As licenciaturas interdisciplinares e o processo de expansão das IFES: implicações para a formação de professores

  • Ana Paula Ribeiro de Sousa Universidade Federal do Maranhão
  • Leonardo José Pinho Coimbra Universidade Federal do Maranhão
Palavras-chave: Formação de professores. Ensino superior. REUNI. Licenciaturas Interdisciplinares

Resumo

Análise do processo de expansão do ensino superior público desencadeado pelas reformas desse nível de ensino empreendidas entre as décadas de 1990-2000. Apresenta reflexões acerca do processo de expansão das Universidades Federais, mais especificamente por meio do Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais – REUNI e seus impactos nos cursos de formação de professores a partir da análise do projeto pedagógico das Licenciaturas Interdisciplinares (LI’s), implantadas em 2010, no bojo do processo de reestruturação da UFMA. Discute-se como a formação de professores tem sido contemplada nos projetos pedagógicos dos cursos de licenciatura a partir das orientações e diretrizes curriculares nacionais para a formação de professores, baseada nos princípios da flexibilidade e do desenvolvimento de competências e como esse processo, aliado a expansão precarizada das Universidades Federais, tem contribuído para o esvaziamento da formação docente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Paula Ribeiro de Sousa, Universidade Federal do Maranhão

Professora assistente da Universidade Federal do Maranhão – Campus Bacabal. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas História, Sociedade e Educação no Brasil – HISTEDBR, GT MA. E-mail: anapaularis@hotmail.com.

Leonardo José Pinho Coimbra, Universidade Federal do Maranhão

Professor assistente da Universidade Federal do Maranhão – Campus Bacabal. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas História, Sociedade e Educação no Brasil – HISTEDBR, GT MA. E-mail: solidsnk@bol.com.br.

Referências

ANDES-SN. Precarização das condições de trabalho I: cargos, vagas e o REUNI: os efeitos da expansão quantitativa da educação federal. Dossiê Nacional 3. Brasília-DF. Coronário Editora Gráfica, 2013.

ANDES-SN. As novas faces da reforma universitária do governo Lula e os impactos do PDE sobre a educação superior. Brasília – DF, Caderno Andes N. 25, agos. 2007.

BRASIL. Decreto no. 6.096, de 24 de abril de 2007. Institui o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais – REUNI. Brasília, DF, 2007.

CABRAL NETO, A. e CASTRO, A. M.D. Gestão da educação na América Latina: delineamentos e desafios para os sistemas de ensino. In: EYNG, A.; GISI, M. L. (orgs). Políticas e gestão da educação superior: desafios e perspectivas. Ijuí (RS): Editora UNIJUÍ, 2005, p. 15-48.

CHAVES, V. L. J. A política de expansão das universidades federais via contrato de gestão – uma análise da implantação do REUNI na Universidade Federal do Pará IN Universidade e Sociedade – ano XXI, no. 48 (jul. 2011).

CHAVES, V.L.J; MENDES, O. da C. REUNI: o contrato de gestão na reforma da educação superior pública. IN CHAVES, CABRAL NETO, NASCIMENTO (orgs). Políticas da educação superior no Brasil: velhos temas, novos desafios. São Paulo: Xamã, 2009.

CHAUI, M. Universidade operacional – a atual reforma do Estado incorpora a lógica do mercado e ameaça esvaziar a instituição universitária. Folha de S. Paulo, São Paulo, 9 de Maio de 2009. Caderno Mais!

CAMARGO, Arlete Maria M. de. O princípio da flexibilidade curricular dos cursos de graduação. IN CHAVES, CABRAL NETO, NASCIMENTO (orgs.). Políticas de educação superior no Brasiol: velhos temas, novos desafios. São Paulo: Xamã, 2009.

DIAS-DA-SILVA, M.H.G.F; MUZETTI, L.R. A reestruturação das licenciaturas: lutas concorrenciais no campo universitário. IN FORSTER, M.M dos S; BROILO, C.L. (orgs.). Licenciaturas, escolas e conhecimento. Araraquara/SP: Junqueira&Marin, 2008.

LÉDA, D; MANCEBO, D. REUNI: heteronomia e precarização da universidade e do trabalho docente. Educação & Realidade, jan.-abr. 2009 (p. 49-64).

LÉDA, D. Trabalho docente no ensino superior: análise das condições de saúde e de trabalho em instituições privadas do estado do Maranhão. Rio de Janeiro: 2009, 225f.Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade Estadual do Rio de Janeiro, 2009.

MANCEBO, D. Políticas da educação superior no Brasil – velhos temas, novos desafios. IN IN CHAVES, CABRAL NETO, NASCIMENTO (orgs). Políticas da educação superior no Brasil: velhos temas, novos desafios. São Paulo: Xamã, 2009.

SANFELICE, J.L. A formação docente e os desafios da profissão. Avesso do Avesso v. 8, n.8, Edição Especial 2010.

SAVIANI, D. História das idéias pedagógicas no Brasil. Campinas/SP: Autores Associados, 2007.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO. Resolução no. 104/CONSUN, de 30/11/2007.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO. Projeto pedagógico do Curso de Licenciatura Interdisciplinar em Ciências Humanas, São Luis, 2008.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO. Relatório de Gestão do Exercício 2012. UFMA, São Luis, 2013.

SGUISSARDI, V. Universidade brasileira no século XXI: Desafios do presente. São Paulo: Cortez, 2009.

Publicado
2015-12-14
Como Citar
Sousa, A. P. R. de, & Coimbra, L. J. P. (2015). As licenciaturas interdisciplinares e o processo de expansão das IFES: implicações para a formação de professores. Revista HISTEDBR On-Line, 15(65), 141-159. https://doi.org/10.20396/rho.v15i65.8642702
Seção
Artigos