Instrução pública nos relatórios oficiais e na correspondência do império: bispo, asilo e ultramontanismo

Autores

  • Fernando Arthur de Freitas Neves Universidade Federal do Pará (UFPA)

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v11i43e.8639962

Palavras-chave:

Instrução pública. Caridade. Previdência social. Trabalho. Instrução religiosa

Resumo

A caridade no império do Brasil da segunda metade do século XIX foi um dos instrumentos para viabilizar a Instrução Pública. A educação voltada para o trabalho teve na igreja do Pará um defensor que mobilizou a sociedade civil e o estado para confiarem esta tarefa à religião oficial do império como um agente de modernização. Esta ação constituía parte da pastoral de D. Macedo Costa de solidificar o campo católico ante as transformações em curso no mundo do trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando Arthur de Freitas Neves, Universidade Federal do Pará (UFPA)

Professor Associado I da Universidade Federal do Pará.

Referências

BAENA, Manuel. Informações sobre as Comarcas do Pará. Belém - Typ. Francisco Costa Junior, 1885.

BUARQUE, Manuel. Recordações do Xingu. Belém - Papelaria Suissa, 1940. Murasse, Celina Midori. A educação no processo de organização e consolidação do império do Brasil: o pensamento de Bernardo Pereira de Vasconcellos (1795-1850) e de Zacarias de Góes e Vasconcellos (1815-1877).http://www.histedbr.fae.unicamp.br/acer_histedbr/seminario/seminario7/TRABALHOS/C/Celina%20Midori%20Murasse.pdf.Capturado em 25/6/2011.

PENNA, DomingosSoaresFerreira. Obras completas de DomingosSoaresFerreiraPenna. Belém: Conselho Estadual de Cultura, 1971-1973. 2 v. (Coleção Cultura ParaenseInácio Moura)

PENNA, DomingosSoaresFerreira. Noticia geral das Comarcas de Gurupá e Macapa ́. Belém - Typ. Diário do Gram - Pará, 1874.

RIZZINI, Irma; ARAUJO, S. O século das luzes na Amazônia: a instrução pública nas províncias do Pará e Amazonas no Brasil imperial. In: GONDRA, José Gonçalves;

SCHNEIDER, Omar. (Org.). Educação e Instrução nas Províncias e na Corte Imperial (Brasil, 1822-1889). 1 ed. Vitória: EDUFES, 2011, v. 1, p. 15-48.

SANTA ROSA, Henrique Américo. Historia do Rio Amazonas. Belem: Diario Official, 1895.

WAGLEY, Charles. Uma comunidade Amazonica: estudo de homem nos trópicos. São Paulo: Ed. Nacional; Brasília, DF: INL, 1977.

WALLACE, Alfred Russel. Viagens pelo Amazonas e Rio Negro. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1939.

Downloads

Como Citar

NEVES, F. A. de F. Instrução pública nos relatórios oficiais e na correspondência do império: bispo, asilo e ultramontanismo. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 11, n. 43e, p. 211–223, 2012. DOI: 10.20396/rho.v11i43e.8639962. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8639962. Acesso em: 22 jan. 2022.

Edição

Seção

Artigos