A expansão da educação a distância e o ensino superior no Brasil: caminhos tortuosos

Autores

  • Henrique Sérgio Barros Cavalcanti Júnior Universidade Federal de Pernambuco
  • Isabela Neves Ferraz Universidade Federal de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v13i49.8640325

Palavras-chave:

Ensino Superior. EAD. Expansão. Políticas Públicas

Resumo

No Brasil, desde o final do século passado, a função social das Instituições de Ensino Superior (IES) tem sido contestada frente à grande expansão do número de instituições privadas e à falta de regulação e políticas públicas adequadas por parte do Estado. É neste contexto então que, influenciada principalmente pelas recentes inovações nas Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs), a Educação a Distância (EAD) ganha importância. Por um lado, essa se apresenta como uma via a mais para investimentos por parte do setor privado e, por outro lado, pela perspectiva do Estado, como uma solução célere para expansão educacional. Em vista disso, o crescimento da EAD dentro do ensino superior é cada vez maior. Se no ano de 2000 somente 0,04% das matrículas de graduação eram nos cursos à distância, em 2010 elas já atingiam quase 15%. É importante destacar que não se pode falar da expansão recente da EAD no ensino superior sem falar da universidade e das transformações que essa sofreu nos últimos tempos, e que também não se pode falar das políticas públicas de EAD sem falar das políticas públicas da educação superior. Este artigo, portanto, tem como propósito retratar a expansão EAD dentro do ambiente, acadêmico e político, em que essa modalidade de ensino insere-se.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Henrique Sérgio Barros Cavalcanti Júnior, Universidade Federal de Pernambuco

Possui graduação em Ciências Sociais (Bacharelado) e mestrado em Administração pela UFPE.

Isabela Neves Ferraz, Universidade Federal de Pernambuco

Possui Mestrado em Administração pela Universidade Federal de Pernambuco (2011). Integra o Grupo de Pesquisa Sociedados - sobre o Uso Estratégico e Competitivo de Dados (Abertos) e Software (Livre) e o Núcleo de Estudos e Pesquisas em Sistemas de Informação (NEPSI). Trabalha como Administradora na Universidade de Brasília (UnB).

Referências

ALONSO, K. M. A expansão do ensino superior no Brasil e a EaD: dinâmicas e lugares. Educação e Sociedade, Campinas, v. 31, n. 113, p. 1319-1335, 2010.

BELLONI, M. L. Ensaio sobre a educação a distância no brasil. Educação e Sociedade, Campinas, n. 78, p. 117-142, 2002.

BELLONI, M. L. Educação a Distância. 5. ed. Campinas: Autores Associados, 2009. 115 p.

BERNARDES, J. F.; ABREU, A. F. A contribuição dos sistemas de informação na gestão universitária. In: Colóquio Internacional sobre Gestão Universitária na América do Sul, 4., 2004, Florianópolis. Anais... Florianópolis: UFSC, 2004.

BRASIL. Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 dez. 1996.

BRASIL. Lei no 10.172, de 9 de janeiro de 2001. Aprova o Plano Nacional da Educação e dá outras providências. Diário Oficial da União, DF, 10 jan. 2001.

BRASIL. Lei no 11.096, de 13 de janeiro de 2005. Institui o Programa Universidade para Todos - PROUNI, regula a atuação de entidades beneficentes de assistência social no ensino superior; altera a Lei no 10.891, de 9 de julho de 2004, e dá outras providências. Diário Oficial da União, DF, 13 jan. 2005.

BRASIL. Decreto no 5.622, de 19 de dezembro de 2005. Regulamenta o art. 80 da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 20 dez. 2005.

BRASIL. Decreto no 5.800, de 9 de junho de2006. Dispõe sobre o sistema Universidade Aberta do Brasil. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 9 jun. 2006.

BRASIL. Decreto no 6.096, de 24 de abril de 2007. Institui o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais - REUNI. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 24 abr. 2007.

CARVALHO, C. H. A. A política para o ensino superior no Brasil (1995 - 2006): a ruptura e continuidade das relações entre o público e privado. In: Reunião Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação: Educação, Cultura e Conhecimento na Contemporaneidade: desafios e compromissos, 29., 2006, Caxambú. Anais... Caxambú: ANPED, 2006.

CHARLE, C.; BUONO, L.; GAUBERT, C.; SOULIÉ, C. Ensino Superior: o momento crítico. Educação e Sociedade, Campinas, v. 25, n. 88, p. 961-975, 2004.

CHAUÍ, M. Sociedade, Universidade e Estado: autonomia, dependência e compromisso social. In: Seminário Universidade: Por que e como reformar?, 2003, Brasília. Anais... Brasília:MEC/SeSu, 2003.

CUNHA, L. A. O desenvolvimento meandroso da educação brasileira entre o Estado e o mercado. Educação e Sociedade, Campinas, v. 28, n. 100, p. 809-829, 2007.

DIAS SOBRINHO, J. Educação superior, globalização e democratização. Qual universidade? Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n. 28, p. 164-173, 2005.

GIOLO, J. Educação a distância: tensões entre o público e o privado. Educação e Sociedade, Campinas, v. 31, n. 113, p. 1271-1298, 2010.

INEP – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais. Censo da Educação Superior Brasileira. Resumo Técnico, 2010. Disponível em: download.inep.gov.br/educacao_superior/censo_superior/resumo_tecnico/resumo_tecnico_censo_educacao_superior_2010.pdf.Acesso em: 15 abr. 2012.

INEP – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais. Censo da Educação Superior Brasileira. Resumo Técnico, 2008. Disponível em: download.inep.gov.br/download/censo/2008/resumo_tecnico_2008_15_12_09.pdf. Acesso em: 10 abr. 2012.

INEP – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais. Censo da Educação Superior. Resumo Técnico, 2007. Disponível em: download.inep.gov.br/download/superior/censo/2007/Resumo_tecnico_2007.pdf. Acesso em: 10 abr. 2012.

INEP – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais. Censo da Educação Superior. Evolução da Educação Superior, 1980 – 2008. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=17212. Acesso em: 10 abr. 2012.

MACHADO, M. Educação a distância no ensino superior: impasses e possibilidades. Revista Científica Intr@ciência, v. 2, p. 61-71, 2010.

MAIA, M. C.; MEIRELLES, F. S. Educação a Distância e o Ensino Superior no Brasil. Revista Brasileira de Aprendizagem Aberta e a Distância, p. 1-19, 2003.

MILL, D.; LIMA, V. S.; ABREU-E-LIMA, D. M. D.; TANCREDI, R. M. S. P. O desafio de uma interação de qualidade na educação a distância: o tutor e sua importância nesse processo. Cadernos de Pedagogia, São Carlos, v. 2, p. 112-127, 2008.

POSSOLI, G. E. Educação a distância nas instituições de educação superior : análise de tendências para a educação superior no Brasil. In: Encontro Sul Brasileiro de Psicopedagogia, 3., 2009, Curitiba. Anais... Curitiba: PUC-PR, 2009.

SEGENREICH, S. C. D. ProUni e UAB como estratégias de EAD na expansão do Ensino Superior. Pró-Posições, Campinas, v. 20, n. 2, p. 205-222, 2009.

SEGENREICH, S. C. D. Relação estado e sociedade na oferta e regulação da graduação a distância no Brasil: da periferia ao centro das políticas públicas. In: Congresso Ibero-Brasileiro de Política e Administração da Educação, 1., Elvas/Cárceres, 2010. Anais... Elvas/Cárceres: ANPAE, 2010.

SEVERINO, J. A. O ensino superior brasileiro: novas configurações e velhos desafios. Educar, Curitiba, n. 31, p. 73-89, 2008.

SIQUEIRA, V. L. DE A.; MORAES, R. D. A. Representações em educação online: a perspectiva do aprendiz. Unimontes Científica, Montes Claros, v. 5, n. 1, p. 1-12, 2003.

TESTA, M. G.; LUCIANO, E. M.; FREITAS, H. Atributos importantes na gestão de programas de educação a distância através da internet: a visão dos alunos. In: Asamblea Del Consejo Latinoamericano de Escuelas de Administración, 36., Cidade do México, 2001. Anais... Cidade do México:CLADEA, 2001.

TRINDADE, H. O discurso da crise e a reforma universitária necessária da universidade brasileira. In: MOLLIS, M. (Org.). Las Universidades en America Latina: Reformadas o Alteradas? La Cosmética del Poder Financeiro. Buenos Aires: CLACSON, 1999. p. 161-180.

Downloads

Publicado

2013-07-16

Como Citar

CAVALCANTI JÚNIOR, H. S. B.; FERRAZ, I. N. A expansão da educação a distância e o ensino superior no Brasil: caminhos tortuosos. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 13, n. 49, p. 149–163, 2013. DOI: 10.20396/rho.v13i49.8640325. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640325. Acesso em: 28 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos