Globalização e a mudança do papel da universidade federal brasileira: uma perspectiva da economia política

Autores

  • João dos Reis Silva Júnior Universidade Federal de São Carlos
  • Eric Spears Mercer University

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v12i47.8640036

Palavras-chave:

Mobilidade acadêmica. Globalização da educação superior pública. Mercantilização da educação superior. Globalização da economia

Resumo

A proposta deste artigo é analisar a atual fase de internacionalização da educação superiore suas conseqüências para este setor social no Brasil, considerando a hipótese de que esteprocesso ocorrido em outros momentos da história da educação brasileira orientava-sepredominantemente por demandas acadêmicas dos alunos e professores, mas, naatualidade, em face da globalização da economia capitalista, o que assistimos é umaglobalização da educação superior pública motivada por demanda econômica e parte daglobalização da economia com conseqüências o seu papel sócio-econômico e peloestabelecimento de uma hierarquia das áreas do conhecimento orientada pela globalizaçãodo capital financeiro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João dos Reis Silva Júnior, Universidade Federal de São Carlos

Prof. Dr. João dos Reis Silva Júnior. Professor Associado da Universidade Federal de São Carlos, Livre-Docente em Educação pela USP e Senior Research Fellow at the Brazil Institute at Mercer University (USA).

Eric Spears, Mercer University

Dr. Eric Spears. Director of International Programs / BRIM - The Brazil Institute at Mercer Assistant Professor of Geography at Mercer University

Referências

BRASIL. Ministério da Educação. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Plano Nacional de Pós-Graduação - PNPG (2011-2020). Brasília, DF: CAPES, 2 v. dez 2010.

BRASIL. Ministério da Educação. Coordenação do Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Cadernos de Indicadores. Brasília: MEC/CAPES http://geocapes.capes.gov.br/geocapesds/# Acesso: 12/10/2011.

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Sinopses estatísticas da educação superior. Brasília: MEC/INEP http://portal.inep.gov.br/superior-censosuperior-sinopse Acesso: 12/10/2011.

CHESNAIS, François. A mundialização do capital. São Paulo: Xamã, 1996.

CHESNAIS, François. Introdução. In: CHESNAIS, F. (org.) A Mundialização Financeira – Gênese, Custos e Riscos. São Paulo: Xamã, 1998.

CHESNAIS, François. O Capital Portador de Juros; acumulação, internacionalização, efeitos econômicos e políticos. In: CHESNAIS, F. (org.). A Finança Mundializada. São Paulo, Boitempo, 2005.

GÜRÜZ, Kemal (2011). Higher education and international student mobility in the global knowledge economy. Albany: State University of New York Press.

HARVEY, David. Condição pós-moderna. Rio de Janeiro: Edições Loyola, 1994.

IPEA. Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas. Séries Investimentos Diretos Estrangeiros no país, anual de 1947 até 2011.Brasília: IPEA http://www.ipeadata.gov.br Acesso:28/08/2012.

LINDLOF, T. R., & Taylor, B. C. (2002). Qualitative Communication Research Methods, 2nd Edition. Thousand Oaks, CA: Sage.

MELO, Marcus et al.. State capacity and institutional change: a case study of telecom regulation in Brazil. http://bresserpereira.org.br/recipient3.asp?cat=103. Access in September 21, 2012.

NEWMAN, F. and COUTURIER, L.. The new competitive arena: markets forces invade the academy. The Futures Project. 2001

PAULANI, Leda; OLIVEIRA. Francisco. Financialization and barbarism: a Perspective from Brazil. In: BOWLES, P. et al. National perspectives on globalization. Hamshire: Palgrave-Macmillian, 2007.

SERFATI, Claude. O papel dos grupos predominantemente industriais na financeirização da economia. In: CHESNAIS, F. A Mundialização Financeira – Gênese, Custos e Riscos. São Paulo: Xamã, 1998. p. 141-181.

SGUISSARDI, Valdemar. Modelo de Expansão da Educação Superior no Brasil: predomínio privado/mercantil e desafios para a regulação e a formação universitária. Educação & Sociedade. Campinas: CEDES, v. 29, n. 105, p. 991-1022, 2008.

SGUISSARDI, Valdemar; SILVA JÚNIOR, João dos Reis. Trabalho Intensificado nas Federais – pós-graduação e produtivismo acadêmico. São Paulo: Xamã, 2009.

SILVA JÚNIOR, João dos Reis; SGUISSARDI, Valdemar. Formas e Razões da Expansão da Educação Superior no Brasil. In: MANCEBO, Deise; JACOB, Vera; BITTAR, Mariluce. A expansão da educação superior pós-LDB. Maringá: EDUEM, 2012. p. 7-33. Stiglitz, Joseph. Globalization and its Discontents (2002) X Congreso Internacional del CLAD sobre la Reforma del Estado y de la Administración Pública, Santiago, Chile, 18 - 21 Oct. 2005.

Swyngedouw, E. "Nem global nem local:" glocalização "ea política de escala." Em Espaços de Globalização: Reafirmando o poder do local , ed. Cox, K, 137 - 166. New York / London: Guilford / Longman, 1997.

TAVARES, Maria da Conceição. Da fronda ao front. Entrevista. São Paulo, Boitempo Editorial. Revista Praga,n. 2, p. junho de 1997. United Nations Statistics Division - UNSD (2012). http://en.wikipedia.org/wiki/United_Nations_Statistics_Division. Access in September 20, 2012.

WALDAVSKY, Bem. The great brain race: how the global universities reshaping the world. New Jersey: Princeton University Press, 2010.

Downloads

Como Citar

SILVA JÚNIOR, J. dos R.; SPEARS, E. Globalização e a mudança do papel da universidade federal brasileira: uma perspectiva da economia política. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 12, n. 47, p. 3-23, 2012. DOI: 10.20396/rho.v12i47.8640036. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640036. Acesso em: 30 out. 2020.

Edição

Seção

Artigos