Grupo escolar “Hugo Simas”: constituição histórica, sujeitos e alguns aspectos da organização do trabalho pedagógico (Londrina-PR, 1937- 1972)

Autores

  • Thais Bento Faria Universidade Estadual de Maringá
  • Analete Regina Schelbauer Universidade Estadual de Maringá

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v12i45e.8640117

Palavras-chave:

Instituições escolares. Escola pública primária. Grupo Escolar “Hugo Simas”

Resumo

Na condição de “representação hegemônica” de escola pública, o GE “Hugo Simas” cumpriu o ideário que acompanhou a difusão dos grupos escolares no período republicano? Por ser forjado em outro momento histórico, sob o predomínio do pensamento escolanovista, formulou novas práticas e incorporou vocábulos inspirados por esta corrente pedagógica? Este artigo, ademais de tentar responder a essas inquietações principais, busca identificar os sujeitos que fizeram a história desta instituição escolar e abordar alguns aspectos da organização do trabalho pedagógico. A análise de uma diversidade documental demonstra que o grupo escolar investigado se apropriou de alguns princípios escolanovistas embora conviva com práticas oriundas do fim dos oitocentos. Na busca de se firmar como uma escola de prestígio e qualidade, contava com um corpo docente composto majoritariamente de normalistas. Por se localizar em uma cidade que tem a diversidade étnica um de seus predicados, o “Hugo Simas” foi frequentado por número considerável de filhos de estrangeiros. Quanto à organização do trabalho pedagógico, percebe-se que era referência e sintonizado com os princípios de modernidade, racionalização, padronização e higienização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thais Bento Faria, Universidade Estadual de Maringá

Pedagoga da Secretaria de Educação do Estado do Paraná. Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Maringá.

Analete Regina Schelbauer, Universidade Estadual de Maringá

Professora Associada do Departamento de Teoria e Prática da Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Maringá.

Referências

ABRAMO, M. A.; MUSILI, C. Semente do saber. In: ABRAMO, M. A. Londrina puxa o fio da memória. Joinville: Letradágua, 2004. p. 57-58.

ALMEIDA, J. S. Mulheres na educação: missão, vocação e destino? A feminização do magistério ao longo do século XX. In: SAVIANI, D.; ALMEIDA, J. S.; SOUZA, R. F.; VALDEMARIN, V. T. O legado educacional do século XX no Brasil. 2. ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2006. p. 59-107 (Coleção Educação Contemporânea).

ARIAS NETO, J. M. O eldorado: representações da política em Londrina, 1930/1975. Londrina: UEL, 1998. 308p. BRASIL. Lei n. 5.692/71. Lei de diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em http://www.pedagogiaemfoco.pro.br/l5692_71.htm. Acesso em: 05 jun. 2010.

CANDOTTI, E. A. Memórias da cidade: Londrina 1930/1960. 1997. 191 f. Monografia (Especialização em História) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina, PR, 1997.

CAPELO, M. R. C. Educação, Escola e Diversidade Cultural no meio rural de Londrina: quando o presente reconta o passado. 2000. 287f. Tese (Doutorado em Educação, Sociedade e Cultura) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2000.

FARIA, T. B. Em traços de modernidade: a história e a memória do Grupo Escolar “Hugo Simas” (Londrina-Pr, 1937- 1972). 2010. 188f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2010.

FARIA FILHO, L. M.; SOUZA, R. F. A contribuição dos estudos sobre grupos escolares para a renovação da história do ensino primário no Brasil. In: VIDAL, D. G. (Org.). Grupos escolares: cultura escolar primária e escolarização da infância no Brasil (1893-1971). Campinas, SP: Mercado de Letras, 2006. p. 21-56.

GRANDOLFI, F. A.; LIMA, J. M.; SANTOS, R. Relatório final de estágio supervisionado I realizado no Colégio Estadual Hugo Simas. 2008. 38 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Arquivologia) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina, PR, 2008.

KREUTZ. L. A educação de imigrantes no Brasil. In: LOPES, E. M. T.; FARIA FILHO, L. M. F.; VEIGA, C. G. (Orgs.). 500 anos de educação no Brasil. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2000. p. 347-370. (Coleção Historial, 6).

LE GOFF, J. História e memória. Tradução de Bernardo Leitão [et al]. 5. ed. Campinas, SP: Ed. da Unicamp, 2003,. p. 525-539.

MAY, T. Pesquisa documental: escavações e evidências In: MAY, T. Pesquisa social: questões, métodos e processos. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2004. p. 205-230.

MORTATTI, M. R. L. Os sentidos da alfabetização (São Paulo/ 1876-1994). São Paulo: Editora UNESP, 2000.

SCHELBAUER, A. R. Idéias que não se realizam: o debate sobre a educação do povo no Brasil de 1870 a 1914. Maringá, PR: EDUEM, 1998. 169p.

SOUZA, R. F. Templos de civilização: A implantação da escola primária graduada no Estado de São Paulo (1890-1910). São Paulo: Fundação Editora da UNESP, 1998.

FONTES

DOCUMENTOS ESCRITOS

COLÉGIO ESTADUAL HUGO SIMAS. Secretaria. Livro de ofícios de 1937 a 1941. Londrina, PR, 1937-1941. (Manuscrito).

COLÉGIO ESTADUAL HUGO SIMAS. Secretaria. Livro de matrícula de alunos 1940 a 1942. Londrina, PR, 1940-1942. p. 16-59. (Manuscrito).

COLÉGIO ESTADUAL HUGO SIMAS. Secretaria. Livro ata de reunião pedagógica de 1941 e 1942. Londrina, PR, 1941-1942. (Manuscrito).

COLÉGIO ESTADUAL HUGO SIMAS. Secretaria. Livro de registro escolar: matrícula, professores e aparelhamento escolar de 1950 a 1952. Londrina, PR, 1950-1952. p. 159-160. (Manuscrito).

COLÉGIO ESTADUAL HUGO SIMAS. Secretaria. Diário de Classe de 1969. Londrina, PR, 1969b. (Manuscrito).

ICONOGRAFIA

COLÉGIO ESTADUAL HUGO SIMAS. A planta da construção do Grupo Escolar. [193-]. 1 fotografia.

COLÉGIO ESTADUAL HUGO SIMAS. Corpo docente do Grupo Escolar “Hugo Simas” e o Delegado do Ensino. [1945]. 1 fotografia

ENTREVISTAS

COSENTINO, Yolanda Nella Voigt. Depoimento da ex-professora Yolanda Nella Voigt . Entrevistadora: Thais Bento Faria. Arquivo sonoro: 47min. 40s.; 11min. 55s. Entrevista concedida para a realização deste estudo em: 20 abr. 2009.

PENTEADO, Valderês Pereira. Depoimento da ex-professora Valderês Pereira Penteado. Entrevistadora: Thais Bento Faria. Arquivo sonoro: 27min. 18s.; 30min. 58s. Entrevista concedida para a realização deste estudo em: 25 abr. 2009.

PRATA, Sheila Navega de Souza. Depoimento da ex-professora Sheila Navega de Souza Prata. Entrevistadora: Thais Bento Faria. Arquivo sonoro: 42min. 57s.; 12min. 52s. Entrevista concedida para a realização deste estudo em: 6 maio 2009.

SANTOS, Ruth Talarico Freitas dos. Depoimento da ex-professora Ruth Talarico Freitas dos Santos. Entrevistadora: Thais Bento Faria. Arquivo sonoro: 50min. 27s.; 19 min. 34s. Entrevista concedida para a realização deste estudo em: 28 abr. 2009.

Downloads

Como Citar

FARIA, T. B.; SCHELBAUER, A. R. Grupo escolar “Hugo Simas”: constituição histórica, sujeitos e alguns aspectos da organização do trabalho pedagógico (Londrina-PR, 1937- 1972). Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 12, n. 45e, p. 197–212, 2012. DOI: 10.20396/rho.v12i45e.8640117. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640117. Acesso em: 4 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>