Consideraçôes sobre o desenvolvimento do pensamento educacional acerca da educação do corpo

Autores

  • Maria Teresa Martins Fávero UNESPAR
  • Geiva Carolina Calsa Universidade Estadual de Maringá/UEM
  • Teresa Kasuko Teruya Universidade Estadual de Maringá

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v15i61.8640535

Palavras-chave:

Educação. Corpo. Escola

Resumo

O trabalho apresenta considerações sobre o desenvolvimento do pensamento educacional acerca da educação do corpo.  O objetivo foi analisar as concepções sobre o corpo na cultura ocidental e as formas como estes pensamentos se manifestaram na prática educativa. A concepção de corpo na sociedade grega é um marco do desenvolvimento histórico cultural da humanidade. Pensadores como Locke, Rousseau, Kant, Dewey, entre outros refletiram sobre as questões do corpo em seus escritos sobre a educação. No período de Institucionalização da escola há um pensamento e educação do corpo com ênfase na superioridade da mente, marcado por idéias de disciplina, moral e higiene. A revolução industrial e o capitalismo promoveram mudanças na sociedade que influenciaram a forma de se pensar e de se educar o corpo. Na atualidade o dualismo não mais opõe a alma ao corpo, mais sutilmente opõe o homem ao corpo como se fosse um desdobramento. As reflexões acerca do tema em questão demonstram que até hoje o corpo ocupa um espaço secundário no contexto escolar, resultado da não superação das idéias cartesianas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Teresa Martins Fávero, UNESPAR

Professora do Departamento de Educação Física da UNESPAR/Campus de Paranavaí. Graduada em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá. Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Maringá. Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Maringá – DTP/UEM. Email: leomate@uol.com.br

Geiva Carolina Calsa, Universidade Estadual de Maringá/UEM

Professora Adjunta do Departamento de Teoria e Prática da Educação da Universidade Estadual de Maringá DTP/UEM. Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (2002). Coordena o Grupo de Estudos e Pesquisa em Psicopedagogia, Aprendizagem e Cultura - GEPAC/UEM.

Teresa Kasuko Teruya, Universidade Estadual de Maringá

Professora Associada do Departamento de Teoria e Prática da Educação da Universidade Estadual de Maringá DTP/UEM. Doutora em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1995) Coordena o Grupo de Estudos e Pesquisa em Psicopedagogia, Aprendizagem e Cultura - GEPAC/UEM.

Referências

ABBAGNANO. Dicionário de Filosofia. São Paulo: Ed. Mestre Jou, 1982.

ABREU, Mariclaudia Aparecida; HEROLD JUNIOR, Carlos. Inteligência, Corpo e Educação Física no pensamento educacional de John Dewey. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, n.33, p.23-41, mar.2009 - ISSN: 1676-2584

ALMEIDA, Claudia Regina. Corpos suspensos e emoldurados:Arquétipos de uma educação danificada. 2005. 118 f. Dissertação (Mestrado em Fundamentos da Educação). Universidade Estadual de Maringá. Maringá, Paraná. 2005.

BRACHT, Valter. A constituição das teorias pedagógicas da Educação Física. Cadernos Cedes, ano XIX Número 48, Agosto de 1999.

CAMBI, F. História da pedagogia. São Paulo: Editora da Unesp, 1999.

CARDIM, Leandro Neves. Corpo. Col. Filosofia Frente & Verso. São Paulo: Globo, 2009.

CASTRO, F. S. e LANDEIRA-FERNANDEZ, J. Alma, Corpo e a Antiga Civilização Grega: As Primeiras Observações do Funcionamento Cerebral e das Atividades Mentais. Psicologia: Reflexão e Crítica, 24(4), 798-809, 2011.

CÉSAR, Maria Rita de Assis. A (des)educação do corpo. Corpos contemporâneos e lugares da transgressão. Vivência. n.35, p. 161-168, 2010.

CHAUÍ, Marilena. Convite à Filosofia. São Paulo: Ática, 2002.

DA MATA, Vilson Aparecido. Da força física à estética corporal: As mudanças nas relações sociais retratadas no corpo. Revista de Educação Física/Uem 9(1):35-43, 1998.

DUTRA, Lucas Vieira. O Dualismo Mente-Corpo: Implicações para a prática da atividade física. 1996. 59 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Motricidade). Instituto de Biociências do Campus de Rio Claro, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, São Paulo: CopyMarket.com, 2000.

FREITAS, Francisco Mauri de. O corpo e o filósofo – temas proibidos. Vitória: Centro de Educação Física e desporto da UFES, 1994.

FOUCAULT, M. Vigiar e punir: nascimento da prisão. Petrópolis: Vozes, 1987.

GARANHANI, Marynelma Camargo; MORO, Vera Luzia. A escolarização do corpo infantil: uma compreensão do discurso pedagógico a partir do século XVII. Educar em Revista, Curitiba, n.16, p. 109-119, 2000.

GUILHERMETTI, P. Do corpo medieval ao corpo moderno. Motrivivência. Rio de Janeiro, p.16-18, 1990.

HEROLD JUNIOR, Carlos. Corpo no trabalho e corpo pelo trabalho: perspectivas no estudo da corporalidade e da educação no capitalismo contemporâneo. Trab. Educ. Saúde, Rio de Janeiro, v. 10 n. 1, p. 11 35,mar./jun.2012.

HEROLD JUNIOR, Carlos. A educação física na história do pensamento educacional: apontamentos. Guarapuava: Unicentro, 2008.

JAEGER, Wegner. W. Paidéia: a formação do homem grego. Tradução de Artur M. Pereira. 3 ed. São Paulo: Martins Fontes, 1995.

KANT, I. Sobre a pedagogia. Trad. do alemão de Francisco Cock Fontanella. 3. ed. Piracicaba: Unimep, 2002.

LE BRETON, D. A sociologia do Corpo. Petrópolis: Vozes; 2006.

MANACORDA, M. A. História da educação: da antiguidade aos nossos dias. 7. ed. São Paulo: Cortez, 1999.

MARCONDES D. Iniciação à história da filosofia: dos Pré-Socráticos a Wittgenstein. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2008.

NAGEL, Lízia H. Avaliação, sociedade e escola. Curitiba: SEED, 1986.

NÒBREGA, Terezinha Petrucia da. Qual o lugar do corpo na educação? Notas sobre conhecimento, processos cognitivos e currículo. Educ. Soc., Campinas, vol. 26, n. 91, p. 599-615, Maio/Ago. 2005 Disponível em: http://www.cedes.unicamp.br

NUNES PINTO, Rubia-Mar. Os professores e a produção do corpo educado: o contexto da prática pedagógica. 2002. 148 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade federal de Goiás. Goiânia/GO: [148], 2002

PLATÃO. A República. Trad. Maria Pereira. 8a edição Lisboa: Calouste Gulbenkian. junho/1996.

ROCHA, Stéfanie da Cunha - Experiência do corpo: Mundo, arte, ensino. 2011. 79 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Artes Plásticas). Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, Santa Catarina. 2011.

ROUSSEAU, J. J. Emílio, ou, Da Educação. Tradução Sérgio Milliet. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1992. 581 p. Tradução de: Émile ou de l’éducation.

SAVIANI, Dermeval. Educação Brasileira: estrutura e sistema. 10a ed. Campinas: Autores Associados, 2008.

SEARLE, John R. A Redescoberta da Mente. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

SNELL, B. A cultura grega e as origens do pensamento europeu. São Paulo: Perspectiva, 2001.

SOARES, C. L. Imagens da educação no corpo: estudo a partir da ginástica francesa no século XIX. Campinas: Autores Associados, 2002.

SOARES, C. L. Prefácio.In: TABORDA DE OLIVEIRA, Marcus Aurélio. Educação do corpo na escola brasileira. Campinas: Autores Associados, 2006.

TABORDA DE OLIVEIRA, Marcus Aurélio. Saberes e práticas sobre a educação do Corpo Infantil na instrução pública primária nos anos Finais do século XIX no Brasil. Sarmiento. n.13, pp. 131-149; 2009.

TABORDA DE OLIVEIRA, Marcus Aurélio. Educação do corpo na escola brasileira: Teoria e História. In: Educação do corpo na escola brasileira. Campinas: Autores Associados, 2006.

TULESKI, Silvana Calva. A Unidade Dialética entre Corpo e Mente na Obra de A. R. Luria: Implicações para a Educação Escolar e para a Compreensão dos Problemas de Escolarização. 2007. Tese (Doutorado em educação) Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara, Araraquara, São Paulo, 2007.

VERNANT, J. P. As origens do pensamento antigo. Rio de Janeiro, RJ: Bertrand Brasil, 1998.

ZOBOLI, Fábio. A episteme de cisão corpo/mente: As práxis da educação física como foco de análise. 2007. 212 f. Tese (Doutorado em Educação). Programa de Pós-Graduação em Educação da UFBA. Universidade Federal da Bahia. Salvador, Bahia. 2007

Downloads

Publicado

2015-07-21

Como Citar

FÁVERO, M. T. M.; CALSA, G. C.; TERUYA, T. K. Consideraçôes sobre o desenvolvimento do pensamento educacional acerca da educação do corpo. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 15, n. 61, p. 390–402, 2015. DOI: 10.20396/rho.v15i61.8640535. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640535. Acesso em: 19 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos