O Grupo Escolar Visconde de Guarapuava: escotismo e escolarização das atividades corporais no interior do Paraná (1920-1930)

Autores

  • Carlos Herold Junior UNICENTRO
  • Alexandre Fernandez Vaz UFSC

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v12i45e.8640104

Palavras-chave:

Instituições escolares. Grupos Escolares. Guarapuava. Escotismo. Educação Física. Corpo

Resumo

O objetivo deste trabalho é analisar a educação do corpo praticada pelo escotismo no interior do Grupo Escolar Visconde de Guarapuava, no período de 1920 e 1930. Utilizando-se de vários tipos de fontes primárias, priorizamos os jornais publicados na cidade para defender a seguinte hipótese: a conjugação da estrutura institucional do grupo escolar e das atividades escoteiras colaborou para a escolarização das atividades corporais e para a divulgação de modernidades pedagógicas no interior do Paraná. O texto foi dividido em duas partes: na primeira levantamos variáveis históricas de grande relevância para a história educacional de maneira geral: 1) o surgimento dos grupos escolares, 2) os debates sobre a educação física e 3) o surgimento do escotismo. Na segunda parte, analisamos essas variáveis no contexto do Grupo Escolar Visconde de Guarapuava.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Herold Junior, UNICENTRO

Desde julho de 2013 atua no Departamento de Educação Física da Universidade Estadual de Maringá - UEM, lecionando na graduação em Educação Física e como docente permanente no Programa de Pós-Graduação Associado em Educação Física UEM/UEL (PEF) e no Programa de Pós-Graduação em Educação da UEM (PPE)

Alexandre Fernandez Vaz, UFSC

É professor permanente dos programas de Pós-graduação em Educação (mestrado e doutorado) e Interdisciplinar em Ciências Humanas (Doutorado), e coordenador do Núcleo de Estudos e Pesquisas Educação e Sociedade Contemporânea, onde orienta alunos e pesquisadores desde o PIBIC-EM (Ensino Médio) até o pós-doutorado.

Referências

ALERTA!, Guarapuava, n. 11, (30/06/1929) p. 1.

ALERTA ! Guarapuava, n. 13, (21/07/1929), p. 1.

ALERTA! Guarapuava. n. 9, (16/06/1929).p. 3.

AMARAL, Mari Lúcia do; HEROLD JUNIOR, Carlos. Representações sobre a relação entre educação e modernização Guarapuava-PR entre 1930 e 1960. Revista Histedbr Online, Campinas, n. 38, p. 36-48, jun. 2010.

ASSOCIAÇÃO PARANAENSE DE ESCOTEIROS. Estatutos da Associação Paranaense de Escoteiros. Coritiba, 1918.

AZEVEDO, Fernando de. A poesia do corpo. Belo Horizonte : Imprensa Official do Estado de Minas, 1915.

BRUHNS, Heloisa Turini. O corpo parceiro e o corpo adversário. Campinas: Papirus, 1993.

BLOWER, Bernard David. História do escotismo brasileiro. Rio de Janeiro: Centro Cultural do Movimento Escoteiro, 1994.

COLÉGIO ESTADUAL VISCONDE DE GUARAPUAVA. Projeto Político Pedagógico. Guarapuava, 2010. Disponível em http://www.grpvisconde.seed.pr.gov.br/redeescola/escolas/14/950/1645/arquivos/File/PPP/ppp_visconde_2012_14_02.pdf , Acesso em 27/03/2012.

BENCOSTTA, Marcus Levy Albino. Grupos escolares no Brasil: um novo modelo de escola primária. In: STEPHANOU, Maria; BASTOS, Maria Helena Camara (orgs.) Histórias e memórias da educação Brasil: Século XX. Petrópolis-RJ: Editora Vozes, 2005. p.68-76. v.III.

ESTADO DO PARANÁ. Consulta escolas. Disponível em http://www4.pr.gov.br/escolas/turma_matricula.jsp Acesso em 27/03/2012.

ESTADO DO PARANÁ. Consulta escolas. Disponível em http://www4.pr.gov.br/escolas/cpfuncional_regencia.jsp Acesso em 27/03/2012.

GABRIEL, Yara Cristina. Prescrições cívico-morais e a formação do cidadão: um estudo sobre a introdução do escotismo nas escolas públicas de São Paulo (1917-1922). Dissertação de mestrado, Mestrado em Educação: História, Política, Sociedade da PUC-SP. São Paulo, 2003. 103p.

KNUPPEL, Maria Aparecida Crissi. Permanências e diversidades na constituição de um espaço escolar em Guarapuava (1910-1030). In: MACIEL, Margareth de Fátima et all. (orgs.). Educação e alteridade. Guarapuava/Irati: Unicentro, 2007. P.87-100.

KNUPPEL, Maria Aparecida Crissi. O movimento escolar militar no Paraná: ideias educativas de Juan Rodriguez Becker y Silva. VII CONGRESSO LUSOBRASILEIRO DE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO. Actas... Porto: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação (Universidade do Porto). p. 1-13, 2008. Disponível em: http://web.letras.up.pt/7clbheporto/trabalhos_finais/eixo1/IA2068.pdf Acesso em 21/08/2009.

HEROLD JUNIOR, Carlos. Escolarização e instituições educacionais em Guarapuava: lançando as bases para um programa de pesquisa em história da educação. Revista HISTEDBR On-line, v. 28, p. 214-223, 2007. Disponível emhttp://www.histedbr.fae.unicamp.br/revista/edicoes/28/art14_28.pdf . Acesso em 20/03/2009.

HEROLD JUNIOR, Carlos. A educação corporal no Paraná através do movimento escoteiro em Guarapuava (1927-1936). Educ. rev., Belo Horizonte, v. 27, n. 2, Aug. Available from http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-46982011000200007&lng=en&nrm=iso. access on 11 Apr. 2012.

HEROLD JUNIOR, Carlos; LEONEL, Zélia. A educação física e a criação dos sistemas nacionais de ensino: da prática social à pratica escolar. Maringá: Eduem, 2010.

LINHALES, Meily Assbú. A escola e o esporte: uma história de práticas culturais. São Paulo: Cortez, 2009.

MACLEOD, David. Building Character in the american boy: the boy scouts, YMCA, and their forerunners, 1870-1920. London: The University of Wisconsin Press, 1983.

MACEDO, Francisco Ribeiro de Azevedo. Relatório apresentado ao cidadão Dr. Claudino Rogoberto Ferreira dos Santos. Curitiba: Typ. do Diario Official, 1915.

MAGALHES, Justino. A história das instituições educacionais em perspectiva. In: GATTI JUNIOR, Décio; Geraldo Inácio Filho (orgs.). História da educação em perspectiva: ensino, pesquisa, produção e novas investigações. Campinas-SP: Autores Associados. Uberlândia-MG: EDUFU, 2005. p.91-104.

MARTINEZ, Cesar Prieto. Relatório apresentado ao Exmo. Sr. Dr. Secretario Geral de Estado. Curityba: Typ. da Penitenciaria do Estado, 1924.

MENDONÇA, Carlos Süssekind de. O Sport está deseducando a mocidade brasileira: carta aberta a Lima Barreto. Rio de Janeiro: Empreza Brasil Editora, 1921.

NASCIMENTO, Jorge Carvalho do. A escola de Baden-Powell: cultura escoteira, associação voluntária e escotismo de estado no Brasil. Rio de Janeiro: Imago, 2008.

OLIVEIRA, Maria Cecília. O grupo escolar dezenove de dezembro: história e organização. In: Congresso Brasileiro de História da Educação: Educação no Brasil: História e Historiografia...ANAIS. Rio de Janeiro: UFRJ, 2000.

O PHAROL. Guarapuava, n.129, 07/09/1922, anno IV.

O PHAROL. Guarapuava, n.144, 22/01/1928 ano VI.

O PHAROL. Guarapuava, n.145 29/01/1928, anno VI.

O PHAROL. Guarapuava, n. 148, 26/02/1928, anno VI.

O PHAROL. Guarapuava, n.152, 25/03/1928, anno VI.

O PHAROL. Guarapuava, n.156, 22/04/1928, anno VI.

RIBEIRO, Eurico Branco. O coração do Paraná: estudo sanitário. São Paulo: São Paulo Editora, 1929.

ROCHA, Rita de Cássia Luis. Imprensa, Educação e Civilidade. In: IX Simpósio Internacional Processo Civilizador: Tecnologia e Civilização, 2005, Ponta Grossa. Anais ...

IX Simpósio Internacional Processo Civilizador: Tecnologia e Civilização, 2005.

ROCHA, Rita de Cássia Luis. da. Educação e civilidade: o discurso da ordem missionária servas do espírito santo (1907 – 1955). Dissertação. Mestrado em Educação. Unimep, 2007.

ROSENTHAL, Michael. The character factory: Baden-Powell and the origins of the boy scout movement. London: Collins, 1986.

SARAT, Magda. Histórias de Estrangeiros: infância, memória e educação. Tese de Doutorado. Universidade. Metodista de Piracicaba/UNIMEP, Piracicaba/SP, 2004.

SAVIANI, Dermeval. Instituições escolares no Brasil: conceito e reconstrução histórica. In: NASCIMENTO, Maria Isabel Moura et all. (orgs.) Instituições escolares no Brasil: conceito e reconstrução histórica. Campinas-SP: Autores Associados, 2007. p.3-30.

SCHELBAUER, Analete Regina; ARAÚJO, José Carlos Souza (Orgs.). História da educação pela imprensa. Campinas, SP: Alínea, 2007.

SOUZA, Rosa Fátima de. Templos de civilização: a implantação da escola primária graduada no Estado de São Paulo (1890-1910). São Paulo:UNESP, 1998.

SOUZA, Rosa Fátima de Souza. Lições da escola primária. In: SAVIANI, Dermeval et all. (orgs) O legado educacional do século XX no Brasil. 2.ed. Campinas-SP: Autores Associados, 2006. p.109-161.

SOUZA, Rosa Fátima de. Alicerces da Pátria: história da escola primária no Estado de São Paulo (1890-1976). Campinas – SP: Mercado das Letras, 2009.

SOUZA, Gisele. Cultura material escolar na história da educação pública primária do Paraná, Revista Brasileira de História da Educação. n.14, maio/ago 2007. p.37-68. Disponível em http://www.sbhe.org.br/novo/rbhe/RBHE14.pdf Acesso em 10/04/2012.

VICENTIN, Sonia Antonovicz.; HEROLD JUNIOR, Carlos. O corpo da docência: a mulher e a constituição do ensino normal em Guarapuava (1930-1960). 1. ed. Guarapuava/Curitiba: Edunicentro/Fundação Araucária, 2012.

Downloads

Como Citar

HEROLD JUNIOR, C.; VAZ, A. F. O Grupo Escolar Visconde de Guarapuava: escotismo e escolarização das atividades corporais no interior do Paraná (1920-1930). Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 12, n. 45e, p. 3–17, 2012. DOI: 10.20396/rho.v12i45e.8640104. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640104. Acesso em: 28 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>