Origem da escola pública brasileira: a formação do novo homem

Autores

  • Lilian Alves Pereira Universidade Estadual de Maringá (UEM)
  • Delton Apdo Felipe Universidade Estadual de Maringá (UEM)
  • Fabiane Freire França Universidade Estadual de Maringá (UEM)

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v12i45e.8640120

Palavras-chave:

Escola publica. Formação do novo homem. Educação

Resumo

O presente texto tem por objetivo apresentar um panorama histórico sobre a origem da escola pública e seu projeto de formação do novo homem para a modernidade. Para tanto, foi realizado um levantamento bibliográfico sobre a origem da escola pública na Europa, quais as concepções de educação que perpassaram a sua história no decorrer do final do século XIX e início do século XX, e como essas concepções influenciaram o pensar a escola publica no Brasil. Considerando que a história da escola pública tem uma estreita relação com os interesses políticos postos na sociedade, nos perguntamos: Quais os interesses sociais que estão envolvidos neste processo? Nas bibliografias analisadas percebemos que a partir do século XIX a organização das instituições públicas de ensino promoveu a transmissão da ideologia da sociedade burguesa, essa ideologia pode ser observada nos conteúdos escolares, que visavam o aprimoramento do trabalhador. No Brasil, a organização das instituições públicas mostrou-se ligada a cópia de métodos de países europeus sempre valorizando os pressupostos burgueses. Concluímos que escola publica idealizada para o povo no século XIX não contemplou a todos, o ensino nesse período não proporcionou igualdade, obrigatoriedade e gratuidade, princípios esses que serão perseguidos ao longo do século XX.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lilian Alves Pereira, Universidade Estadual de Maringá (UEM)

Pedagoga. Mestre em Educação.

Delton Apdo Felipe, Universidade Estadual de Maringá (UEM)

Historiador. Mestre em Educação. Doutorando em Educação pela Universidade Estadual de Maringá.

Fabiane Freire França, Universidade Estadual de Maringá (UEM)

Pedagoga. Mestre em Educação. Doutoranda em Educação pela Universidade Estadual de Maringá.

Referências

GASPARIN, João Luiz. Uma Didática para a Pedagogia Histórico-Crítica. 2a ed.Campinas, SP: Autores Associados, 2003.

HILSDORF, Maria Lucia Spedo. História da Educação Brasileira. São Paulo: Thompson, 2005.

SAVIANI, Dermeval. O legado educacional do “breve século XIX” brasileiro. In: SAVIANI, Dermeval; ALMEIDA, J. S.; SOUZA, R. F. de; VALDEMARIN, V. T. O legado educacional do século XIX. Campinas: Autores Associados, 2006, p. 9-32

SAVIANI, Dermeval. O legado educacional do “longo século XX” brasileiro. In: SAVIANI, Dermeval; ALMEIDA, J. S.; SOUZA, R. F. de; VALDEMARIN, V. T. O legado educacional do século XX no Brasil. Campinas: Autores Associados, 2006, p. 9-57.

SAVIANI, Dermeval. O legado educacional do “longo século XX” brasileiro. In: SAVIANI, Dermeval (et. al.). O legado educacional do século XX no Brasil. Campinas, SP: Autores Associados, 2004

SOUZA, Rosa Fátima de. Lições da escola primária. In: SAVIANI, D.; ALMEIDA, J. S.; SOUZA, R. F. de; VALDEMARIN, V. T. O legado educacional do século XX no Brasil. Campinas, SP: Autores Associados, 2006, p. 109-151.

SOUZA, Rosa Fátima de. Lições da escola primária. In: SAVIANI, Dermeval ( et. al.). O legado educacional do século XX no Brasil. Campinas, SP: Autores Associados, 2004

SOUZA, Rosa Fátima de. Templos de civilização. A implantação da escola primária graduada no Estado de São Paulo ( 1890-1910). São Paulo: UNESP, 1998.

SOUZA, Rosa Fátima. Espaço da educação e da civilização: origens dos grupos escolares no Brasil. In: SAVIANI, D.; ALMEIDA, J. S.; SOUZA, R. F. de; VALDEMARIN, V. T. O legado educacional do século XIX. Campinas: Autores Associados, 2006, p. 35-84.

SOUZA, Rosa Fátima. Inovação educacional no século XIX: A construção do currículo da escola primária no Brasil. Cadernos Cedes, ano XX, no 51, novembro/2000.

VALDEMARIN, Vera Tereza. Os sentidos e a experiência: professores, alunos e métodos de ensino. In: SAVIANI, Dermeval; ALMEIDA, J. S.; SOUZA, R. F. de; VALDEMARIN, V. T. O legado educacional do século XX no Brasil. Campinas, SP: Autores Associados, 2006, p. 163- 205.

VIDAL, Diana Gonçalves (org.). Grupos escolares. Cultura escolar primária escolarização da infância no Brasil ( 1893-1971). Campinas, SP: Mercado das Letras, 2006.

VIDAL, Diana Gonçalves. Culturas escolares. Estudo sobre práticas de leitura e escrita na escola pública primária (Brasil e França, no final do século XIX). Campinas, SP: Autores Associados, 2005.

Downloads

Como Citar

PEREIRA, L. A.; FELIPE, D. A.; FRANÇA, F. F. Origem da escola pública brasileira: a formação do novo homem. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 12, n. 45e, p. 239–252, 2012. DOI: 10.20396/rho.v12i45e.8640120. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640120. Acesso em: 17 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos