Lições da língua materna (1906): livro didático de gramática na Paraíba para o ensino primário

Autores

  • Daniela Angelo Ramos Universidade Federal da Paraíba
  • Fabiana Sena Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v15i64.8641925

Palavras-chave:

Gramática. Livro didático. República. Língua Materna

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo analisar a obra Lições da Língua Materna, publicado em 1906, de Francisco Xavier Junior, a qual foi adotada por meio de decreto nº 315 de 17 de janeiro de 1907, como único livro a ser utilizado nas escolas primárias da Paraíba para o ensino de língua portuguesa. Esse livro foi considerado como o primeiro livro de gramática para crianças produzido por um autor paraibano. A produção de livros no período republicano deveria valorizar o ensino da língua materna, pois era um meio de reforçar a ideia de que toda língua tem uma gramática. Para a análise, utilizamos Chartier (1999) e Foucault (2012) sobre autoria, processo de produção de obra e os protocolos de leitura. O autor de Lições da Língua Materna elaborou essa obra de acordo com essa tendência de inovar os métodos de ensino da gramática da língua portuguesa baseado no método intuitivo, atendendo ao projeto modernizador republicano. Com efeito, ao ensinar saberes padronizados sobre a língua vigente a obra contribuiu com a tarefa de homogeneizar/unificar por meio de um referencial comum, a língua materna. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniela Angelo Ramos, Universidade Federal da Paraíba

Mestre em Educação pela Universidade Federal da Paraíba

Fabiana Sena, Universidade Federal da Paraíba

Professora na Universidade Federal da Paraíba e pesquisadora do CNPq.

Referências

A UNIÃO. Livro Escolar. In: XAVIER JUNIOR, Francisco. Lições da Língua Materna. Parahyba do Norte: Imprensa Oficial, 1906.

CARVALHO, José Ricardo. A construção da identidade de uma nação por meio da língua escrita e falada. Revista Fórum Identidades, Sergipe, 2, 83-90, 2008.

CHARTIER, Roger. A história cultural: Entre práticas e representações. Lisboa: Difel, 1990.

CHARTIER, Roger. A ordem dos livros: leitores, autores e bibliotecas na Europa entre os séculos XIV e XVIII. Trad. Mary Del Priore. 2. ed. Brasília/DF: UnB, 1999.

CORRÊA, Rosa Lydia Teixeira. O livro escolar como fonte de pesquisa em História da Educação. Cadernos Cedes, São Paulo, n 52, p. 11 -24, 2000.

D‟O COMMERCIO. Instrucção Publica: um livro necessário. In: XAVIER JUNIOR, Francisco. Lições da Língua Materna. Parahyba do Norte: Imprensa Oficial, 1906.

ESTADO DA PARAÍBA. Anúncio Collegio Parahybano, 1892.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso. 22. ed. São Paulo: Edições Loyola, 2012.

LAJOLO, Marisa e ZILBERMAN, Regina. A Formação da Leitura no Brasil. 3. ed. São Paulo: Ática, 2009.

ORLANDI, Eni P. Metalinguagem e gramatização no Brasil: gramática-filologia-linguística. In: Rev. ANPOLL, n. 8, p. 29-39, jan./jun. 2000.

PINTO, João Pereira de Castro. Amigo Xavier Junior. In: XAVIER JUNIOR, Francisco. Lições da Língua Materna. Parahyba do Norte: Imprensa Oficial, 1906.

SENA, Fabiana. A tradição da civilidade nos livros de leitura no império e na primeira república. Programa de Pós-Graduação em letras da Universidade Federal da Paraíba: Tese de Doutorado, 2008.

SENA, Fabiana. A imprensa e Carlos Dias Fernandes: o processo de legitimação como autor de livro didático. Educação Unisinos. 15(1):70-78, janeiro/abril 2011. Disponível em: revistas.unisinos.br/index.php/educacao/article/download/218/191. Acesso em 27 de maio de 2015.

SOARES, Magda. Becker. Concepções de linguagem e o ensino da língua portuguesa. In: Neusa Barbosa Bastos (org). Língua portuguesa: história, perspectivas e ensino. São Paulo: EDUC, pp. 53-59, 1998.

SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. Belo Horizonte: Autêntica, 2006.

XAVIER JUNIOR, Francisco. Lições da Língua Materna. Parahyba do Norte: Imprensa Oficial, 1906.

Downloads

Publicado

2015-11-23

Como Citar

RAMOS, D. A.; SENA, F. Lições da língua materna (1906): livro didático de gramática na Paraíba para o ensino primário. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 15, n. 64, p. 21–33, 2015. DOI: 10.20396/rho.v15i64.8641925. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8641925. Acesso em: 30 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos