A educação corporal em Baden-Powell: o movimento escoteiro contra o intelectualismo escolar

Autores

  • Carlos Herold Junior UNICENTRO
  • Alexandre Fernandez Vaz UFSC

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v12i47.8640046

Palavras-chave:

Corpo. Baden-Powell. Escotismo. História da Educação

Resumo

O objetivo principal deste estudo é analisar o pensamento de Baden-Powell, fundador doescotismo. Para esse fim, utilizamos livros escritos pelo chefe escoteiro entre 1908 a 1939,dando especial atenção à leitura que ele fez de sua realidade e da importância da educaçãodo corpo praticada no escotismo. Dividimos o texto em três partes: na primeira, vemoscomo Baden-Powell analisava o contexto no qual viveu e destacamos os problemas moraisque ele enxergava na sua sociedade. Em seguida, estudamos suas críticas dirigidas àeducação então existente na Inglaterra. Finalmente, examinamos como o escotismo foivisto como uma proposta para contornar os tais problemas. Como conclusão, constatamosque uma das bases da expansão do escotismo nas primeiras décadas do século XX, é aimportância atribuída por Baden-Powell ao desenvolvimento da saúde, força e virilidade,cultivadas por meio de várias atividades corporais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Herold Junior, UNICENTRO

Foi professor da Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO de 1999 a 2013, atuando na graduação em pedagogia e no programa de pós-graduação em educação.

Alexandre Fernandez Vaz, UFSC

Professor permanente dos programas de Pós-graduação em Educação (mestrado e doutorado) e Interdisciplinar em Ciências Humanas (Doutorado), e coordenador do Núcleo de Estudos e Pesquisas Educação e Sociedade Contemporânea, onde orienta alunos e pesquisadores desde o PIBIC-EM (Ensino Médio) até o pós-doutorado.

Referências

BADEN-POWELL, Robert. Scouting for boys. London: H.Cox, 1908.

BADEN-POWELL, Robert. What Scouts can do: more yarns.1921

BADEN-POWELL, Robert. Rovering to success: a book o life-sport for young men. London: J. Jenkis, 1922.

BADEN-POWELL, Robert. Scouting and youth movements. London: Ernest Benn Limited, 1929.

BADEN-POWELL, Robert. Lessons from the varsity of life. 1933

BADEN-POWELL, Robert. Paddle your own canoe. London: Furnell and sons, 1939.

BAUBÉROT, Arnaud. Histoire du naturisme: le mythe du retour à la nature. Rennes: Presses Universitaires de Rennes, 2004.

BLOWER, Bernard David. História do escotismo brasileiro. Rio de Janeiro: Centro Cultural do Movimento Escoteiro, 1994.

CHILDS, Michael J. Labour ́s apprentices: working-class lads in late victorian and edwardian England. Montreal: Mcgill-Queen ́s University Press, 1995.

FERREIRA NETO, Amarílio; NEITZEL, Fernanda Mutz, (2006). “Didatics”, games, scouts, physical, psychological and moral formation of a child. The FIEP bulletin, Foz do Iguaçú - PR, v. 76, n. I, p. 284-287. Disponível em http://www.proteoria.org/ Acesso em 21/08/2009

GABRIEL, Yara Cristina. Prescrições cívico-morais e a formação do cidadão: um estudo sobre a introdução do escotismo nas escolas públicas de São Paulo (1917-1922). Dissertação de mestrado, Mestrado em Educação: História, Política, Sociedade da PUC-SP. São Paulo, 2003. 103p.

HEROLD JUNIOR, Carlos. A educação corporal no Paraná através do movimento escoteiro em Guarapuava (1927-1936). Educ. rev., Belo Horizonte, v. 27, n. 2, Aug. 2011 . Available from http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-46982011000200007&lng=en&nrm=iso. access on 01 Feb. 2012. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-46982011000200007

JEAL, Tim. Baden-Powell: founder of the boy scouts. New Haven: Yale University Press, 2001.

LINHALES, Meily Assbú. A escola e o esporte: uma história de práticas culturais. São Paulo: Cortez, 2009.

MACDONALD, Robert H. Sons of the Empire: the Frontier and the Boy Scout Movement, 1890-1918. Toronto: University of Toronto Press, 1993.

MACLEOD, David. Building Character in the american boy: the boy scouts, YMCA, and their forerunners, 1870-1920. London: The University of Wisconsin Press, 1983.

NASCIMENTO, Adalson de Oliveira. Educação e civismo: movimento escoteiro em Minas Gerais (1926-1930). Revista Brasileira de História da Educação, 2004, n.7, p.43-74.

NASCIMENTO, Jorge Carvalho do. A escola de Baden-Powell: cultura escoteira, associação voluntária e escotismo de estado no Brasil. Rio de Janeiro: Imago, 2008.

ROSENTHAL, Michael. The character factory: Baden-Powell and the origins of the boy scout movement. London: Collins, 1986.

PROCTOR, Tammy. “On my honour”: Guides and Scouts in interwar Britain. Philadelphia: Transactions of the American Philosophical Society, 2002. v.92, part 2.

PUCHTA, Diogo Rodrigues, (2007). A formação do homem forte: educação física e gymnastica no ensino público primário paranaense (1882-1924). Dissertação de Mestrado. Curso de Pós-graduação em Educação da UFPR. Disponível em http://dspace.c3sl.ufpr.br/dspace/bitstream/1884/13313/1/Disserta%c3%a7%c3%a3o%20Diogo%20Rodrigues%20Puchta%20Vers%c3%a3o%20Final%20Depositada.pdf Acesso em 23/05/2009.

SOUZA, Rosa Fátima de. A militarização da infância: expressões do nacionalismo na cultura brasileira. Cadernos CEDES, ano XX, n.52, 2000, p.104-121.

SCHARADGRODSKY, Pablo Ariel. El scautismo em la educación física bonaerense: Argentina o acerca del buen encauzamiento varonil (1914-1916). Revista Brasileira de Ciências do Esporte, v.29, n.3, 2008,p. 155-177.

SOUZA, Rosa Fátima de. Alicerces da Pátria: história da escola primária no Estado de São Paulo (1890-1976). Campinas – SP: Mercado das Letras, 2009.

TABORDA DE OLIVEIRA, Marcus Aurélio. Educando pelo corpo: saberes e práticas na instrução pública primária paranaense (finais do séc. XIX, início do séc. XX). Anais do XV Conbrace e II Conice. 2007 Disponível em http://www.cbce.org.br/cd/resumos/222.pdf Acesso em 11/09/2009

THOMÉ, Nilson. Escotismo - caminho para novas emoções: apreciações sobre o Movimento Escoteiro enquanto prática educativa. Edição do autor: Caçador-SC, 2010.

THOMÉ, Nilson. Movimento escoteiro: projeto educativo extra-escolar, Revista HISTEDBR-Online, Campinas, n.23, 2006, p.171-194.

WATT, Carey. “No showy muscles”: the boy scouts and the global dimension of physical culture and bodily health in Britain and colonial India. In: BLOCK, N.;PROCTOR, T. M. (orgs.) Scouting Frontiers: youth and the scout movement ́s first century. Newcastle upon Tyne: Cambridge Scholars Publishing, 2009.p.121-142.

ZUQUIM, Judith; CYTRYNOWICZ, Roney. Notas para uma história do escotismo no Brasil: a “psicologia escoteira” e a teoria do caráter como pedagogia de civismo. (1914-1937). Educação em Revista, Belo Horizonte, n.35, 2002, p.43-58.

Downloads

Como Citar

HEROLD JUNIOR, C.; VAZ, A. F. A educação corporal em Baden-Powell: o movimento escoteiro contra o intelectualismo escolar. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 12, n. 47, p. 166–184, 2012. DOI: 10.20396/rho.v12i47.8640046. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640046. Acesso em: 20 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>