Educação brasileira: O futuro e o passado perspectivados pelo presente

Autores

  • José Carlos Souza Araujo Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v12i45.8640140

Palavras-chave:

Passado. Presente. Futuro. Educação Brasileira. Tecnologia Educativa

Resumo

O objeto deste se explicita em torno de uma reflexão que sugere aspectos fundamentais ligados à história educacional brasileira particularmente do século XX: ainda que o objeto da história seja o passado, o presente e o futuro estão implicitamente inseridos na elaboração historiográfica, e em particular na de caráter educacional. Se as diferentes interpretações que, aliás, sempre se renovam pelas diferentes tendências historiográficas, questionam os sentidos atribuídos ao passado, o presente delas participa e compartilha; no mesmo sentido, o passado elaborado historiograficamente deixa entrever também indagações sobre o futuro, posto que implicitamente vincula-se a um projeto social do ponto de vista do presente. Nessa direção, exemplifica-se a partir do papel de algumas tecnologias educativas – como o cinema, as máquinas de ensinar, os computadores em rede etc – que já foram (ou continuam a ser) objeto de esperanças, aspirações e previsões no passado (ou também no presente) histórico-educacional. Passado, presente e futuro participam das atividades do historiador, ainda que seu objeto seja o passado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Carlos Souza Araujo, Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

Doutor em Educação, vinculado aos Programas de Pós-Graduação em Educação da Universidade de Uberaba e da Universidade Federal de Uberlândia

Referências

ALVIM, Juliana. O cinema na escola. A Tribuna, Semanario Independente. Uberabinha, MG, ano II, n° 69, p.1, 02/011/1921.

AGOSTINHO. Confissões. São Paulo: Editora Abril, 1973.

ECO, Humberto. Apocalípticos e integrados. São Paulo, Editora Perspectiva, 1976.

GATTI, Bernadete (coord.) e BARRETTO, Elba Siqueira de Sá. Os professores no Brasil: impasses e desafios. Brasília: UNESCO, 2009.

HOBSBAWM, Eric. Sobre História. 7a. reimpressão. São Paulo: Companhias das Letras, 2005.

LE GOFF, Jacques. História e memória. 3a. Edição. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 1994.

LEI DE DIRETRIZES E BASES DA EDUCAÇÃO NACIONAL: nova LDB. Lei n° 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Rio de Janeiro: Qualitymark Ed., 1997.

LYOTARD, Jean-François. O pós-moderno. Rio de Janeiro, José Olympio Editora, 1986.

MARX, Karl. O capital. 7a edição. Rio de Janeiro, DIFEL, 1982, volume I.

MATTOS, Luiz Alves de. O quadro-negro e sua utilização no ensino. 2a edição. Rio de Janeiro, Gráfica Editora Aurora, 1968.

Downloads

Publicado

2012-06-08

Como Citar

ARAUJO, J. C. S. Educação brasileira: O futuro e o passado perspectivados pelo presente. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 12, n. 45, p. 115–127, 2012. DOI: 10.20396/rho.v12i45.8640140. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640140. Acesso em: 14 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos