Museu da educação amazônico

Autores

  • Maria José Aviz Rosário Universidade Federal do Pará
  • Celita Maria Paes de Sousa Universidade Federal do Pará
  • Maria de Fátima Matos de Souza Universidade Federal do Oeste do Pará

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v12i48.8640007

Palavras-chave:

Museu da educação. Acervos e fontes. História da educação

Resumo

Este artigo reúne elementos para discussão de uma aproximação teórico- metodológica acerca da constituição e organização do Museu da Educação Amazônico como guardião de fontes que registram a história da educação da Amazônia. Parte da tese de que à constituição do museu é uma necessidade imperiosa para a guarda, preservação e reflexão permanente da história e memória da educação da Amazônia. Objetiva disponibilizar a comunidade ligada à pesquisa, à extensão e ensino no campo da História da Educação, elementos iniciais ao debate sobre fontes e materiais amalgamadores de novos conhecimentos à sedimentação em história e historiografia da educação Amazônica, a partir do espaço museológico. Sua estruturação situa o estudo apresentando a temática o objeto e o problema de estudo, evidenciando as principais mediações quando da articulação, elaboração e execução da proposta de constituição do museu. Em sua conclusão preliminar apresentam-se dados analisados que resultam nos primeiros achados da pesquisa, tais como, percalços para a efetivação da ideia em torno da criação do museu, como espaço de referência para a pesquisa em história da Educação da Amazônia e destruição de acervos importantes de instituições escolares, a exemplo do Grupo Escolar Padre Luiz Gonzaga, de Bragança – PA. Os dados mostram que a instituição sofre com a falta de tratamento, organização e acondicionamento adequado de acervos documental, iconográfico, cartográfico, artístico e estatístico e outros materiais importantes do registro de sua trajetória, como os que indicam a sua criação relacionada à articulação da proposta de expansão da educação primária nos anos de 1960; sua constituição em uma das instituições escolares mais importantes de formação do povo bragantino, no Século XX e, por conseguinte da Amazônia; a proposta de um modelo pedagógico, baseado no respeito e disciplina, amor à pátria; o acesso ao ensino primário público; da influência da igreja católica da distribuição de merenda escolar e; da indumentária das professoras. Esses dados iniciais são elementos significativos para se afirmar a necessidade imperiosa da criação do Museu da Educação Amazônico como espaço de produção de novos conhecimentos à área de história da Educação e a história e memória da educação amazônica, em última análise do povo da Amazônia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria José Aviz Rosário, Universidade Federal do Pará

Professora do ICED/UFPA

Celita Maria Paes de Sousa, Universidade Federal do Pará

Professora do ICED/UFPA

Maria de Fátima Matos de Souza, Universidade Federal do Oeste do Pará

Professora do CDI/UFOPA

Referências

BITTENCOURT, Ana Pamira. A Pesquisa e a Preservação de Arquivos e Fontes para a Educação, Cultura e Memória. São Paulo – Campinas: Editora Alínea e Átomo, 2009

CHAGAS, Mário de Souza e NASCIMENTO JUNIOR, José do(organizadores).Subsídios para a criação de Museus Municipais Rio de Janeiro, RJ: Ministério da Cultura/Instituto Brasileiro de Museus e Centros Culturais/Departamentode Processos Museais, 2009. 40p.ISBN 978-85-7334-125-6

CENTRO DE PESQUISA E DOCUMENTAÇÃO DA História CONTEMPORÂNEA BRASILEIRA – CPDOC. Guia brasileiro de fontes para a história da África, da escravidão negra e do negro na sociedade atual. Fundação Getúlio Vargas

CENTRO DE PESQUISA E DOCUMENTAÇÃO DA História CONTEMPORÂNEA BRASILEIRA – CPDOC. Guiade acervos bibliográficos e arquivistas de ex-presidentes da República. Fundação Getúlio Vargas

BÓRIS, Fausto. História do Brasil. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2002

HISTEDBR. Cartografia das fontes documentais para a história da Educação Maranhense no período imperial. HISTEDBR – Maranhão

LE GOFF.J. História e Memória. Campinas São Paulo: Ed. UNICAMP, 1992.

MAGALHÃES, Lívia Diana R. Museu pedagógico:o professor de catalogação das fontes documentais e escolares em Vitória da Conquista.http://www.histedbr.fae.unicamp.br/navegando/artigos_frames/artigo_058.html. Acesso em 8/04/11, às 10:00h.

NUNES, Clarice. Guia preliminar de fontes para a história da educação. Brasília: INEP, 1992.

ROSÁRIO, Maria José Aviz.A organização da educação no Município de Belém – PA, de 1937 a 1945. Piracicaba-SP: Dissertação (D). Universidade Metodista de Piracicaba - UNIMEP, 1998.

ROSÁRIO, Maria José Aviz. O PCB E A ORGANIZAÇÃO DO ENSINO PÚBLICO PRIMÁRIO DE BELÉM DO PARÁ (1945 a 1964). São Carlos - SP, Tese (T). Universidade Federal de São Carlos - UFSCAR, 2006

SAVIANI, Dermeval. O local e o nacional na historiografia da educação brasileira. São Paulo – Campinas: Editora Alínea, 2008

Downloads

Como Citar

ROSÁRIO, M. J. A.; SOUSA, C. M. P. de; SOUZA, M. de F. M. de. Museu da educação amazônico. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 12, n. 48, p. 40–49, 2013. DOI: 10.20396/rho.v12i48.8640007. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640007. Acesso em: 20 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)