A figura de Baden-Powell no cenário educacional do século XX: um novo olhar sobre sua história de vida

Autores

  • Ricardo Rocha Rabelo Universidade Tiradentes (UNIT)
  • Raylane Andreza Dias Navarro Barreto Universidade Tiradentes (UNIT)

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v12i47.8640045

Palavras-chave:

Baden-Powell. Gentleman. Intelectual

Resumo

Baden-Powell nasceu na Inglaterra no dia 22 de fevereiro do ano de 1857. Em 1907 fundao Escotismo, a partir de uma experiência em forma de acampamento envolvendo vintejovens ingleses, na ilha de Brownsea, o qual torna-se uma das práticas educativas maisdisseminadas no mundo ao longo do século XX. Este artigo tem como objeto de estudo ahistória de vida de Baden-Powell, detacando sua atuação militar, como escritor e comofundador do Escotismo. O objetivo é sua história de vida a partir de um outro olhar, a partirdas categorias propostas por Sirinelli – a de intelectual – e da concepção de John Locke –a de gentleman. Pudemos constatar que ele foi um intelectual e um gentleman, o que otorna uma figura importante do século XX. A pesquisa é do tipo bibliográfica e seu trato équalitativo. As fontes utilizadas são obras do próprio Baden-Powell, de militantes doMovimento Escoteiro e de pesquisadores da temática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Rocha Rabelo, Universidade Tiradentes (UNIT)

Mestrando em Educação pela Universidade Tiradentes. Especialista em Metodologia do ensino pela Universidade Federal de Sergipe. Graduado em Educação Física pela Universidade Tiradentes (UNIT). Membro do Grupo de Pesquisa em História das práticas educacionais – GPHPE.

Raylane Andreza Dias Navarro Barreto, Universidade Tiradentes (UNIT)

Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Docente do programa e pós-graduação em Educação da Universidade Tiradentes (UNIT). Membro do Grupo de Pesquisa em História das práticas educacionais – GPHPE.

Referências

BOULANGER, Antonio. O Chapelão: Histórias da vida de Baden-Powell.Rio de Janeiro: Letra Capita, 2000.

CHARTIER, Roger. História Cultural: Entre práticas e representações. – Rio de Janeiro: Bertand Brasil, 1990.

COMENIUS, John. Didática Magna. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

LE GOFF, Jacques. “Documento/monumento”. In: Enciclopédia Einaudi. Memória – História. Porto: Imprensa Nacional/Casa da Moeda. V. 1, 1984.

LOCKE, J. Pensamientos sobre la educación. Madrid: Ediciones Akal, 1986.

NASCIMENTO, Jorge Carvalho. (Org.). A Pedagogia do escotismo: o lord Baden-Powell e as reformas educacionais da primeira metade do século XX. In: Problemas de educação escolar e extra-escolar. – São Cristóvão: Editora UFS, 2005.

PEREIRA, Ana Paula Costa. Educação não-formal tendo como exemplo de modelo pedagógico o método escoteiro. Monografia de conclusão de curso de graduação como Bacharel em Pedagogia. Rio de Janeiro: Univercidade, 2004.

POWELL, Baden Lord. Caminho para o sucesso. 2a ed. Rio de Janeiro: Editora Escoteira. 1984.

ROBLEÑO, Fernando. Alerta aos 100 anos! Disponível em: http://www.revistapremier.com.br/site/Post/Post.aspx?id=884 . Acesso em 20 de abril de 2011.

ROUSSEAU, J. J. Emílio ou Da Educação. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

SIRINELLI, Jean François. Os intelectuais. In: RÉMOND, Renê. (Org.) Por uma História Política. Rio de janeiro: Editora UFRJ: Fundação Getúlio Vargas. 1996. P. 231-269.

THOMÉ, Nilson. Movimento Escoteiro: Projeto Educativo Extra-Escolar. Revista HISTEDBR. Campinas, n. 23, p. 171-194, set. 2006.

Downloads

Como Citar

RABELO, R. R.; BARRETO, R. A. D. N. A figura de Baden-Powell no cenário educacional do século XX: um novo olhar sobre sua história de vida. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 12, n. 47, p. 154–165, 2012. DOI: 10.20396/rho.v12i47.8640045. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640045. Acesso em: 19 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)