José de Anchieta, o teatro e a educação dos moços do Colégio de Jesus na Bahia do século XVI

Autores

  • Paulo Romualdo Hernandes Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v12i47.8640037

Palavras-chave:

Teatro jesuítico. Brasil quinhentista. José de Anchieta. Pedagogia-brasílica

Resumo

Este estudo trata do teatro educativo jesuítico no Brasil do século XVI. Aborda o teatro deAnchieta e tem como objeto específico de pesquisa a peça “Diálogo de Pero Dias”, queteria sido apresentada no Colégio de Jesus na ciudad do Salvador, na Bahia. Um auto nafórmula de diálogo, por meio de perguntas e respostas, como o catecismo tridentino,preparadas para a catequese. Diálogo que teria como espectadores, provavelmente, oscolonos, viajantes, homens do governo, soldados, mas como alvo principal de seusensinamentos os “moços” do colégio. O objetivo deste estudo é fazer uma nova leituradessa peça de Anchieta para resgatar, a partir de uma leitura crítica baseada em Foucault,os ensinamentos que os padres jesuítas pretendiam para os “moços”, mas também paraoutras personagens sociais do Brasil do século XVI.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Romualdo Hernandes, Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL

Membro permanente do programa de pós-graduação stricto sensu História Ibérica da Universidade Federal de Alfenas

Referências

AGNOLIN, A. Jesuítas e selvagens: o encontro catequético no século XVI. Revista de História, v. 144, 2001. Disponível em: http://www.scielo.br. Acesso em: nov. 2011.

ANCHIETA, J. Cartas: informações, fragmentos históricos e sermões. Belo Horizonte: Itatiaia; São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1988.

ANCHIETA, J. Teatro de Anchieta: obras completas; originais acompanhados de tradução versificada, introdução e notas Pe. Armando Cardoso. São Paulo: Loyola, 1977.

BATAILLE, G. O Erotismo. Tradução de João Bernard da Costa. 3. ed. Lisboa: Edições Antígona, 1988.

BERNARDES, J. A. C. Actas do Congresso Internacional, Anchieta em Coimbra (1548-1998). Porto: Edição da Fundação Eng. Antonio de Almeida Porto, 2000.

BITTAR, M. O estado da arte em história da educação brasileira após 1985: um campo em disputa. In: LOMBARDI, J. C.; SAVIANI, D.; NASCIMENTO, M. I. M. (Orgs.). Navegando pela história da educação. Campinas: HISTEDBR, 2006.

BITTAR, M; FERREIRA, A. A pesquisa em história da educação colonial. In: PAIVA, J. M.; BITTAR, M.; ASSUNÇÃO, P. (Orgs.). Educação, história e cultura no Brasil colonial. São Paulo: Arké, 2007.

BITTAR, M; FERREIRA, A. História, epistemologia marxista e pesquisa educacional brasileira. Educação e Sociedade, v. 30, n. 107, p. 489-511, 2009.

CARDIM, F. Tratados da terra e gente do Brasil. Introdução de Rodolfo Garcia. Belo Horizonte: Itatiaia; São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1980.

CAXA, Quirício e RODRIGUES, Pero. Primeiras Biografias de José de Anchieta; introduções e notas do Pe. Helio Abranches Viotti, S.J., São Paulo: Edições Loyola, 1988.

CONSTITUIÇÕES da Companhia de Jesus e normas complementares. São Paulo: Edições Loyola, 1997.

DANTE. A Divina Comédia: Paraíso. Tradução e notas de Italo Eugênio Matos. São Paulo: Ed. 34, 1998

FEBVRE, L. Au coeur religieux du XVI siècle. 2. ed. Paris: Bibliothèque Générale de L'École Pratique des Hautes Études, 1968.

FEBVRE, L. O problema da descrença no século XVI: a religião de Rabelais. Tradução de Rui Nunes. Lisboa: Editorial Início, 1970.

FERREIRA JÚNIOR, A.; BITTAR, M. Pluralidade lingüística, escola de bê-a-bá e teatro jesuítico no Brasil do século XVI. Educação e Sociedade, v. 25, n. 86, p. 472-482, 2004.

FOUCAULT, M. Estética, literatura e pintura, música e cinema. Tradução de Inês Autran Dourado Barbosa. 2. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2009.

HANSEN, J. A. Alegoria: construção e interpretação da metáfora. 2. ed. São Paulo: Atual, 1987.

HERNANDES, P. R. Meraviglia o teatro de José de Anchieta. 2006. Tese (Doutorado) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas.

HERNANDES, P. R. Os exercícios espirituais e o teatro. In: PAIVA, J. M.; BITTAR, M.; ASSUNÇÃO, P. (Orgs.). Educação, história e cultura no Brasil colonial. São Paulo: Arké, 2007.

HERNANDES, P. R. Os Exercícios Espirituais e a Companhia de Jesus. Revista do HISTEDBR Online, n. 30, 2008. Disponível em: http://www.histedbr.fae.unicamp.br/revista/edicoes30/art18_30.pdf. Acesso em: nov. 2011.

LEITE, S. S. J. Cartas dos primeiros jesuítas do Brasil – 1538-1553. São Paulo: Comissão do IV centenário da cidade de São Paulo, 1954a. v. 1.

LEITE, S. S. J. Cartas dos primeiros jesuítas do Brasil – 1553-1558. São Paulo: Comissão do IV centenário da cidade de São Paulo, 1954b. v. 2.

LEITE, S. S. J. História da Companhia de Jesus no Brasil. Organização de César Augusto dos Santos et al. São Paulo: Edições Loyola, 2004. v. 1.

LEITE, S. S. J. Monumenta Brasiliae – 1563-1568. Coimbra: Tipografia da Atlântica, 1960.

LOYOLA, I. Exercícios Espirituais. Orientação de tradução e anotações de Padre Géza Kövecses S. J. 3. ed. Porto Alegre, 1966.

NÓBREGA, M. Cartas Jesuíticas 1. Belo Horizonte: Itatiaia; São Paulo: Editora Universidade de São Paulo, 1988.

SANTA TEREZA D'AVILA. Escritos de Tereza de Ávila. Tradução de Adail Ubirajara Sobral, Maria Stela Gonçalves, Marcos Marcionilo, Madre Maria José de Jesus. São Paulo: Edições Loyola, 2001.

VAINFAS, R. A heresia dos índios: catolicismo e rebeldia no Brasil colonial. São Paulo: Companhia da Letras, 1995.

VEYNE, P. M. Como se escreve a história: Foucault revoluciona a história. Tradução de Alda Baltar e Maria Auxiliadora Kneepp. 4. ed. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2008.

Downloads

Como Citar

HERNANDES, P. R. José de Anchieta, o teatro e a educação dos moços do Colégio de Jesus na Bahia do século XVI. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 12, n. 47, p. 24–42, 2012. DOI: 10.20396/rho.v12i47.8640037. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640037. Acesso em: 20 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos