Para além dos discursos pós-estruturalista e pós-moderno sobre a diferença: educação escolar e pedagogia marxista

Autores

  • Robson Amaral da Silva UNESP/Araraquara.

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v15i65.8642711

Palavras-chave:

Pós-estruturalismo. Diferença. Educação escolar. Pedagogia marxista

Resumo

O presente artigo procura realizar, a partir de uma perspectiva materialista histórico-dialética, uma avaliação teórico-política da ideologia pós-estruturalista sobre a diferença que, nos últimos tempos, tem ganhado destaque no contexto da educação escolar brasileira. Ademais, buscamos indicar as contribuições que uma pedagogia marxista pode oferecer para a análise e crítica da categoria diferença.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Robson Amaral da Silva, UNESP/Araraquara.

Doutorando em Educação Escolar pela UNESP/Araraquara. Professor dos cursos de Licenciatura em Educação Física e Pedagogia do Claretiano – Centro Universitário (Batatais/SP). E-mail: juninhoamaral@bol.com.br

Referências

ABRAMOWICZ, A.; RODRIGUES, T. C.; CRUZ, A. C. J. A diferença e a diversidade na educação. Contemporânea – Revista de Sociologia da UFSCar,São Carlos, n. 2, p.85- 97,2011. Disponível em: http://www.contemporanea.ufscar.br/index.php/contemporanea/article/view/38/20. Acesso em: 14. Jan. 2014.

AHAMAD, A. Problemas de classe e cultura. In: WOOD, E. M.; FOSTER, J. B. (Orgs.). Em defesa da história: marxismo e pós-modernismo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1999. p.107-122.

ALVES, J. A. L. Excessos de culturalismo: pós-modernidade ou americanização da esquerda. Impulso, Piracicaba, v. 13, n. 29, p.63-82. Disponível em: http://www.unimep.br/phpg/editora/revistaspdf/imp29art05.pdf. Acesso em: 12 fev. 2015.

BATISTA, E. L.; LIMA, M. R. A pedagogia histórico-crítica como teoria pedagógica transformadora: da consciência filosófica à prática revolucionária. In: MARSIGLIA, A. C. G.; BATISTA, E. L. (Orgs.). Pedagogia Histórico-Crítica: desafios e perspectivas para uma educação transformadora. Campinas: Autores Associados, 2012. p.1-36.

BRAH, A. Diferença, diversidade, diferenciação. Cadernos Pagu, Campinas, n.26, p.329-376, 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/readcube/epdf.php?doi=10.1590/S0104-83332006000100014&pid=S0104-83332006000100014&pdf_path=cpa/n26/30396.pdf. Acesso em: 20. mar. 2015.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão. Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais da Educação Básica. Brasília: MEC, SEB, DICEI, 2013. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=12663&Itemid=1152. Acesso em: 12. Jan. 2014.

BRASIL. Diretrizes curriculares nacionais para a educação infantil / Secretaria de Educação Básica. Brasília: MEC, SEB, 2010. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=12579%3Aeducacao-infantil&Itemid=1152. Acesso em: 12. Jan. 2014.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental: introdução aos parâmetros curriculares nacionais. Brasília: MEC/SEF, 1998.

BRASIL. Presidência da República. Lei no 10.639, de 9 de janeiro de 2003. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro-Brasileira”, e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2003/l10.639.htm. Acesso em: 12. Jan. 2014.

BRASIL. Lei no 10.639, de 9 de janeiro de 200. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena”. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11645.htm. Acesso em: 12. Jan. 2014.

CANEN, A. Sentidos e dilemas do Multiculturalismo: desafios curriculares para o novo milênio. In: LOPES, A. C.; MACEDO, E. (Orgs.). Currículo: debates contemporâneos. 3a ed. São Paulo: Cortez, 2010. p.174-195.

CORAZZA, S. M. Diferença pura de um pós-currículo. In: LOPES, A. C.; MACEDO, E. (Orgs.). Currículo: debates contemporâneos. 3a ed. São Paulo: Cortez, 2010. p.103-114.

DELLA FONTE, S. S. Escola, unidade e diversidade: reflexões a partir de Karl Marx. In: REUNIÃO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO, 35, 2012, Porto de Galinhas. Anais... Porto de Galinhas: ANPEd, 2012. p.1-20.

DELLA FONTE, S. S. Fundamentos teóricos da pedagogia histórico-crítica. In: MARSIGLIA, Ana Carolina Galvão (Org.). Pedagogia histórico-crítica: 30 anos. Campinas: Autores Associados, 2011. p. 23-42.

DELLA FONTE, S. S. As fontes heideggerianas do pensamento pós-moderno. 2006. 233f. Tese (Doutorado em Educação) - Centro de Ciências da Educação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2006.

DUARTE, N. A individualidade para-si: contribuição a uma teoria histórico-crítica da formação do indivíduo. 3a ed. rev. Campinas: Autores Associados, 2013.

DUARTE, N. Fundamentos da pedagogia histórico-crítica: a formação do ser humano na sociedade comunista como referência para a educação contemporânea. In: MARSIGLIA, Ana Carolina G. (Org.). Pedagogia histórico-crítica: 30 anos. Campinas: Autores Associados, 2011. p.7-21.

DUARTE, N. Por que é necessário uma análise crítica marxista do construtivismo? In: LOMBARDI, J. C.; SAVIANI, D. (Orgs.). Marxismo e educação: debates contemporâneos. 2a ed. Campinas; Autores Associados, 2008. p.203-222.

DUARTE, N.; MARTINS, L. M. As contribuições de Aleksei Nikolaevich Leontiev para o entendimento da relação entre educação e cultura em tempos de relativismo pós-moderno. In: FERRO, O. M. R.; LOPES, Z. A. (Org.). Educação e cultura: lições históricas do universo pantaneiro. Campo Grande: UFMS, 2013. p. 49-74.

HALL, S. A identidade cultural na pós-modernidade. 11a ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2006.

HELLER, A. O cotidiano e a história. 8a ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2008.

LYOTARD, J. F. A condição pós-moderna. 14a ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 2011.

LUKÁCS, G. O jovem Marx e outros escritos de filosofia. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2007.

MALIK, K. O espelho da raça: o pós-modernismo e a louvação da diferença. In: WOOD, E. M.; FOSTER, J. B. (Orgs.). Em defesa da história: marxismo e pós-modernismo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1999. p.123-144.

MALIK, K. Crítica do Programa de Gotha. São Paulo: Boitempo, 2012.

MALIK, K. Sobre a questão judaica. São Paulo: Boitempo, 2010.

MARX, K.; ENGELS, F. Manifesto comunista. São Paulo: Boitempo, 2010.

MARX, K.; ENGELS, F. A ideologia alemã. São Paulo: Boitempo, 2007.

MISKOLCI, R. Teoria queer: um aprendizado pelas diferenças. Belo Horizonte: Autêntica, 2012.

MORAES, M. C. M. O renovado conservadorismo da agenda pós-moderna. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 34, n. 122, p. 337-357, 2004.

NANDA, M. Contra a destruição/desconstrução da ciência: histórias cautelares do terceiro mundo. In: WOOD, E. M; FOSTER, J. B. (Orgs.). Em defesa da história: marxismo e pós-modernismo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1999. p.84-106.

PETERS, M. Pós-estruturalismo e filosofia da diferença. Belo Horizonte: Autêntica, 2000.

SANTOS, J. F. O que é pós-moderno. São Paulo: Brasiliense, 1987.

SAVIANI, D. A pedagogia no Brasil: história e teoria. 2a ed. Campinas: Autores Associados, 2012.

SAVIANI, D. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 10a ed. rev. Campinas: Autores Associados, 2008.

SAVIANI, D. Escola e democracia. 35a ed. rev. Campinas Autores Associados, 2002.

SILVA, T. T. (Org.). Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. 12a ed. Petrópolis: Vozes, 2012.

SILVA, T. T. . Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo. 3a ed. 2a reimp. Belo Horizonte: Autêntica, 2011.

SILVA, T. T. . Dr. Nietzsche, curriculista – com uma pequena ajuda do Professor Deleuze. In: REUNIÃO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO, 24., 2001, Caxambu. Anais... Caxambu: ANPEd, 2001. p.1-16.

VEIGA-NETO, A. Crítica pós-estruturalista e educação. Porto Alegre: Sulina, 1995.

WOOD, E. M. Democracia contra capitalismo: a renovação do materialismo histórico. 1a ed. rev. São Paulo: Boitempo, 2011.

WOOD, E. M. O que é a agenda “pós-moderna”? In: WOOD, E. M; FOSTER, J. B. (Orgs.). Em defesa da história: marxismo e pós-modernismo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1999. p.7-22.

Downloads

Publicado

2015-12-14

Como Citar

SILVA, R. A. da. Para além dos discursos pós-estruturalista e pós-moderno sobre a diferença: educação escolar e pedagogia marxista. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 15, n. 65, p. 280–297, 2015. DOI: 10.20396/rho.v15i65.8642711. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8642711. Acesso em: 17 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos