Banner Portal
A revolução na imprensa e na vida dos militantes de Lotta continua
PDF

Palavras-chave

Lotta Continua. Revolução dos Cravos

Como Citar

STRIPPOLI, G. A revolução na imprensa e na vida dos militantes de Lotta continua. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 14, n. 56, p. 301–316, 2014. DOI: 10.20396/rho.v14i56.8640451. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640451. Acesso em: 29 fev. 2024.

Resumo

O grupo de esquerda “Lotta Continua” nasceu entre 1968 e 1969 pela confluência de militantes do movimento estudantil de Turim e da organização Potere Operaio de Pisa; junto com os grupos Avanguardia Operaia e Pdup-Manifesto, na época da Revolução dos Cravos (1974) foi uma das três organizações mais importantes da esquerda revolucionária italiana. Neste artigo, escolhe-se estudar o relato dos acontecimentos portugueses feito por LC, entre Abril de 1974 até Novembro 1975, com o objetivo de analisar como um dos principais grupos da esquerda revolucionária, que acompanhou os acontecimentos passo a passo e directamente a partir de Portugal, contou o processo revolucionário. Usa-se ainda, embora de maneira reduzida, as histórias e as memorias de dois ex-militantes, com vinte anos na época da Revolução, que não escreveram a história de LC, nem têm tentado interpretar num sentido intimista a experiência de militância. Eles contaram uma história, que nós temos usado para melhor imaginar o clima vivido por esses jovens revolucionários italianos que chegaram para Lisboa e que tiveram o privilégio, entre muitos da sua geração, de participar de um processo revolucionário.

https://doi.org/10.20396/rho.v14i56.8640451
PDF

Referências

BOBBIO, Luigi. Lotta continua: storia di un’organizzazione rivoluzionaria, 1979.

BORGES SANTOS, Paula. A greve que Mudou a Revolução: luta laboral e ocupação da Rádio Renascença, 1974-75. In: VARELA, Raquel et al (Eds). Greves e Conflitos Sociais em Portugal no Século XX. Lisboa: Bretrand. 2012. p. 199 – 211.

DUARTE DE JESUS, José. A Guerra Secreta de Salazar em África. Aginter Press. Uma Rede Internacional de Contra-Subversão d Espionagem Sediada em Lisboa. 2012.

FONTES, Jorge. Greves e Conflitos Sociais na Lisnave. In: VARELA, Raquel. et al (Eds). Greves e Conflitos Sociais em Portugal No Século Xx. Lisboa: Colibri/IHC/FCSH/UNL. 2012. p. 189-199.

MOISO, Sandro. Riti di passaggio. 2010.

NORONHA, Ricardo. Lutas sociais e nacionalizações (1974-75). In: VARELA, Raquel. et al (Eds). Greves e conflitos sociais em Portugal no século XX. Lisboa: Colibri/IHC/FCSH/UN. 2012. p. 225 – 237.

ROSAS, Fernando. Notas para um debate sobre a Revolução e a democracia. In: VARELA, Raquel. Revolução ou transição? História e Memória da Revolução dos Cravos. 2012. Lisboa: Bertrand. 2012, p. 251- 283.

VARELA, Raquel. A História do PCP na Revolução dos Cravos. 2011.

Revista HISTEDBR On-line utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.