O manual didático Projeto Araribá história no município de Campo Grande, MS (2008)

Autores

  • Carla Villamaina Centeno Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul- UEMS

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v10i37e.8639778

Palavras-chave:

História da Educação. Manual didático. História do Brasil. Guerra da Tríplice Aliança

Resumo

O presente trabalho expõe resultados parciais de uma pesquisa realizada com manuaisdidáticos de História do Brasil. Nesse estudo, analisamos o manual didático ProjetoAraribá História, adotado em todas as escolas da Rede Municipal de Campo Grande- MS,no ano de 2008. A análise objetiva, por um lado, evidenciar as características dosconteúdos veiculados pelo manual didático e, por outro, apreender as funções por eleassumidas na relação educativa. Para aprofundar a análise dos conteúdos, procuramosapreender a interpretação da Guerra da Tríplice Aliança(1864-1870). Decorrem da análisealgumas conclusões: 1) Foi dada pouca atenção à Guerra da Tríplice Aliança, limitando-sea discuti-la em uma página de conteúdo. 2) Quanto à interpretação utilizada, os autoresusam do ecletismo metodológico; 3) Do ponto de vista do trabalho didático, observa-se asimplificação dos conteúdos; 4) O manual apresenta seções que prometem trabalhar comfontes históricas diversas, mas há predominância de textos elaborados pelos própriosautores; 5) No Guia do Professor são disponibilizadas textos para ampliar e complementaros conteúdos bem como sugestões de leituras e de filmes, mas esses são acessórios aotrabalho didático.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carla Villamaina Centeno, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul- UEMS

Professora adjunta do Mestrado Profissional em Educação da Unidade Universitária de Campo Grande, cursos de graduação em Pedagogia e Geografia.

Referências

ABUD, Kátia. Currículos de História e políticas públicas: os programas de História do Brasil na escola secundária. In: BITTENCOURT, Circe (Org) O saber histórico na sala de aula. 2. ed. São Paulo:Contexto, 1998.

ALVES, Gilberto Luiz. A produção da escola pública contemporânea. 4. ed. Campinas: Autores Associados, 2006.

ALVES, Gilberto Luiz. Trabalho didático e história da educação: enfoque histórico-pedagógico.

BRITO, Silvia Helena Andrade de. et. al. (org.) A organização do trabalho didático na história da educação. Campinas: Autores Associados, 2010.

ALVES, Gilberto Luiz; CENTENO, Carla Villamaina. A produção de manuais didáticos de história do Brasil: remontando ao século XIX e início do século XX. Revista Brasileira de História da Educação. Set/dez. v. 14 n. 42, 2009

COMÉNIO, João Amós. Didáctica Magna: tratado da arte universal de ensinar tudo a todos. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

EDITORA MODERNA. Projeto Araribá. In: http://www.moderna.com.br/didaticos/ef2/arariba/intr/ Acesso em: 10.04.2009.

GATTI JUNIOR, Décio. A escrita escolar da História: livro didático e ensino no Brasil (1970-1990). Bauru, SP: Edusc; Uberlândia,MG: Edufu, 2004.

HOLLANDA, Guy de. Programas e compêndios de história para o ensino secundário brasileiro: 1931-1956. Rio de Janeiro: INEP/Centro Brasileiro de Pesquisas Educacionais.. (Currículos, programas e métodos, 1), 1957.

MACEDO, Joaquim Manoel de. Lições de História do Brasil. Rio de Janeiro: Garnier, 1905.

MUSEO NACIONAL DE ARTES VISUALES. Juan Manuel Blanes In: http://www.mnav.gub.uy/blanes.htm. Acesso em : 30.03.2009.

PROJETO ARARIBÁ HISTÓRIA. 1. ed. São Paulo: Moderna, 2006.

SAVIANI, Dermeval. História das idéias pedagógicas no Brasil. Campinas: Autores Associados, 2007.

Downloads

Como Citar

CENTENO, C. V. O manual didático Projeto Araribá história no município de Campo Grande, MS (2008). Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 10, n. 37e, p. 20–35, 2012. DOI: 10.20396/rho.v10i37e.8639778. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8639778. Acesso em: 6 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos