Banner Portal
Emmanuel Mounier e Paulo Freire: um estudo sobre a influência epistemológica do personalismo sobre o pensamento pedagógico de Paulo Freire
PDF

Palavras-chave

Personalismo. Alfabetização de adultos. Movimentos sociais católicos. Ação Católica

Como Citar

KLENK, Henrique. Emmanuel Mounier e Paulo Freire: um estudo sobre a influência epistemológica do personalismo sobre o pensamento pedagógico de Paulo Freire. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 14, n. 58, p. 244–256, 2015. DOI: 10.20396/rho.v14i58.8640391. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640391. Acesso em: 24 jul. 2024.

Resumo

Com o presente artigo, fruto de uma pesquisa realizada no âmbito do PPGE-PUCPR, pretendemos sinalizar, a partir de pesquisa bibliográfica, com base na hermenêutica como metodologia, o fato de que o Personalismo de Mounier, em particular aquele que aparece nas obras Revolução personalista e comunitária e O personalismo, esteve presente nas ideias pedagógicas de Paulo Freire e que elas se refletiram nas suas categorias epistemológicas e na elaboração de seu método de alfabetização de adultos. Para isto, propomo-nos demonstrar como o personalismo entra no ideário brasileiro, sobretudo, por meio dos movimentos sociais católicos ligados à Ação Católica. Nossa intenção é mostrar que Freire teve dois tipos de influência do personalismo em sua obra: a primeira se deu pelo fato de ele ter estado em contato com os movimentos sociais católicos e bebido indiretamente das idéias de Mounier. A segunda pela leitura direta feita por Freire das obras do Personalista francês. Em seguida, analisaremos a presença do pensamento personalista presente na obra Educação e Atualidade Brasileira, livro que representa a primeira sistematização teórica feita por Paulo Freire antes do período em que foi exilado.

https://doi.org/10.20396/rho.v14i58.8640391
PDF

Referências

BEISIEGEL,Celso de Rui. Política e educação popular. São Paulo: Ática, 1989.

FRANCO, Fausto. El hombre: construcción progresiva. La tarea educativa de Paulo Freire. Madrid: Marsiega, 1973.

FREIRE, Paulo. Educação como pratica da liberdade. 9 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979.

FREIRE, Paulo. Educação e atualidade brasileira. São Paulo: Cortez, 2001.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra. 1996.

GADOTTI, Moacir. Paulo Freire: uma biobibliografia. São Paulo: Cortez, 1996.

GERHARDT, Heinz-Peter. Uma voz européia: Arqueologia de um pensamento. In: GADOTTI, Moacir. Paulo Freire: uma biobibliografia. São Paulo: Cortez, 1996.

GRAMSCI, Antônio. Cadernos do cárcere. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2000-2001.

GRAMSCI, Antônio. Os intelectuais e a organização da cultura. 2 ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1978.

LACROIX, Jean. Mounier Educateur. Esprit, n. 12, 1950.

LORENZON, Alino. Atualidade do pensamento de Emmanuel Mounier. Ijuí: Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, 1996.

MOIX, Candide. O pensamento de Emmanuel Mounier. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1968.

MOUNIER, Emmanuel. O Personalismo. Lisboa: Moraes, 1970.

MOUNIER, Emmanuel. Manifeste au service du personnalisme. Paris : Du Seuil, 1961 et février 2003b. (version numérique)

MOUNIER, Emmanuel. Révolution personnaliste et communautaire. Paris : Du Seuil, 1961 et février 2003a. (version numérique)

PAIVA, Vanilda Pereira. Paulo Freire e o nacionalismo-desenvolvimentista. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1980.

ROMÃO, José Eustáquio. Contextualiação: Paulo Freire e o Pacto Populista. In: FREIRE, Paulo. Educação e atualidade brasileira. São Paulo: Cortez, 2001.

ROSAS, Paulo. Depoimento I Recife – Cultura e Participação (1950-1964). In: FREIRE, Paulo. Educação e atualidade brasileira. São Paulo: Cortez, 2001.

RUEDELL, Aloisio. Lições políticas para a América Latina. Canoas, RS: La Salle, 1985.

SAVIANI, Dermeval. História das idéias pedagógicas no Brasil. Campinas, SP: Autores Associados. 2008.

SCOCUGLIA, Afonso Celso. A História das idéias de Paulo Freire e a atual crise de paradigmas. João Pessoa: Ed. Universitária / UFPB, 1999.

WANDERLEY, Luiz Eduardo W. Educar para transformar: educação popular, Igreja Católica e política no movimento de educação de base. Petrópolis, RJ: Vozes, 1984.

Revista HISTEDBR On-line utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.