As origens do ensino de história no Brasil colonial: apresentação do epítome cronológico, genealógico e histórico do padre jesuíta António Maria Bonucci

Autores

  • Flávio Massami Martins Ruckstadter Universidade Estadual de Maringá (UEM)
  • Vanessa Campos Mariano Ruckstadter Universidade Estadual de Maringá (UEM)

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v10i37e.8639781

Palavras-chave:

História da Educação no Brasil. Século XVIII. António Maria Bonucci. Epítome Cronológico. Genealógico e Histórico

Resumo

Este texto tem o intuito de apresentar o primeiro compêndio escolar de História utilizadono Brasil. Escrito pelo padre jesuíta, e professor do Colégio Jesuítico da Bahia, AntónioMaria Bonucci (1651-1728) em fins do século XVII, o Epítome Cronológico, Genealógicoe Histórico foi impresso no ano de 1706 em Lisboa. Sua publicação vinha atender umanecessidade advinda da implantação de cursos autônomos de História nos Colégios daCompanhia de Jesus no Brasil. A junção da história sacra e profana é uma característicapresente nesse manual, que se ocupa principalmente em contar a história sacra, a históriada Igreja e a história das monarquias modernas. Ao apresentar o compêndio, algumasconsiderações e comentários serão feitos, entretanto, sem a pretensão de analisar um livrotão extenso em tão curto espaço. Espera-se contribuir no sentido de ampliar e diversificaras fontes para o estudo de um período que ainda recebe pouca atenção por parte doshistoriadores da educação, o período colonial, especialmente o que corresponde ao períododa atuação da Companhia de Jesus (1549-1759).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flávio Massami Martins Ruckstadter, Universidade Estadual de Maringá (UEM)

Professor adjunto do curso de História, no Centro de Ciências Humanas e da Educação (CCHE), na Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), Campus Jacarezinho.

Vanessa Campos Mariano Ruckstadter, Universidade Estadual de Maringá (UEM)

Professora Adjunta do Colegiado de Pedagogia do Centro de Ciências Humanas e da Educação da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), Campus Jacarezinho.

Referências

ANTONIO VIEIRA. Clavis Prophetanum In: http://www2.dlc.ua.pt/classicos/vieira.pdf, Acesso em: 02 jul. 2007.

ARNAUT DE TOLEDO, C. A. Razão de estudos e razão política: um estudo sobre a Ratio Studiorum. Acta Scientiarum. Maringá, vol. 22, n. 1, 2000, p. 181-187.

ARNAUT DE TOLEDO, C. A.; RUCKSTADTER, F. M. M.. A filosofia educacional dos jesuítas nas Cartas do padre José de Anchieta. Acta Scientiarum. Maringá, vol. 25, n. 2, 2003, p. 257-265.

ARNAUT DE TOLEDO, C. A.; RUCKSTADTER, F. M. M.; RUCKSTADTER, V. C. M. Verbete Padroado. In: SAVIANI, D.; LOMBARDI, J. C.; NASCIMENTO, M. I. M. (orgs.). Navegando pela História da Educação Brasileira. Cd-Rom. Campinas: Graf. FE: HISTEDBR, 2006

ASSUNÇÃO, P. Negócios Jesuíticos: o cotidiano da Administração dos Bens Divinos. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2004.

BAETA NEVES, L. F. O combate dos soldados de Cristo na terra dos papagaios. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1978.

BITTAR, M.; FERREIRA JÚNIOR, A. A pesquisa em história da educação colonial. In: PAIVA, J. M.; BITTAR, M.; ASSUNÇÃO, P. (orgs.). Educação, História e Cultura no Brasil Colônia. São Paulo: Arké, 2007.

BONUCCI, A. M. Epítome Cronológico, Genealógico e Histórico. Lisboa: Oficina de António Pedroso Galrão, 1706.

BUARQUE DE HOLLANDA, S. Raízes do Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 2002.

CARDOSO, C. F. Um historiador fala de Teoria e Metodologia: ensaios. Bauru: Edusc, 2005.

DANIEL-ROPS (HENRI PETIOT). A Igreja da Renascença e da Reforma: II. A reforma católica. São Paulo: Quadrante, 1999.

FELIPE DE ALENCASTRO, L. A economia política dos descobrimentos. In: A descoberta do homem e do mundo. São Paulo, Companhia das Letras, 1998.

FREYRE, G. Casa-grande e Senzala. Rio de Janeiro: Livraria José Olympio, 1981.

MORAES, A. C. R. Bases da formação territorial do Brasil: o território colonial brasileiro no “longo” século XVI. São Paulo: HUCITEC, 2000.

O’NEILL, C. E. (S. I.); DOMÍNGUEZ, J. M. (S. I.) (dir.) Diccionario Histórico de la Compañia de Jesús: Biográfico-temático. 4 vol. Roma: Institutum Historicum, S. I.; Madrid: Universidad Pontifícia Comillas, 2001.

PAIVA, J. M. Colonização e Catequese. São Paulo: Arké, 2006.

SAVIANI, D. A pedagogia no Brasil: história e teoria. Campinas: Autores Associados, 2008.

SERAFIM LEITE. História da Companhia de Jesus no Brasil. 10 volumes. Belo Horizonte: Itatiaia, 2000.

Downloads

Como Citar

RUCKSTADTER, F. M. M.; RUCKSTADTER, V. C. M. As origens do ensino de história no Brasil colonial: apresentação do epítome cronológico, genealógico e histórico do padre jesuíta António Maria Bonucci. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 10, n. 37e, p. 76–85, 2012. DOI: 10.20396/rho.v10i37e.8639781. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8639781. Acesso em: 25 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos