Banner Portal
O Assentamento Bela Vista e algumas reflexões sobre a relação trabalho rural e educação
PDF

Palavras-chave

Assentamento. Educação. Reforma Agrária. Escola

Como Citar

CASSIN, Marcos; VALE, Samila Bernardi do. O Assentamento Bela Vista e algumas reflexões sobre a relação trabalho rural e educação. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 11, n. 41, p. 219–230, 2012. DOI: 10.20396/rho.v11i41.8639847. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8639847. Acesso em: 21 abr. 2024.

Resumo

Tendo como tema geral a relação entre Trabalho Rural e Educação o artigo faz uma análise dos dados obtidos em pesquisa realizada no assentamento Bela Vista do Chibarro, tomando-o como uma importante experiência dos movimentos sociais que lutam pela Reforma Agrária e Educação para os que vivem do trabalho no campo. A escolha deste assentamento como um dos focos de nossa análise ocorreu por dois motivos, por se tratar de um dos primeiros a ser conquistado pela luta dos trabalhadores no estado de São Paulo e o segundo motivo é por ter no seu interior a escola municipal Profº Hermínio Pagotto, considerada modelo por muitos pesquisadores, professores e estudiosos, e que tem sido referência no que diz respeito a educação específica do campo. Dessa forma, o assentamento e a escola passam a ser um importante objeto de análise das necessidades, ou não, de uma educação diferenciada no/do campo. As pesquisas bibliográficas, visitas a acampamentos e assentamentos e principalmente o acompanhamento durante um ano da rotina do assentamento Bela Vista entre conversas informais com assentados, direção, coordenação, alunos e entrevistas com ex-alunos da escola Prof. Hermínio Pagotto, nos permitiram formulações que apontam para a defesa de uma educação geral, em detrimento de uma educação específica, no campo. O artigo coloca para o debate a importância de uma educação que através dos conhecimentos gerais e científicos permitam com que os alunos compreendam, atuem e contribuam na solução de problemas sociais, políticos, culturais e específicos da produção e da organização do trabalho no campo.

https://doi.org/10.20396/rho.v11i41.8639847
PDF

Referências

BRANCALEONE, Ana Paula. Do rural ao urbano: o processo de adaptação de alunos moradores de um assentamento rural à escola urbana, 2002. Dissertação (Mestrado em Psicologia) FFCLRP/USP. Ribeirão Preto.

ELIAS, Denise. Globalização e Agricultura: A região de Ribeirão Preto. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2003. (Coleção Campi).

FERRANTE, Vera L. S. B. & ALY Jr., Osvaldo. Assentamentos Rurais: impasses e dilemas (uma trajetória de 20anos). São Paulo: INCRA – Superintendência Regional de São Paulo, 2005.

IANNI, Octavio. Origens Agrárias do Estado Brasileiro. São Paulo: Brasiliense, 2004.

MARTINS, José de Souza. Reforma Agrária: O impossível Diálogo. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2000.

MARX, Karl & ENGELS, Friedrich. Crítica da educação e do ensino. Lisboa, Moraes, 1978.

MORISSAWA, Mitsue. A História da Luta pela Terra e o MST. São Paulo: Expressão Popular, 2001.

NOSELLA, Paolo. A escola de Gramsci. 3a ed. São Paulo: Cortez, 2004.

SILVA, José Graziano da. A Nova Dinâmica da Agricultura Brasileira. 2a ed. Campinas: UNICAMP. IE,1998.

SILVA, José Graziano da. O Novo Rural Brasileiro.2a ed. Campinas: UNICAMP. IE, 2002.

SILVA, José Graziano da. O que é Questão Agrária. 13a ed. São Paulo: Editora Brasiliense, 1986. (Col. Primeiros Passos, 18).

SILVA, José Graziano da. Sobre a delimitação do rural e do urbano no Brasil: testando as aberturas geográficas das novas Pnads. In: www.eco.unicamp.br acesso em: 02/03/2007

SILVA, José Graziano da. Tecnologia e Agricultura Familiar. 2a ed. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2003.

SILVA, José Graziano da & DEL GROSSI, Mauro Eduardo. O Novo Rural Brasileiro: uma atualização para 1992-98. In: www.eco.unicamp.br acesso em: 02/03/2007

VEIGA, José Eli. O que é Reforma Agrária. São Paulo: Abril cultural: Editora Brasiliense, 1984. (Col. Primeiros Passos, 9).

WEBER, Marx. Capitalismo e Sociedade Rural na Alemanha. In: Ensaios de Sociologia. 5a edição. Rio de janeiro: LTC, sd.

WOLFFENBÜTTEL, Andréa. Uma Escola de Raiz. In: http://www.desafios.org.br/Edicoes/10/artigo12954-1.asp?o=s Acesso em: 27/05/2007

www.ibge.gov.br/home/ Acesso em: 10/04/2007

Revista HISTEDBR On-line utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.