O neoliberalismo, o Banco Mundial e a educação: alguns apontamentos

Autores

  • Monica Fernanda Botiglieri UFSCar
  • Luiz Bezerra Neto UFSCar

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v14i57.8640401

Palavras-chave:

Neoliberalismo. Banco Mundial. Educação

Resumo

Este texto surgiu na intenção de retomar parte da discussão construída durante o segundo semestre do ano de dois mil e treze, no contexto da disciplina oferecida aos alunos do curso de doutorado em Educação na UFSCar, “Teorias de Estado e políticas públicas para a educação”. Tem como objetivo inicial tratar do que se conheceu por neoliberalismo, seu histórico e efetivação. Secundariamente, buscar-se-á perceber aproximações entre esta proposta teórica, política e ideológica e construções estabelecidas no campo da educação, pela instituição Banco Mundial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Monica Fernanda Botiglieri, UFSCar

Doutoranda e Mestre em Educação pela Universidade Federal de São Carlos. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Educação do Campo – GEPEC/HISTEDBR.

Luiz Bezerra Neto, UFSCar

Professor do Departamento de Educação (DEd) da Universidade Federal de São Carlos e Coordenador do GEPEC/HISTEDBR

Referências

ANDERSON, Perry. Balanço do Neoliberalismo. In SADER, Emir & GENTILI, Pablo (orgs.). Pós-neoliberalismo: as políticas sociais e o Estado democrático. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995.

BANCO MUNDIAL. Relatório sobre desenvolvimento mundial: o Estado num mundo em transformação. Whashington / DC: Banco Mundial, 1997.

CRUZ, Rosana Evangelista da. Banco mundial e política educacional: cooperação ou expansão dos interesses do capital internacional?. Educar, Curitiba, n.22. p. 51-75, 2003. Editora UFPR.

FRIEDMAN, Milton. Capitalismo e Liberdade. 1962. Disponível em: http://www.institutoliberal.org.br/biblioteca/galeria/Milton%20Friedman.htm. Acesso em: 20/01/2014.

HADDAD, Sérgio; TOMASSI, Lívia de; WARDE, Mirian Jorge (orgs.). O Banco Mundial e as Políticas Educacionais. São Paulo: Cortez, 2007

MARTINS, Mônica Dias (org.). O Banco mundial e a terra: ofensiva e resistência na América Latina, África e Ásia. São Paulo: Viramundo, 2004.

MARTINS, Mônica Dias (org.). O Banco Mundial e as Políticas Públicas na América Latina. XXV Congresso da ALAS. Porto Alegre, 2005.

PEREIRA, João Márcio Mendes. O Banco Mundial como ator político, intelectual e financeiro – 1944 – 2008. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010.

SANTOS, Flávio dos Reis. Banco Mundial e gerenciamento da educação brasileira. 2010. Disponível em http://flavioreis.webnode.com.br/news/banco%20mundial%20e%20gerenciamento%20da%20educa%C3%A7%C3%A3o%20brasileira/. Acesso em: 20/01/2014.

TEIXEIRA, Francisco José Soares. O neoliberalismo em debate. In TEIXEIRA, José Francisco Soares; ALVES, Giovani; NETO, José Meneleu & OLIVEIRA, Manfredo Araújo de (orgs). Neoliberalismo e Reestruturação Produtiva – As novas determinações do mundo do trabalho. 2.ed. São Paulo: Cortez; Fortaleza: Universidade Estadual do Ceará, 1998.

Downloads

Como Citar

BOTIGLIERI, M. F.; BEZERRA NETO, L. O neoliberalismo, o Banco Mundial e a educação: alguns apontamentos. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 14, n. 57, p. 19–31, 2014. DOI: 10.20396/rho.v14i57.8640401. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640401. Acesso em: 17 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>