.

TRIGUEIRO, Durmeval. Plano de Educação no Plano Decenal de Desenvolvimento Econômico. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Rio de Janeiro, v.46, n. 104, p. 335-350, out/dez, 1966.

Revista HISTEDBR On-line utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.