Formação e desenvolvimento da nação e do pensamento científico e social no Brasil e o papel da educação

Autores

  • Marival Coan PPGE/UFSC/IF-SC

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v11i42.8639865

Palavras-chave:

Formação e historicidade da nação brasileira e do pensamento científico e social. Educação. Questões sociais

Resumo

O presente ensaio tem por objetivo analisar aspectos da formação da nação brasileira, bem como, aspectos relativos à formação e desenvolvimento do pensamento científico e social no Brasil e o papel atribuído à educação nesse processo. Procura compreender a educação como projeto em permanente disputa entre os diversos atores sociais e reivindicada como fundamental para o progresso da nação, sem, contudo, oportunizar os recursos devidos para ofertá-la ao conjunto da população. Também busca compreender a educação como atividade mediadora no seio da prática social global. A constituição e o desenvolvimento do pensamento científico e social são entendidos em sua estreita relação que têm com o desenvolvimento socioeconômico. O Brasil tem, em sua formação inicial, a hegemonia de uma elite escravocrata que se mantém à custa da exploração do trabalho escravo, seguida de uma elite agroindustrial, depois industrial, que se constituiu, se manteve e se mantém por meio da exploração dos trabalhadores assalariados. A nação brasileira carrega em sua história a lógica da exclusão, do elitismo, do pouco caso com as questões sociais, dentre elas, a educação. Contudo, as condições sociais e culturais, que servem de suporte e oferecem meios favoráveis de desenvolvimento ao saber racional, começam a constituir-se em ritmo regular, na sociedade brasileira, a partir do início do século XIX, estendendo-se lentamente até os dias atuais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marival Coan, PPGE/UFSC/IF-SC

Licenciado em Filosofia, com habilitação em Sociologia e Psicologia, Bacharel em Teologia, especialista (lato sensu) em Metodologia do Ensino Superior, e Educação a Distância; Mestre em Educação (PPGE/UFSC) e doutor em Educação pelo PPGE/UFSC. Participa do Grupo de Estudos sobre Política Educacional e Trabalho (GEPETO) e do grupo de pesquisa em educação do IFSC, onde é professor efetivo.

Referências

ALMEIDA José Ricardo Pires de - História da Instrução pública no Brasil (1500-1889) – história e legislação. Brasília: INEP-PUC/SP, 1989.

AZEVEDO, Fernando de - Princípios de Sociologia. 8a ed. São Paulo: Edições Melhoramentos, 1958.

BATALHA, Cláudio H. M. - Formação da classe operária e projetos de identidade coletiva. In: FERREIRA, Jorge Delgado e NEVES, Lucília de Almeida (Orgs.) - O Brasil republicano – o tempo do liberalismo excludente – da proclamação da República à revolução de 1930. Rio de Janeiro: Civilização brasileira, 2003.

BETHEL, Leslie. - História da América Latina: da independência até 1870. V. III. São Paulo, co-edição Imprensa Oficial/EDUSP/FUNAG, 2001. Tradução Maria Clara Cescato. 2001.

BRASIL. Lei N. 10.172 de 09 de Janeiro de 2001. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/leis_2001/l10172.htm. Acesso em 05/09/2011.

CARVALHO, José Murilo de - A construção da Ordem. Teatro das Sombras. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 1996.

CARVALHO, Marta M. Chagas de - A escola e a república. Coleção Tudo é História, n. 127. São Paulo: brasiliense, 1989.

CHIZZOTI, Antônio - A Constituinte de 1823 e a educação. In: Fávero, Osmar (org.) - A educação nas Constituintes brasileiras: 1823-1988. Campinas: Autores Associados, 1996.

COAN, Marival - A sociologia no ensino médio, o material didático e a categoria trabalho. 2006, 356 f.. Dissertação (Mestrado em Educação PPGE/CED/UFSC), 2006. Disponível em: http://www.ppgeufsc.com.br/ferramentas/ferramentas/tese_di/5.pdf.

COSTA, Cristina - Sociologia: Introdução à Ciência da Sociedade. São Paulo: Moderna 2000.

COSTA, Maria José Franco Ferreira da et al (Orgs) - I Conferência Brasileira de educação – Curitiba, 1927. Brasília: MEC-SEDIAE/INEP-ÍPARDES, 1997.

CURY, Carlos Jamil - A educação e a primeira Constituinte republicana. In: Fávero, Osmar (org.) - A educação nas Constituintes brasileiras: 1823-1988. Campinas: Autores Associados, 1996.

CURY, Carlos Jamil - A educação na revisão constitucional de 1926. In: Fávero, Osmar (org.) - A educação nas Constituintes brasileiras: 1823-1988. Campinas: Autores Associados, 1996.

FERNANDES, Florestan - A Sociologia no Brasil. 2a ed. Petrópolis-RJ: Vozes, 1980.

FERNANDES, Florestan. Mudanças sociais no Brasil. Aspectos do desenvolvimento da sociedade brasileira. São Paulo: difusão européia do livro, 1974.

FERREIRA, Gabriela Nunes - Centralização e descentralização no império o debate entre Tavares Bastos e Visconde de Uruguai. São Paulo: Co-edição departamento de Ciência Política da USP e editora 34, 1999.

FERREIRA, Marieta de Moraes e PINTO, Suzana Conde Sá - A crise de 1920 e a Revolução de 1930. In: FERREIRA, Jorge Delgado e NEVES, Lucília de Almeida (Orgs.) - O Brasil republicano – o tempo do liberalismo excludente – da proclamação da República à revolução de 1930. Rio de Janeiro: Civilização brasileira, 2003.

FONSECA, Marcus Vinicius - A educação dos negros: uma nova face do processo de abolição da escravatura no Brasil. Bragança Paulista: editora da Universidade de São Francisco/CDAPH, 2002.

FRAGOSO, João e FLORENTINO Manolo - O arcaísmo como projeto – mercado atlântico, sociedade agrária e elite mercantil em uma economia colonial tardia - Rio de Janeiro, c. 1790 – c. 1840. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001.

FURTADO, Celso - Teoria e política do desenvolvimento econômico. São Paulo: Nova Cultural, 1986.

IANNI, O. A sociologia numa época de globalismo, in: FERREIRA L.(org.). A sociologia no horizonte do século XXI. São Paulo: Boitempo, 1997.

JINKINGS, Nise - As particularidades e os desafios do ensino de Sociologia nas escolas. In: DIAS, M. de F. S; SOUZA, S.C. de; SEARA, I.C. (Org.) - Formação de Professores Experiências e Reflexões. Florianópolis: Letras Contemporâneas, 2006.

JÚNIOR Moisés Kuhlmann - As grandes festas didáticas: a educação brasileira e as exposições internacionais (1862- 1922). Bragança Paulista: editora da Universidade São Francisco–CDAPH, 2001.

MALHEIRO, Agostinho Marques Perdigão - A escravidão no Brasil – ensaio histórico-juridico-social. Rio de Janeiro: Typografia Nacional, 1867.

MORAIS, Tais de. SILVA, Eumano - Operação Araguaia: os arquivos secretos da guerrilha. São Paulo: Geração Editorial, 2005.

NAGLE, Jorge - A educação na Primeira República. In: HOLANDA, Sérgio Buarque de - História Geral da Civilização brasileira – III. O Brasil republicano – 2. Sociedade e Instituições (1889-1930). São Paulo: Difel, 989.

NEVES, Lúcia. M. W. ; PRONKO, Marcela - O mercado do conhecimento e o conhecimento pra o mercado: da formação pra o trabalho complexo no Brasil contemporâneo. 1a ed. Rio de Janeiro: EPSJV, 2008. v. 1. 204 p.

NEVES, Margarida de Souza - Os cenários da República. O Brasil na virada do século XIX para o século XX. In: FERREIRA, Jorge Delgado e NEVES, Lucília de Almeida (Orgs.) - O Brasil republicano – o tempo do liberalismo excludente – da proclamação da República à revolução de 1930. Rio de Janeiro: Civilização brasileira, 2003.

OLIVEIRA, Cecília Helena de Salles - Tramas políticas, redes de negócio. In: JANCSO, István (org.) - Brasil: formação do estado e da Nação. São Paulo-Ijuí/RS: Co-edição PAPESP/Editora Hucitec/Editora Unijui, 2003.

PIMENTA, João Paulo G. - Estado e nação no fim dos impérios ibéricos no Prata (1808-1828). São Paulo: Hucitec/PAPESP, 2002.

PRADO, Luiz Carlos Delorme e EARP, Fábio Sá - O milagre brasileiro: crescimento acelerado, integração internacional e concentração de renda (1967-1973). In: FERREIRA, Jorge e Delgado, NEVES, Lucília de Almeida (orgs) - O Brasil republicano – O tempo da ditadura – regime militar e movimentos sociais em fins do século XX, volume 4. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.

RODRIGUES, José Honório - A assembléia Constituinte de 1823. Petrópolis/RJ: Editora Vozes, 1974.

ROWLAND, Robert - Patriotismo, povo e ódio aos portugueses: notas sobre a construção da identidade nacional no Brasil independente. In: JANCSO, István (org.) - Brasil: formação do estado e da Nação. São Paulo-Ijuí/RS: Co-edição PAPESP/Editora Hucitec/Editora Unijui, 2003.

SALLES, Iraci Galvão - Trabalho, progresso e a sociedade civilizada. São Paulo: Hucitec, 1986.

SHIAVINATTO, Iara Lis - Imagens do Brasil: entre a natureza e a história. In: JANCSO, István (org.) - Brasil: formação do estado e da Nação. São Paulo-Ijuí/RS: Co-edição PAPESP/Editora Hucitec/Editora Unijui, 2003.

SUCUPIRA, Newton - O ato adicional de 1834 e a descentralização da educação. In: FÁVERO, Osmar (org.) - A educação nas Constituintes brasileiras: 1823-1988. Campinas: Autores Associados, 1996.

SCHWARTZMAN, Simon et all - Tempos de Capanema. São Paulo: Paz e Terra e editora da FGV, 2000.

VIEIRA PINTO, Álvaro - A Sociologia dos Países Subdesenvolvidos. Rio de Janeiro: Contraponto, 2008 - ISBN: 8585910992.

VIOTTI, Emília da Costa - Da Monarquia à República: momentos decisivos. São Paulo: Editora da UNESP, 1998.

VON MARTIUS, Karl Philipp - Como se deve escrever a história do Brasil. Rio de Janeiro: Revista trimestral de História e Geographia. n. 24, janeiro de 1845.

TAVARES, Maria da Conceição - Da substituição de importações ao capitalismo financeiro. Rio de Janeiro: Zahar, 1972.

TEIXEIRA, Anísio - O manifesto dos Pioneiros da educação nova. Brasília: Revista brasileira de estudos pedagógicos, v. 65, n.150, maio/agosto. 1984 p. 407-425.

Downloads

Como Citar

COAN, M. Formação e desenvolvimento da nação e do pensamento científico e social no Brasil e o papel da educação. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 11, n. 42, p. 39–53, 2012. DOI: 10.20396/rho.v11i42.8639865. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8639865. Acesso em: 13 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos