Breve história sobre a educação de jovens e adultos no Brasil

  • Thyeles Borcarte Strelhow Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS)
Palavras-chave: Educação de Jovens e Adultos. História. Educação. Ações Governamentais

Resumo

Este artigo rebusca elementos históricos essenciais da educação brasileira de jovens eadultos para entendermos a sua situação atual. Assim, analisamos ações políticas que, nodecorrer da historia, tentaram desenvolver o que hoje chamamos de EJA. Tambémprocuramos explicitar as concepções referentes ao analfabetismo e à pessoa analfabeta,mostrando todo o preconceito impregnado no iletramento. Para tal, delimitamos a história apartir do Império até os nossos dias. Foi uma decisão própria do pesquisador, pois foi como surgimento do Império que o Estado começou a dar maior atenção à educação. Oobjetivo deste artigo é buscar a reflexão sobre as atitudes tomadas no passado que têm suasseqüelas na atualidade, proporcionando uma reflexão sobre novos passos a serem tomadosno presente e no futuro.

Biografia do Autor

Thyeles Borcarte Strelhow, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS)

Graduando em Teologia pela Faculdades EST e em Pedagogia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Referências

AGUIAR, Raimundo Helvécio Almeida. Educação de Adultos no Brasil: políticas de (des)legitimação. Tese de Doutorado. Orientação Lúcia Mercês de Avelar. Campinas: Universidade Estadual de Campinas, 2001.

ANTUNES, Denise Dalpiaz. Relatos significativos de professores e alunos na Educação de Jovens e Adultos e sua auto-imagem e auto-estima. Porto Alegre: Tese de Mestrado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, 2006.

DI PIERRO, Maria Clara; GRACIANO, Mariângela. A Educação de Jovens e Adultos no Brasil: informe apresentado à oficina regional da UNESCO para América Latina y Caribe. São Paulo: Ação Educativa – Assessoria, Pesquisa e Informação, 2003. http://www.acaoeducativa.org.br/downloads/relorealc.pdf acessado em 02 de junho de 2007.

DI PIERRO, Maria Clara; JOIA, Orlando; RIBEIRO, Vera Masagão. Visões da Educação de Jovens e Adultos no Brasil. Cadernos Cedes, ano XXI, no 55, 2001, p. 58-77. http://www.acaoeducativa.org.br/downloads/parte1.pdf acessado em 12 de junho de 2007.

FAUSTO, Boris. A Revolução de 1930: historiografia e história. 2a ed., São Paulo: Ed. Brasiliense, 1972.

MANFREDI, Sílvia Maria. Política e Educação Popular. 2a ed., São Paulo: Ed. Cortez, 1981.

MEDEIROS, Maria do Socorro de Araújo. A Formação de Professores para a Educação de Adultos no Brasil: da história à ação. Palma de Malorca: Tese de Doutorado pela Universitat de les Illes Balears, 1999.

OLIVEIRA, Romualdo L. Portela. Educação de Jovens e Adultos: o direito à educação. In: Mesa Redonda: Direitos Educativos e a EJA no Brasil. 16o Congresso de Leitura do Brasil – COLE, X Seminário de Educação de Jovens e Adultos. Campinas: UNICAMP, 11 a 13 de julho de 2007, http://www.alb.com.br/anais16/prog_pdf/prog01_01.pdf, acessado em 05 de maio de 2008.

RIBEIRO, Vera M ia Masagão (coord.). Educação de Jovens e Adultos: proposta curricular para o 1o segmento do ensino fundamental. São Paulo: Ação Educativa - Assessoria, Pesquisa, Informação; Brasília: Ministério Da Educação E Do Desporto, 1997. http://www.scielo.br/pdf/ccedes/v21n55/5541.pdf acessado em 08 de agosto de 2007.

SANTOS, Edicleia Aparecida Alves dos; STREMEL, Margareth Leonardi Kuhn; OLIVEIRA, Rita de Cássia da Silva. A Necessidade de Reinventar a História da Educação de Jovens e Adultos no Brasil. Universidade Estadual de Ponta Grossa – UEPG, 2004. http://www.cereja.org.br/arquivos_upload/edicleia_margareth_rita_necessidade_%20reinventar_eja.pdf artigo em PDF acessado em 24 de setembro de 2007.

STEPHANOU, Maria; BASTOS, Maria Helena (orgs). Histórias e Memórias da Educação no Brasil. Vol. III. Petrópolis: Vozes, 2005.

Como Citar
Strelhow, T. B. (1). Breve história sobre a educação de jovens e adultos no Brasil. Revista HISTEDBR On-Line, 10(38), 49-59. https://doi.org/10.20396/rho.v10i38.8639689
Seção
Artigos