Responsabilidade social ou alienação?

Autores

  • Aline Dionízio Leal Universidade Federal de Campina Grande - UFCG.
  • Melânia Mendonça Rodrigues Universidade Federal de Campina Grande - UFCG.

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v15i65.8642694

Palavras-chave:

Educação. Responsabilidade social. Empresários e educação

Resumo

O presente artigo tem como objetivo analisar a inserção da lógica empresarial na educação, mais precisamente, o conceito de responsabilidade social, entendida como o impulso à ação coletiva do empresariado, tendo em vista o alcance de objetivos político-ideológicos (MARTINS, 2009). Para fundamentar a pesquisa, fizeram-se necessários estudos bibliográficos baseados em autores como MARTINS (2009), SILVA e RODRIGUES (2013), VITULLO (2012), como também, buscas em sítios da internet sobre a temática.  O texto aborda as ações desenvolvidas pelo empresariado, visando à conformação dos trabalhadores, do século XIX – com as vilas operárias – ao mandato petista do ex-presidente Lula, quando a classe empresarial entendeu que a educação era o meio mais seguro e eficaz de moldar as futuras gerações, adequando-as à lógica do mercado (MARTINS, 2013). Observou-se a evolução do conceito acima citado, passando do “valor agregado” ao “responsabilidade social”, que engloba outros clichês de “solidariedade”, “sustentabilidade”, “gestão responsável”, adotados por tantas empresas e incentivados pelo governo em suas mais variadas instâncias, a fim de angariar tanto capital financeiro quanto apoio midiático, tornando as empresas melhor aceitas pela população.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aline Dionízio Leal, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG.

Graduanda do curso de Licenciatura Plena em Pedagogia pela Universidade Federal de Campina Grande - UFCG. Bolsistas do Programa de Educação Tutorial (PET). E-mail: alined.leal@hotmail.com.

Melânia Mendonça Rodrigues, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG.

Professora Associada da UFCG;Tutora do Grupo PET/Pedagogia. E-mail: melania.r@uol.com.br.

Referências

COSTA, Cláudia Soares; VISCONTI, Gabriel Rangel. Terceiro Setor e Desenvolvimento Social. Gerência de Estudos Setoriais. Relato Setorial, n.3, jul. 2001. Disponível em: http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/export/sites/default/bndes_pt/Galerias/Arquivos/conecimento/relato/tsetor.pdf. Acesso em: 09 fev. 2014

KOTLER, P. Administração de marketing:análise, planejamento, implementação e controle. 5aed.São Paulo: Atlas, 1998.

MARTINS, André Silva. A direita para o social: educação da sociabilidade no Brasil contemporâneo. André Silva Martins. – Juiz de Fora: UFJF, 2009.

MARTINS, André Silva. Classe empresarial e o plano nacional de educação: uma analise sobre um processo ainda em curso. Inc.: Novo Plano Nacional de Educação (PNE): debates e tensões / Organizadoras Andréia Ferreira da Silva, Melânia Mendonça Rodrigues. – 1. Ed – Campina Grande: EDUFCG, 2013.

MELO, Luísa. As 10 empresas com mais responsabilidade social no mundo. RevistaEXAME. São Paulo, out. 2013. Disponível em: http://exame.abril.com.br/negocios/album-de-fotos/as-10-empresas-com-mais-responsabilidade-social-no-mundo. Acesso em: 15 mar. 2014

MILLER, Toby. Cidadania Cultural. MATRIZes, São Paulo, Brasil, v. 4, n. 2, jan./jun.2011. Disponível em: http://www.matrizes.usp.br/index.php/matrizes/article/view/58/86>. Acesso em: 05 fev. 2014

PAOLI, Maria Célia. Empresas e responsabilidade social: os enredamentos da cidadania no Brasil. Inc. Democratizar a democracia: os caminhos da democracia participativa / Boa ventura de Sousa Santos, organizador. – Rio de Janeiro: Civilização brasileira, 2002.

PEREIRA, Sheila; AMORIM, Fernanda; CRISPIM, William. Instituto C&A promove Educação Infantil com o projeto Paralápracá. São Paulo, set. 2014 Disponível em: http://www.institutocea.org.br/noticias/detalhe-release.aspx?id=221>. Acesso em: 22 abr. 2014

SÃO PAULO ALPARGATAS S.A. Instituto Alpargatas. Relatório anual/ Relatório Social. São Paulo, 2005. Disponível em: http://ri.alpargatas.com.br/arquivos/informacoes_financeiras/relatorios_Anuais/2005/16_03_2006_Rel_Anual_2005.pdf >. Acesso em: 13 abr. 2014

VITULLO, Gabriel Eduardo. A ideologia do “Terceiro Setor”: ensaios críticos/organizador Gabriel Eduardo Vitullo. – Natal, RN: EDUFRN, 2012. 226 p

Downloads

Publicado

2015-12-14

Como Citar

LEAL, A. D.; RODRIGUES, M. M. Responsabilidade social ou alienação?. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 15, n. 65, p. 33–41, 2015. DOI: 10.20396/rho.v15i65.8642694. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8642694. Acesso em: 17 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos