História da educação e memórias de professores

Autores

  • Thiago Rodrigues Nascimento (FFP/UERJ/FAPERJ)

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v11i43.8639942

Palavras-chave:

História da educação. História Oral. Memórias de professores

Resumo

O presente texto foi produzido a partir das muitas questões que surgem na relação entre história da educação e História. A vivência em um Programa de Pós-Graduação em História Social levantou indagações como: Qual seria nosso lugar, enquanto pesquisadores da história da educação? Estaríamos vinculados à História ou à Educação? Quais seriam nossos referenciais teóricos? Traçamos, a partir destes questionamentos, um breve histórico do processo de constituição da história da educação e da pesquisa produzida neste campo demonstrando que, apesar da persistência de certo distanciamento entre esta disciplina e a História, nos últimos anos, a partir de um processo de ampliação do “território” do historiador, a Educação tornou-se objeto da História. Processo que vem contribuindo para a diminuição das barreiras de um campo que busca a sua consolidação. Compreendendo a Educação como objeto da História, apresentamos a história oral e suas possibilidades e os usos das memórias de professores enquanto fonte para o estudo da história da educação brasileira. Assim, deslocamos o enfoque, ainda tradicional entre os pesquisadores, concedido às fontes escritas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thiago Rodrigues Nascimento, (FFP/UERJ/FAPERJ)

Mestrando no Programa de Pós-Graduação em História Social da Faculdade de Formação de Professores (FFP) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (PPGHS/UERJ). Bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ).

Referências

BLOCH, Marc. Apologia da História. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2001.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. O que é educação? 33a ed. São Paulo: Brasiliense, 1995.

CARDOSO, Ciro Flamarion; VAINFAS, Ronaldo (Orgs.). Domínios da história: ensaios de teoria e metodologia. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

CARVALHO, Marta Maria Chagas de; SAVIANI, Dermeval; VIDAL, Diana. Sociedade Brasileira de História da Educação: constituição, organização e realizações. São Paulo, jul./2006. Disponível em: < http://www.sbhe.org.br/historico > Acesso em: 28/12/2010.

CATANI, Denise Bárbara; FARIA FILHO, Luciano Mendes de. Um lugar de produção e a produção de um lugar: a história e a historiografia divulgadas no GT História da Educação da ANPEd (1985 – 2000). Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n. 19, p. 113 – 128, Jan/Fev/Mar/Abr. 2002.

CATROGA, Fernando. Memória, História e Historiografia. Coimbra: Quarteto, 2001.

CIAMPI, Helenice. O professor de História e a produção dos saberes escolares: O Lugar da Memória. In: FERREIRA, Antonio C; BEZERRA, Holien G; LUCCA, Tânia Regina de (Orgs.). O Historiador e o seu tempo. São Paulo: Editora UNESP, 2008. p. 203 -221.

DELGADO, Lucilia de Almeida Neves. História Oral, memória, identidades. Belo Horizonte: Autêntica, 2006. p. 15 – 66.

FALCON, Francisco. História cultural e história da educação. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 11, n. 32, p. 328 – 339, maio/ago. 2006.

FELGUEIRAS, Margarida Louro. Pensar a história, repensar o seu ensino. A disciplina de história no 3o ciclo do Ensino Básico: Alguns princípios orientadores da metodologia de ensino. Porto: Porto Editora, 1994. p. 25 – 69.

FENELON, Déa. A questão de Estudos Sociais. In: ZAMBONI, Ernesta. A prática do ensino de história. São Paulo: Vozes/Cedes, 1984. p. 11 – 22.

FERREIRA, Jorge; DELGADO, Lucilia (Orgs.). O Brasil Republicano. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003. 4 volumes.

FERREIRA, Marieta de Moraes. Desafios e dilemas da história oral nos anos 90: o caso do Brasil. História Oral, São Paulo, n. 1, p. 19 – 30, 1998.

FICO, CARLOS; ARAÚJO, Maria Paula (Orgs.). 1964 – 2004: 40 anos do golpe: ditadura militar e resistência no Brasil. Rio de Janeiro: 7Letras, 2004.

FONSECA, Selva Guimarães. O ensino de História e o golpe militar de 1964. In: FICO, CARLOS; ARAÚJO, Maria Paula (Orgs.). 1964 – 2004: 40 anos do golpe: ditadura militar e resistência no Brasil. Rio de Janeiro: 7Letras, 2004. p. 364 – 377.

FONSECA, Selva Guimarães. Ser professor no Brasil: história oral de vida. 3a ed. Campinas/SP: Papirus, 2006.

FONSECA, Thais N. de L História da Educação e História Cultural. In: FONSECA, Thais N. de L; VEIGA, Cynthia Greive (Orgs.). História e Historiografia da Educação no Brasil. Belo Horizonte: Autêntica, 2003.

FONSECA, Thais N. de L; VEIGA, Cynthia Greive (Orgs.). História e Historiografia da Educação no Brasil. Belo Horizonte: Autêntica, 2003.

GASPARELLO, Arllete. Encontros de saberes: as disciplinas escolares, o historiador da educação e o professor. In: MONTEIRO, Ana Maria; GASPARELLO, Arllete;

MAGALHÃES, Marcelo (Orgs.). Ensino de História: sujeitos, saberes e práticas. Rio de Janeiro: Mauad X/FAPERJ, 2007. p. 73 – 89.

GERMANO, José Willington. Estado Militar e Educação no Brasil (1964 – 1985). 2a ed. São Paulo: Cortez, 1995.

GONDRA, José Gonçalves (Org.). Pesquisa em história da educação no Brasil. Rio de Janeiro: DP&A Editora, 2005.

GOODSON, Ivor F. Dar voz ao professor: as histórias de vida do professor e seu desenvolvimento profissional. In: NÓVOA, A (Org.). Vidas de Professores. Porto: Porto Editora, 1992. p. 51 – 77.

GUSMÃO, Emery Marques. Memórias de quem ensina História: Cultura e Identidade Docente. São Paulo: UNESP, 2004.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. 1a ed. 3a reimpressão. São Paulo: Centauro, 2006.

KOSELLECK, Reinhart. Futuro passado: contribuição à semântica dos tempos históricos. Rio de Janeiro: Contraponto/Ed. PUC-Rio, 2006. p. 21 – 60.

LE GOFF, Jacques. Prefácio. In: BLOCH, Marc. Apologia da História. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2001. p. 15 – 34.

LE GOFF, Jacques. História e Memória. 5a ed. Campinas/SP: Editora da UNICAMP, 2003.

LOPES, Eliane Marta Teixeira. História da educação ou educação pela história? Educação em Revista, Belo Horizonte, n. 1, p. 8 – 12, 1985.

MESQUITA, Ilka Miglio de; FONSECA, Selva. Formação de Professores de História: experiências, olhares e possibilidades. Revista de História Unisinos, Minas Gerais, v. 10, n. 3, p. 333 – 343, setembro/dezembro 2006.

MOGARRO, Maria João. Memórias de professores: Discursos orais sobre a formação e a profissão. História da Educação, Pelotas, n. 17, p. 7 – 31, Abril/2005.

NADAI, Elza. O ensino de História no Brasil: trajetória e perspectiva. Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 13, n 25/26, p. 143 – 165, set. 1992/ago. 1993.

NASCIMENTO, Maria Isabel; NASCIMENTO, Manoel Nelito Matheus. O lugar da história na formação do professor, Revista HISTEDBR Online, Campinas/SP, n. 38, p. 186 – 196, Jun./2010.

NASCIMENTO, Thiago Rodrigues. Memórias de quem ensina História: reflexões acerca da formação de professores e a prática docente. In: AYRES, Ana Cléa; GUIMARÃES, Gláucia; MENDES, Regina; DIAS, Rosimeri (Orgs.). Articulando a Universidade e a Escola Básica no Leste Fluminense. Rio de Janeiro: H. P. Comunicação Editora, 2010. p. 17 – 24.

NUNES, Clarice. As políticas educacionais pós-64 e o conflito de representações de uma educação voltada para o trabalho. In: FICO, CARLOS; ARAÚJO, Maria Paula (Orgs.). 1964 – 2004: 40 anos do golpe: ditadura militar e resistência no Brasil. Rio de Janeiro: 7Letras, 2004. p. 351 – 363.

PESAVENTO, Sandra Jatahy. História & História Cultural. 2a ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2008.

POLLAK, Michael. Memória e Identidade Social. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, vol. 5, n. 10, p. 200 – 212, 1992.

REIS FILHO, Daniel Aarão; FERREIRA, Jorge; ZENHA, Celeste (Orgs.). O século XX. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2000. 3 volumes.

REIS FILHO, Daniel Aarão; RIDENTI, Marcelo; MOTTA, Rodrigo (Orgs.). O golpe e a ditadura militar: 40 anos depois (1964 – 2004). Bauru/SP: EDUSC, 2004.

REZNIK, Luís. A construção da memória no ensino da História. In: FICO, CARLOS; ARAÚJO, Maria Paula (Orgs.). 1964 – 2004: 40 anos do golpe: ditadura militar e resistência no Brasil. Rio de Janeiro: 7Letras, 2004. p. 339 – 350.

ROMANELLI, Otaíza de Oliveira. História da Educação no Brasil (1930/1973). 32a edição. Petrópolis: Vozes, 2007.

ROUSSO, Henry. A memória não é mais o que era. In: FERREIRA, Marieta de Morais; AMADO, Janaína (Orgs.). Usos & Abusos da História Oral. 5a ed. Rio de Janeiro: Ed. FGV, 2002. p. 93 – 101.

SARLO, Beatriz. Tempo Passado: cultura da memória e guinada subjetiva. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

SILVEIRA, João Batista da. A política de formação de professores de história no Regime Civil-Militar: A criação da Licenciatura Curta em Estudos Sociais. 2008. 159 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, PUC/Campinas, 2008.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO (Org.). Educação no Brasil: História e Historiografia. Campinas/SP: Autores Associados, 2001.

THOMPSON, Paul. História e Comunidade. In: THOMPSON, Paul. A Voz do Passado. 2a ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992. p. 20 – 40.

VIDAL, Diana Gonçalves; FARIA FILHO, Luciano Mendes de. História da educação no Brasil: a constituição histórica do campo (1880 – 1970). Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 23, n. 45, p. 37 – 70, 2003.

WARDE, Mirian Jorge. Contribuições da história para a educação. Em Aberto, Brasília, ano 9, n. 47, p. 3 – 11, Jul./Set. 1990.

Downloads

Como Citar

NASCIMENTO, T. R. História da educação e memórias de professores. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 11, n. 43, p. 268–284, 2012. DOI: 10.20396/rho.v11i43.8639942. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8639942. Acesso em: 20 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos