O projeto columbia na Bahia: confluências convergentes e complementares ao seu contexto nacional/internacional

Autores

  • Lívia Diana Rocha Magalhães UESB

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v14i56.8640434

Palavras-chave:

Projeto Columbia. Bahia. Políticas. Pós-guerras mundiais

Resumo

No presente texto tomamos como base discussões que consideram que o Programa de pesquisas entre a Bahia e a Universidade Columbia, que recorre à antropologia de origem norte-americana para o estudo de áreas e comunidades baianas consideradas progressistas ou tradicionais, visando o planejamento educacional e de saúde pública sob a direção do professor Anísio Teixeira, que de certa forma reúne pesquisadores e homens de Estado experientes que se afinam com os esquemas de cooperação internacional estabelecidos nos pós-guerras mundiais, por meio de intervenções políticas e diplomáticas dos Estados Unidos na América Latina, no Brasil. Nessa perspectiva, argumentamos que pesquisadores e representantes do estado brasileiro e norte-americano não estão isentos desse propósito. Assim, sendo, há desdobramentos históricos e institucionais do programa Bahia e Columbia que indicam a capacidade do projeto em integrar-se, convergir-se ou desdobrar-se em projetos afins que garantem uma rede de cooperação em movimento com finalidades próximas, comuns, muito embora diferenciadas, mas que visam diretrizes para um diagnóstico elaborado sobre os rumos da economia e da sociedade baiana, brasileira, à luz das necessidades daquele momento histórico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lívia Diana Rocha Magalhães, UESB

Doutora em Educação pela UNICAMP (1999), com pós-doutorado em psicologia social pela UERJ e estágio na Universidad Complutense de Madri (UCM). Professora plena do DFCH da UESB. Coordenadora Geral do Museu Pedagógico da UESB e do Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Memória: Linguagem e Sociedade.

Referências

A TARDE. Salvador-BA, agosto de 1949 (jornal).

A TARDE. Salvador-BA, março de 1950 (jornal).

BRANDÃO, Zaia et al. O esquecimento de um livro: tentativa desconstituição de uma tradição intelectual no campo educacional. Revista Brasileira de Educação, São Paulo, n. 3, p. 18-30, set./dez, 1996.

CBPE - Centro Brasileiro de Pesquisas Educacionais. Os estudos e as pesquisas educacionais no Ministério da Educação e Cultura In: Educação e Ciências Sociais, v. 1, n. 1, p. 5-60, mar. 1956.

CONSORTE, Josildeth Gomes. Itinerário de uma Pesquisadora: Sucessos e Percalços. In: MAGALHÃES, Lívia Diana Rocha e CASIMIRO, Ana Palmira Bittencourt Santos (Org.). Memória e Trajetória de Pesquisa. Campo Grande: Ed. UNIDERP, 2005, p.56-72.

DEWEY, John. Vida e educação. 7 ed. São Paulo: Melhoramentos, 1971.

FAULHABER, P. O Instituto de Antropologia Social (EUA, Brasil e México): um artefato da resposta antropológica ao "esforço de guerra" In: Revista Mana vol.17 no.1 Rio de Janeiro, 2011.

GUIMARÃES, A.S.A. O Projeto UNESCO na Bahia. In: Anais... Colóquio Internacional “O projeto UNESCO no Brasil: uma volta crítica ao campo 50 anos depois”. Salvador-BA: Centro de Estudos Afro-Orientais da Universidade Federal da Bahia, julho, 2004.

MAGALHÃES, Lívia Diana Rocha. O Projeto Columbia e o planejamento educacional na Bahia no final dos anos 40 e no início de 1950. In: CASIMIRO, Ana Palmira Bittencourt Santos.; MAGALHÃES, Lívia Diana Rocha.; LOMBARDI, José Claudinei. Projeto Columbia: Anísio Teixeira e o desenvolvimento nacional. Campinas-SP: Alínea, 2013.

MAIO, M. C. O projeto Columbia e a agenda das Ciências Sociais no Brasil dos anos 40 e 50. Revista Brasileira de Ciências Sociais, vol.14 n.41 São Paulo, Out, 1999.

MANNHEIM, Karl. Freedom, power and democratic planning. New York, 1950.

MANNHEIM, Karl; STEWART, W.A.C. Introdução a sociologia da educação. São Paulo: Cultrix, 1972.

O MOMENTO. Salvador-BA, maio a julho de 1949 (jornal).

ROBICHAUXP, D. Noção de uma cultura Latino-Americana da antropologia norte-americana e os estudos de família: uma conspiração contra a diversidade. In: História: Questões & Debates, Curitiba: Editora UFPR, n. 51, p. 31-67, jul./dez. 2009.

ROSA, S.R.T.F. A aliança e a diferença: uma leitura do itinerário intelectual de Charles Wagley. Dissertação de Mestrado, IFCH, Campinas, 1993.

SEBE,,B.M. J.C. “Visita ao velho senhor:Charles Wagley”. In: Revista da USP. n 5, junho,1987.

WAGLEY, C. AZEVEDO, Thales de.; COSTA PINTO, Luiz de Aguiar. Uma pesquisa sobre a vida social no Estado da Bahia. Publicações do Museu do Estado no 11, Secretaria de Educação e Saúde Bahia, Brasil, 1950.

WAGLEY, C. Estudos de comunidades no Brasil sob perspectiva nacional. Revista Brasileira dos Municípios; 1955. Ano VIII. N° 31.

Downloads

Como Citar

MAGALHÃES, L. D. R. O projeto columbia na Bahia: confluências convergentes e complementares ao seu contexto nacional/internacional. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 14, n. 56, p. 66–74, 2014. DOI: 10.20396/rho.v14i56.8640434. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640434. Acesso em: 14 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>