Banner Portal
A política educacional de alfabetização da criança consubstanciada pelos programas, projetos e pactos: o novo ou tudo de novo?
PDF

Palavras-chave

Políticas Públicas. Alfabetização da criança. Programas de Governo. PNAIC

Como Citar

VIÉDES, S. C. A.; BRITO, V. M. de. A política educacional de alfabetização da criança consubstanciada pelos programas, projetos e pactos: o novo ou tudo de novo?. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 15, n. 63, p. 147–171, 2015. DOI: 10.20396/rho.v15i63.8641176. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8641176. Acesso em: 26 fev. 2024.

Resumo

A presente pesquisa destina-se a traçar uma trajetória dos programas governamentais brasileiros sobre alfabetização da criança no período pós-1988.  Investigou-se os percalços das políticas públicas de alfabetização da criança que circundam programas voltados para área, a fim de responder a questão: Pacto Nacional pela alfabetização na Idade Certa: o novo ou tudo de novo? Buscou-se pesquisa documental e bibliográfica acerca dos programas PCN em Ação – Alfabetização, GESTAR, PROFA, PRALER, PRÓ-LETRAMENTO, PAIC, Programa Além das Palavras e o atual programa PNAIC. Concluiu-se que são programas de governo que ganharam nomes diferentes, com formatos quase idênticos e nem sempre tiveram as instituições formadoras pautadas nas universidades; seguem uma linha de formação continuada à distância com encontros presenciais, utilizando materiais semelhantes e matrizes teóricas divergentes. Especificamente como política de alfabetização para crianças até oito anos a nível nacional, esse momento foi pensado a partir do PNAIC, fazendo notório o avanço dentro do contexto das políticas públicas, ao considerarmos o ineditismo de uma pactuação a nível nacional, uma vez que os programas anteriores atendiam a alfabetização na educação infantil, EJA e os anos iniciais do ensino fundamental como um todo. 

https://doi.org/10.20396/rho.v15i63.8641176
PDF

Referências

ARANDA, M. A. de M. Iniciação à docência em turmas de alfabetização por meio da monitoria: ação, reflexão, ação. Subprojeto da Licenciatura Pedagogia da FAED/UFGD no PIBID. Edital No. 001/CAPES, 2011.

ARANDA, M. AA política educacional com enfoque na alfabetização da criança. In: SCAFF, E. A. S.; LIMA, P. G.; ARANDA, M. A. de M. (Orgs.). Política e Gestão da Educação Básica: desafios à alfabetização. 1a. Ed.- São Paulo: Expressão e Arte Editora, 2013. p.157-167 .

AZEVEDO, S. Políticas públicas: discutindo modelos e alguns problemas de implementação. In: SANTOS JÚNIOR, O. A. (et. al.). Políticas públicas e gestão local: programa interdisciplinar de capacitação de conselheiros municipais. Rio de Janeiro: FASE, 2003.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Ensino Fundamental. Programa de desenvolvimento profissional continuado: alfabetização. Módulo Alfabetizar com textos. Brasília: A Secretaria, 1999.

BRASIL. Programa de Formação de Professores – PROFA. Caderno de Apresentação. Brasília, 2001.

BRASIL. PRALER: Programa de apoio a leitura e escrita. Guia Geral. Fundescola. Secretaria de Educação Infantil e Ensino Fundamental. Brasília, 2004.

BRASIL. Programa Gestão da Aprendizagem Escolar. GESTAR I. Guia Geral. Brasília: FNDE/MEC, 2007.

BRASIL. Pró-Letramento Programa de Formação Continuada de Professores dos Anos/Séries Iniciais do Ensino Fundamental: alfabetização e linguagem. Guia Geral. Secretaria de Educação Básica. Brasília, 2012a.

BRASIL. Acervos complementares: alfabetização e letramento nas diferentes áreas do conhecimento. Brasília: A Secretaria, 2012b.

BRASIL. Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade certa. Currículo Inclusivo: O direito de ser alfabetizado. Ano 03. Unidade 01. Brasília, 2012c.

BRASIL. Portaria MEC No 867, de 04 de julho de 2012. Institui o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. Diário Oficial da União de 05.07.2012. Disponível em www.datalegis.inf.br Acesso em: 06 de julho de 2012.

BRASIL. Pacto Nacional Pela Alfabetização na Idade Certa. Livreto de apresentação. Brasília, 2014. Disponível em http://www.pacto.proex.ufu.br/sites/pacto.proex.ufu.br/files/files/pacto_livreto_manual.pdf. Acesso em 17 de março de 2014.

DOURADO, L.F. Políticas e gestão da educação básica no Brasil: limites e perspectivas Educ. Soc., Campinas, vol. 28, n. 100 - Especial, p. 921-946, out. 2007. Disponível em http://www.cedes.unicamp.br

GATTI, B. Análise das políticas públicas para formação continuada no Brasil, na última década. Revista Brasileira de Educação v. 13 n. 37 jan/abr. 2008.

GATTI, B. Políticas docentes no Brasil: um estado da arte. Brasília: UNESCO, 2011. 300 p.

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL. Programa Além das Palavras. Secretaria de Estado de Educação. Campo Grande: 2012.

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ. Pense! Revista do Programa de Alfabetização na Idade Certa. Ano 4/ no 17 / outubro e novembro de 2013. Secretaria de Estado de Educação do Ceará.

GONTIJO, C. M. M.; SCHWARTZ, C. M. Estudos sobre a história da alfabetização e do ensino da leitura no Espírito Santo. In: MORTATTI, M. R. L. (Org.). Alfabetização no Brasil: uma história de sua história. São Paulo: Cultura Acadêmica; Marília: Oficina Universitária, 2011. P. 201-220.

GUERREIRO, C. Ceará, o berço do Pacto. Educação. Revista Segmento. 2013. Disponível em: http://revistaeducacao.uol.com.br/textos/193/ceara-o-berco-do-pacto-288360-1.asp. Acessado em 17 de novembro de 2014.

HÖFLING, E. M. Estado e políticas (públicas) sociais. Cadernos Cedes, ano XXI, no 55, novembro, 2001.

KLEIN, R. Como está a educação no Brasil? O que fazer? Ensaio: avaliação de políticas públicas em educação. Rio de Janeiro, Cesgranrio, v.14, n.51, p.139-171,abr./jun. 2006.

LOMBARDI, J. C.; SAVIANI, D. (Orgs.) Marxismo e educação: debates contemporâneos. 2. ed. Campinas: Autores Associados, 2008.

MORTATTI, M. R. L. Alfabetização no Brasil: conjecturas sobre as relações entre políticas públicas e seus sujeitos privados. Revista Brasileira de Educação v. 15 n. 44 maio/ago. 2010.

OLIVEIRA, J. B. A. ABC do Alfabetizador. Belo Horizonte, MG: Alfa Educativa, 2004.

OLIVEIRA, A. F. Políticas públicas educacionais: conceito e contextualização numa perspectiva didática. In: OLIVEIRA, A. F.; PIZZIO, A.; FRANÇA, G. (Orgs). Fronteiras da educação: desigualdades, tecnologias e políticas. Goiás: Editora PUC, 2010. p. 93 -99.

PALUMBO, D. J. Public Policy in América. Government in Action. 2a ed. Tradução: Adriana Farah. Harcourt Brace. Fort Worth: Harcourt Brace College Publishers, 1994. (Cap. 1, p. 8-29).

SOARES M. B . Alfabetização. Série Estado do Conhecimento, n. 1. Brasília: MEC/Inep/Comped, 2000.

Revista HISTEDBR On-line utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.